Barcelona e Atlético de Madri decidem título Espanhol no Camp Nou

Gazeta Press Barcelona (Espanha)

Os críticos do sistema de pontos corridos têm como principal argumento o fato de não haver uma decisão neste tipo de competição. Porém, a história não funcionou bem assim neste Campeonato Espanhol. Isto porque Barcelona e Atlético de Madrid fazem neste sábado, no Camp Nou, em Barcelona, a grande final da competição. O duelo está marcado para as 13h (de Brasília).

Tudo bem que o encontro entre os dois na última rodada pode ser considerado uma coincidência. Mas também é a certeza absoluta de que muitas emoções ainda estão por vir. O Atlético de Madrid lidera com 89 pontos, três a mais que o Barcelona, e joga pelo empate para conquistar o décimo título de sua história. O Barcelona será campeão com um triunfo, alcançando seu 23º caneco e reduzindo a distância para o Real Madrid, campeão 32 vezes.

A vitória serve ao Barça porque, apesar do empate de pontos, o primeiro critério de desempate é o confronto direto e ambos empataram no primeiro turno. Atual campeão, o Barcelona pode ver o Atlético de Madrid quebrar um jejum de quase vinte anos. A última vez que os atleticanos foram campeões foi na temporada de 1995-1996. Aliás, a última vez que a Espanha não viu Barça ou Real Madrid dar a volta olímpica foi na temporada de 2003-2004, quando o Valencia ficou com o caneco.

“Todos nós sabemos o que representa este título para a história do Atlético de Madrid. Nós lutamos muito para chegarmos nestas condições e vamos lutar ainda mais por esse título”, disse o argentino Diego Simeone, técnico da equipe colchonera.

“Nós estamos em dívida com a torcida pelo que fizemos nesta temporada, embora luta nunca faltasse de nossa parte. Agora, em nossa casa, temos a chance de dar uma alegria final e vamos lutar por isso” – disse o argentino Gerardo Martino, técnico do Barceona.

Para este jogo os dois treinadores fazem mistério, porém, as interrogações envolviam astros. No Barcelona Neymar era dúvida, mas o departamento médico deu o aval e a comissão técnica do clube relacionou Neymar para a partida. O zagueiro Gerard Piqué e o lateral esquerdo Jordi Alba, também recuperados, voltam ao time.

Neymar não entra em campo há exatamente um mês. Sua última partida foi a decisão da Copa do Rei, contra o Real Madrid, no dia 16 de abril. Na ocasião, o camisa 10 da Seleção perdeu a chance de empatar o jogo no fim, e os merengues se sagraram campeões com uma vitória por 2 a 1.
No Atlético de Madrid o desfalque de Diego Costa não se confirmou e ele estará em ação. Presente nos coletivos da última quinta e desta sexta-feira, o atacante foi confirmado pelo técnico Diego Simeone entre os titulares.

Uma lesão muscular na coxa direita impediu que o hispano-brasileiro enfrentasse o Málaga, no último fim de semana. Na ocasião, o Atlético empatou e perdeu a chance de assegurar o título espanhol antecipadamente.

Também neste sábado o Real Madrid, terceiro colocado, se despede da competição em casa, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, contra o Espanyol, que cumpre tabela. Os merengues já estão pensando na decisão da Champions League, no próximo sábado, contra o Atlético de Madrid.

Em jogo também nesta última rodada a última vaga do país na Liga Europa. No domingo Real Sociedad e Villarreal fazem confronto direto. O primeiro tem três pontos a mais e joga pelo empate.

Na luta contra o rebaixamento, Osasuna e Valladolid, ambos com 36 pontos, ainda lutam pela sobrevivência. Isso porque o Granada, com 38 pontos, também está ameaçado e visita o próprio Valladolid. o Osasuna recebe o já rebaixado e lanterna Betis.

Também no domingo o Sevilla recebe o Elche e faz a festa de sua torcida após conquistar no meio de semana o título da Liga Europa derrotando o Benfica, nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *