Campeonato Brasileiro Série C

Portador de doença rara vive dia especial no Arruda

Quarta-feira, 19 de dezembro, fim do treino do Santa Cruz. Por volta das 10h30, um rapaz entra no gramado com os olhos vendados, conduzido por familiares. Em comum, o sorriso estampado no rosto de todos, à exceção do próprio rapaz. A expressão era de ansiedade. Não sabia que, à sua frente, estava montada uma festa de aniversário especial. Com bolo e todo o elenco do Santa Cruz preparado para cantar parabéns. Pelo sorriso que deu após retirarem a venda, esta foi, muito provavelmente, a melhor festa de aniversário de Lucas Marques Araújo, 17 anos.

Mauricio Penedo/DP/D.A Press
Jovem chegou ao campo com uma venda

Lucas é portador de uma síndrome rara, genética: a displasia ectodérmica. Ela impede o portador de suar e faz o corpo esquentar de forma incomum, bem mais rápido. Lucas foi diagnosticado com a síndrome com 45 dias de vida. “Quando eu notava ele quente, aferia sua temperatura e via que ele estava com 40 graus. Dava antitérmico e muitos banhos para resfriá-lo. Logo depois ele estava quente de novo. Foi aí que percebi que alguma coisa estava errada. Logo depois descobrimos a síndrome”, conta Ana Sofia Marques, mãe de Lucas.

Foi ela quem organizou a surpresa para o filho, torcedor apaixonado do Santa Cruz. A priori, ele pensava que iria apenas ganhar uma camisa na loja oficial. Mas tudo já estava arquitetado. Na Santa Cruz Store, Lucas teve os olhos vendados e foi conduzido para o gramado. “Fiquei muito chocado. Não esperava nada disso. Foi muita emoção para mim” disse Lucas. Emoção causada não só pelo encontro com os jogadores. “Uma pessoa que passa anos e anos assistindo aos jogos na arquibancada não tem noção de como é difícil jogar no Santa Cruz. O Arruda é maior vendo daqui de dentro. Assim vazio eu já fico nervoso. Imagina ele lotado?”, disse.

Presença
A síndrome, que não tem cura nem remédios, afetou a vida de Lucas de forma determinante. E o clima quente da cidade joga contra. Mas não foi capaz de afastá-lo da sua maior paixão, o Santa Cruz. Nem do Arruda. Ele não perde nenhum jogo. Sempre acompanhado do tio, Fernando Marques da Silva, responsável por apresentar o Santa Cruz a Lucas.

Para isso, há alguns cuidados. Água não pode faltar em momento nenhum. Além disso, ele procura ir para os lugares mais “frescos” do estádio, quando possível. O boné e os óculos escuros também são acessórios obrigatórios. “A gente também ‘atola’ protetor solar nele”, conta a mãe. “Antes ele não fazia isso porque era muito sensível. Com o passar dos anos, com os cuidados, ele foi melhorando. Hoje ele é uma pessoa completamente normal, comunicativo. Inclusive gosta de carnaval, vai para as ladeiras normalmente, mesmo com o sol forte”, afirma. “Foram 17 anos apenas de vitórias, graças a Deus”, finaliza Ana Sofia.

Mauricio Penedo/DP/D.A Press
Tricolor em um misto de emoção e alegria

Cobranças
Em seu rápido contato com o elenco tricolor e o técnico Marcelo Martelotte, Lucas não perdeu a chance de fazer alguns “pedidos”. Na verdade, foram cobranças de um torcedor fiel. “O senhor tem que tirar o Santa Cruz dessa posição. Não aguento mais a Série C. Nós nunca deixamos de apoiar, mesmo na quarta divisão”, falou para o novo comandante tricolor, que abraçou Lucas e apenas disse: “Vamos tentar, vamos tentar.” Para ele, o acesso à Série B deve ser, de fato, a prioridade coral em 2013.

“Um clube do tamanho do Santa Cruz, 98 anos, a segunda média de público do Brasil, 39ª do mundo não pode ficar nessa situação. O foco tem que ser sair da terceira divisão. Estadual já temos 26. Se vier é bom, claro, mas não dá para aguentar mais um ano de Série C”, reforçou Lucas, bastante festejado por todos os jogadores do elenco coral.

SAIBA MAIS

Displasia ectodérmica anidrótica

O que é?
De acordo com a geneticista do Imip Gabriela Ferraz Leal, as displasias ectodérmicas são um grupo de mais de 170 doenças genéticas que afetam a ectoderme, a camada exterior do tecido dos bebês em desenvolvimento. Comprometem, além da capacidade de transpiração do paciente (ausência de suor em partes ou na totalidade do corpo), a pele, os pelos e as unhas (ausência ou deformidade no formato), podendo haver comprometimento neurológico.

Como se manifesta?
O corpo do paciente esquenta rapidamente em virtude da falta de transpiração dos poros. Caso não haja o resfriamento do corpo com água e ambiente de temperatura mais baixa, a pessoa pode chegar a desmaiar. A doença é reconhecida através de exames físicos feitos pelo médico no consultório, além de conversas com a família sobre o histórico dos sintomas.

O tratamento
Não há cura para a doença. O tratamento recomendado é evitar lugares quentes e, de preferência, estar sempre em ambientes refrigerados ou em temperatura amena. Além disso, há o acompanhamento de uma equipe de médicos, formada por otorrinos, fonoaudiólogos, ortodontistas, dermatologistas, geneticistas e pediatras, visando a melhor qualidade de vida do paciente.

Fonte:Maurício Penedo

Investimento: empresa auxilia atletas a cuidar melhor de seu patrimônio

A cena é famosa, de tantas vezes que já foi repetida. No auge, foi um craque. Passados alguns anos de aposentadoria, perdeu tudo o que tinha. Agora o ex-clube e alguns ex-colegas fazem um jogo de despedida para angariar fundos a esse ex-atleta. Quando era conhecido, viveu o hoje como se não houvesse amanhã. Milionário, não se importava em gastar tudo o que ganhava, às vezes de maneira indiscriminada. Sem poupar. O resultado desse jogo é a falência.

Para evitar que casos como o descrito acima voltem a ocorrer, é cada vez mais comum os jogadores contratarem os serviços de empresas de consultoria, com analistas financeiros.

Para o volante Muralha, do Flamengo, a vigilância é maior. O pai, Jorge Luís de Oliveira, segue de perto os passos do dinheiro que o jovem ganha com o futebol.

– A gente decidiu investir para garantir uma aposentadoria independentemente do que ele fizesse na carreira. Para que ele tenha uma vida boa dentro de campo e fora também – explicou Jorge Luís.

muralha flamengo treino (Foto: Mauricio Val / Vipcomm)
Muralha comprou um carro mais barato para
economizar (Foto: Mauricio Val / Vipcomm)

A ajuda profissional influencia tanto na hora de poupar, quanto na hora de gastar. E serve para mostrar um pouco mais de realidade para os atletas.

– Se dependesse de mim, ia comprar um carrão. Comprei um carro médio. Estou andando do mesmo jeito que (estaria em) um carro grande, mas com um custo menor. A gente vê muitos jogadores que jogaram muita bola, mas não souberam administrar o dinheiro – falou Muralha.

Uma pesquisa europeia mostra que metade dos atletas perde todo o seu patrimônio acumulado depois que para de atuar. Para o analista financeiro Max Gehringer, essa é uma questão simples de resolver.

– Quando a gente tem 16 anos, nossa cabeça é meio virada. Se ganhamos muito, achamos que vamos ganhar pelo menos aquilo pelo resto da vida. E gastamos muito mais do que ganhamos. Alguém tem que chegar e dizer “invista seu dinheiro” – afirma Max.

Outras dicas preciosas são poupar 30% do seu salário todos os meses e gastar menos do que ganha. Mas a resistência entre os atletas ainda é grande, como explica o analista Ricardo Wilmersdorf.

– Eles estão sempre na mídia, então a todo mundo chega alguém para oferecer um negócio da China. E quando falamos de investimento, eles ficam com o pé atrás.

Mas a cabeça de alguns já está mudando.

– A vida de atleta não dura por muito tempo. Sou consumista. Adoro ir para o shopping, comprar, mas deixei de comprar em nome do futuro – disse a pentacampeã mundial de jiu-jitsu, Kyra Gracie.

SportTV

Presentes oficiais das paixões futebolísticas em Pernambuco

No Natal, mas sem esquecer do próprio clube.

Nas lojas oficiais, alvirrubros, tricolores e rubro-negros ganham um percentual do lucro. Para quem está correndo neste fim de ano, algumas dicas do blog. Sem pirataria…

Entre uniformes e produtos licenciados, os clubes oferecem mais de 500 produtos. Esse setor se faz cada vez mais presente na receita operacional dos clubes.

O Santos é um bom exemplo de avanço no setor. O Peixe aumentou o seu faturamento em produtos oficiais de R$ 750 mil em 2009 para mais de R$ 4 milhões em 2011.

Timbushop (Aflitos e Shoppins Recife, Tacaruna e Plaza)
Até R$ 50 – Boné bordado (R$ 24), sandália (R$ 29), squeeze (R$ 44)
Até R$ 100 – Terceiro padrão vermelho 2011 (R$ 89) e nova camisa pólo (R$ 99)
Acima de R$ 100 – Primeiro padrão alvirrubro (R$ 159) e quarto padrão verde (R$ 129)

Santa Cruz Store (Arruda)
Até R$ 50 – Caneca (R$ 8), Boné bordado (R$ 35), caderno de 200 folhas (R$ 15)
Até R$ 100 – Camisa pólo retrô tricolor (R$ 80), cooler coral (R$ 89)
Acima de R$ 100 – Primeiro padrão 2013 (R$ 179) e camisa retrô de 1983 (R$ 107)

Espaço Sport (Ilha do Retiro e Boa Viagem)
Até R$ 50 – Kit juvenil, com camisa, calção e meias (R$ 49), camisa de malha (R$ 19)
Até R$ 100 – Camisa de concentração (R$ 79), quarto padrão amarelo 2011 (R$ 69)
Acima de R$ 100 – Jaqueta de viagem (R$ 149), camisa oficial sem patrocínio (R$ 169)

Embaixada da Ilha (Shoppings Recife, Tacaruna, Guararapes e Plaza)
Até R$ 50 – Caneca de vidro com o distintivo (R$ 24), squeeze (R$ 39)
Até R$ 100 – Camisa pólo rubro-negra (R$ 62)

A todas as torcidas, pernambucanas ou não, uma feliz natal.

Lojas oficiais de Náutico, Santa Cruz e Sport. Fotos: Marcelo Soares/DP/D.A/Press

Fonte: Diário de PE

Santa Cruz empresta Leandro Souza para o Guarani

O sábado foi de muita movimentação nos bastidores do Santa Cruz. Logo após o clube anunciar a renovação de contrato do goleiro Tiago Cardoso, o direção anunciou o empréstimo do zagueiro Leandro Souza para o Guarani-SP.

Com contrato com o Santa Cruz até o final de 2014, o zagueiro viu a oportunidade de jogar o Paulistão como a grande chance da sua vida. Mas antes de sair, agradeceu o clube.

“Sou muito grato ao Santa Cruz por tudo que conquistei aqui, como também à toda Diretoria e torcida, mas eu vejo que esta é uma boa oportunidade de poder jogar um Campeonato Paulista, afinal é uma grande vitrine, sem contar que estou indo com o aval do Zé Teodoro. Como vou por empréstimo e tenho contrato com o Santa Cruz, até 2014, isso pode ser também interessante do ponto de vista financeiro para futuras negociações, assim como para meu amadurecimento profissional, no caso de voltar e cumprir o restante do contrato”, declarou.

No Guarani, Leandro Souza será comandado pelo técnico Zé Teodoro, que até pouco tempo atrás estava no Santa Cruz.

POSTADO POR Anderson Malagutti ÀS 13:07 EM 22 DE Dezembro DE 2012

Antônio Luiz Neto é empossado para mais um biênio no comando do Santa Cruz

Na noite desta terça-feira, na Sede Social do Santa Cruz, Antônio Luiz Neto foi empossado como presidente para o biênio 2013/2014, mandato que ficará marcado como o presidente do centenário coral.

Com o auditório lotado de autoridades, conselheiros, sócios e torcedores, a solenidade começou com o discurso de Sylvio Ferreira, presidente do Conselho Deliberativo do clube, que elogiou o trabalho de Antônio Luiz Neto, mesmo com todas as dificuldades financeiras que o clube passou e passa nos últimos anos.

Em seguinda, que discusou foi o desembargador Bartolomeu Bueno, presidente de honra do conselho. Bartolomeu deixou claro seu apoio na construção da Arena Coral “Sempre entendemos que o estádio do Arruda é muito simbólico para o Santa Cruz e precisamos manter isso”, resumiu. Mas o desembarcador recebeu mais aplausos quando afirmou que jamais desistiu de erguer o clube, mesmo prestes o Santa Cruz quase fechou as portas.

Quando chegou a vez de Antônio Luiz Neto discursar, o auditório ficou de pé e aplaudiu muito o presidente. Nas suas palavras, o presidente também falou da crise financeira mas não deixou de acreditar num futuro melhor.

“Eu não poderia iniciar sem uma frase, olhando para trás, olhando nos dois anos que se passaram. E essa palavra é a gratidão. Essa palavra é o agradecimento. É a palavra de quem quer dar o testemunho das pessoas que deixaram o passado para trás e vislumbraram o futuro do Santa Cruz”, exclamou.

Segundo Antônio Luiz Neto, o Santa Cruz retomou o caminho das vitórias “Nós reiniciamos a caminhada. Nós conseguimos voltar o Santa Cruz campeão. Voltamos o caminho que era os títulos, que era difícil, devido a situação que nós nos encontrávamos. Mas nós conseguimos. E para isso ser feito, foi preciso interpretar a história do clube e a evolução desse time e assim conseguimos o bicampeonato” declarou.

Ainda no seu discurso, o presidente coral lembrou que o clube estava mergulhado em uma crise nos últimos cinco anos e que agora a situação está melhorando. Antônio Luiz Neto garantiu também que irá apostar na base do clube e rasgou elogios ao técnico Marcelo Martelotte.

Tricolor de camisa nova

Logo após a cerimônia de posse de Antônio Luiz Neto, o clube divulgou as novas camisas de treino, de goleiros e as oficiais de jogo para a temporada 2013. Confeccionadas pela Penalty, as camisas voltam a trazer traços mais característicos do clube. A grande novidade foi a camisa verde de goleiro, que numa primeira impressão, chegou a ser vaiada por alguns torcedores que estavam no auditório.


Nova coleção de uniformes do Santa Cruz foi apresentada na noite de posse.

POSTADO POR Anderson Malagutti ÀS 21:01 EM 18 DE Dezembro DE 2012

CONHEÇA OS NOVOS UNIFORMES DO SANTA CRUZ: COMPRE JÁ O SEU!

O Santa Cruz Futebol Clube lançará nesta noite (18/12) seus novos uniformes para a temporada 2013 e o internauta tricolor já pode conferir no site CoralNET como serão os novos modelos. Os uniformes foram produzidos pela Penalty, que já vem vestindo o Mais Querido desde 2009.

O modelo número um é o tradicional cobra coral, com listras horizontais pretas, brancas e vermelhas, porém, dessa vez a Penalty optou por usar as listras brancas numa espessura mais fina.

Já o modelo dois que é predominantemente branco com duas listras horizontais no peito, teve poucas mudanças. A maior novidade ficou nas costas, que ganhou mais cores.

O contorno dos escudos nas camisas continua sendo feito com uma linha dourada e ambos os modelos possuem as bandeiras da cidade do Recife e do estado do Pernambuco nas costas.

As camisas custam R$ 179,90 e você já pode comprar a sua sem sair de casa na Coral Shop, a loja virtual do site CoralNET.

Veja as imagens abaixo:

Fonte: Agência CoralNET de Notícias

MP pede e polícia do Rio investiga Ricardo Teixeira

A Polícia Civil do Rio começou investigação para apurar supostos crimes cometidos pelo ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. A ação partiu de uma solicitação do Ministério Público Estadual (MP-RJ) e envolve denúncias de irregularidades acerca do amistoso entre Brasil e Portugal, em novembro de 2008, na reinauguração do estádio Bezerrão, no Gama (DF). Teixeira estaria sendo investigado pelos crimes de falsidade ideológica, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão fiscal.

A investigação, ainda em fase preliminar, começou há pouco mais de um mês na 16ª delegacia de Polícia (DP), na Barra da Tijuca, motivada por um procedimento preparatório de inquérito civil encaminhado pelo MP-RJ. A 7ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal do MP pediu à polícia para fazer diligências, levantar sócios de empresas que poderiam ter alguma relação com os supostos crimes e colher depoimentos.

O titular da 16ª DP, Carlos Henrique Pereira Machado, confirmou a investigação, mas não quis dar entrevista. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a apuração está na fase de comunicação às empresas. A Polícia nega que já tenha começado a colher depoimentos. Mas a reportagem tem informação de que duas pessoas já compareceram à delegacia para depor.

O amistoso entre Brasil e Portugal já rendeu uma ação no Distrito Federal, movida pelo Ministério Público do DF depois de investigação da polícia civil local. O processo tramita no Tribunal de Justiça do DF.

O MP-DF constatou superfaturamento de R$ 1,1 milhão da empresa Ailanto, contratada para organizar o jogo, que recebeu sem licitação R$ 9 milhões do governo do DF. Os sócios da empresa são o presidente do Barcelona e amigo de Teixeira, Sandro Rosell e sua secretária, Vanessa Precht. Rosell foi executivo da Nike e fechou com Teixeira o contrato que deu início à parceria entre a empresa e a CBF, em 1996.

Em julho de 2009, o MP-DF ajuizou ação civil pública por improbidade administrativa contra o então governador José Roberto Arruda, o então secretário estadual de Esporte, Agnaldo Silva de Oliveira, e a Ailanto. Segundo a ação, o contrato entre a empresa e o governo para a realização do amistoso foi assinado uma semana antes da partida, “quando todas as tratativas para o jogo já estavam obviamente consumadas, porque não é com uma antecedência de sete dias que se consegue trazer a seleção brasileira”.

Entre as irregularidades apontadas pela polícia, estava o superfaturamento das diárias de hospedagem das delegações brasileira e portuguesa, e até do voo fretado que transportou Cristiano Ronaldo e demais jogadores de Portugal. O jogo foi vencido pelo Brasil por 6 a 2.

Na ação, o MP-DF pede ressarcimento integral dos R$ 9 milhões pagos pelo governo do DF. Segundo a promotoria, mesmo tendo recebido o dinheiro, a empresa não arcou com todas as obrigações previstas no contrato.

A sede da Ailanto fica no Rio, no Leblon, e foi alvo de buscas da polícia do DF em agosto de 2011, durante a operação Balder II.

Em março deste ano, Ricardo Teixeira renunciou à presidência da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014. Desde então, ele mora em Miami (EUA). A reportagem procurou seu advogado, que não retornou as ligações.

Fonte: Agência Estado

Sandro Barbosa entrega carta de demissão no Arruda

Após mais de dez dias de “sumiço” e telefone desligado, suscitando até a bem-humorada sugestão de um dirigente para serem fixados cartazes de “procura-se”, o assistente técnico coral Sandro Barbosa deu as caras. Segundo o diretor de futebol Constantino Júnior, ele foi ao Arruda nesta tarde de sexta-feira para entregar duas cartas: uma ao presidente Antônio Luiz Neto, outra ao próprio Constantino. “Ataide (gerente de futebol) acabou de me ligar, falando das cartas. Estão lá, fechadas. Eu vou buscar a minha logo mais”, afirmou, antes de indagar em tom irônico: “Quem sabe não seja um cartão de Natal?”.

Brincadeiras à parte, Constantino admitiu o provável tom da mensagem. “Provavelmente, deve ser o anúncio da saída do clube”, apostou. Constantino lembrou do último encontro com Sandro Barbosa. “Foi há uns 15 dias. Talvez menos. Fizemos uma reunião com o presidente. Não houve qualquer comportamento diferente ou sinal de insatisfação”, declarou. O diretor de futebol prometeu atender às ligações da reportagem após receber a carta, só não garantiu revelar o conteúdo.

Há três diferentes rumores a respeito do motivo para a decisão de Sandro. Um deles carrega tom de mistério: “problemas pessoais”, de acordo com funcionários do clube. Outro se atém à política de redução de custos do Santa Cruz. Quem permaneceu no Arruda precisou ter o salário diminuído – alguns, em até 50%. Sandro, inclusive, já tinha externado interesse em mudar de cargo, relegar ao passado a função de auxiliar técnico – passou dois anos ao lado de Zé Teodoro. Uma terceira razão, por enquanto, não passa de especulação: um suposto convite da chapa de Luciano Bivar para trabalhar na Ilha do Retiro, em caso de vitória nas urnas do grupo da situação do Sport.

SuperEsportes

O valor das marcas dos grandes clubes brasileiros

Como analisar a marca de um clube de futebol?

Títulos, estrutura, torcida, audiência, desempenho recente, saúde financeira?

São inúmeras variáveis, mas há quem consiga mensurar. A consultoria BDO vem fazendo um estudo anual sobre o valor de 17 clubes do país. Do Nordeste, constam três equipes, com Bahia, Vitória e Sport, segundo o Futebol Finance.

Os 17 clubes mais valiosos do Brasil em 2012. Crédito: Futebol Finance

Como analisar a marca de um clube de futebol?

Títulos, estrutura, torcida, audiência, desempenho recente, saúde financeira?

São inúmeras variáveis, mas há quem consiga mensurar. A consultoria BDO vem fazendo um estudo anual sobre o valor de 17 clubes do país. Do Nordeste, constam três equipes, com Bahia, Vitória e Sport, segundo o Futebol Finance (veja aqui).

Enquanto o Corinthians tem uma marca estipulada em R$ 1 bilhão, o rubro-negro pernambucano valeria R$ 41 milhões. Em 2010, o Leão aparecia em 15º lugar, como o melhor nordestino. Acabou ultrapassado pela dupla baiana na nova rodada do estudo.

Os maiores clubes do Paraná, que englobam o mesmo patamar nas cotas de transmissão na televisão, apresentam o dobro, numa relação direta com a economia do estado.

A pesquisa considera dezoito tópicos com base em dados financeiros, análises do perfil geográfico, econômico e social dos torcedores e dos seus hábitos de consumo, informações de marketing e dados econômicos e sociais do mercado brasileiro.

Não são consideradas as receitas com transferências de atletas, baseando-se apenas em receitas de marketing, estádio, associados e media geradas entre 2003 e 2011.

Fonte: Futebol Finance

Constantino Jr esclarece situação de alguns atletas para 2013

Após término do período das eleições no Arruda, o ritmo é ainda mais intenso agora com o foco nas definições do planejamento do Tricolor para a próxima temporada. Com a chegada do novo técnico coral, Marcelo Martelotte, o clube está se ajustando e já surgem algumas especulações. Em entrevista ao site CoralNET, o diretor de futebol Constantino Júnior esclarece a situação de alguns jogadores.

 

 

 

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Weslley

Constantino procurou ser cauteloso ao falar sobre os pronunciamentos do meia, que recentemente demonstrou estar insatisfeito no clube. “Conversei com Weslley sobre as declarações dele à imprensa se dizendo chateado. Ele é um atleta que está dentro do projeto do clube há dois anos e tem ainda mais dois anos de contrato. O que posso dizer é que após eliminação na Série C, o clube ficou sem receita e vieram as eleições para a presidência, algo que dificultou bastante o planejamento. Estamos correndo atrás do tempo perdido. O atleta falou de cabeça quente e vamos encontrar uma solução.”

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Sandro Barbosa

Com a chegada de Marcelo Martelotte, está sendo especulado também a saída do auxiliar técnico do clube. Quanto a esta questão, Constantino evitou ser conclusivo. “Nenhum problema com Sandro, ele tem resolvido problemas particulares, nem posso comentar sobre o assunto. Vamos conversar em breve, mas com tranquilidade, para definir alguns aspectos. Com a chegada de Martelotte, o projeto para 2013 está sendo executado de forma mais acelerada.”

Helder Tavares/Dp/D.A Press

Memo

Após falar em entrevista sobre o seu desejo de deixar o Santa Cruz, volante não se reapresentou com o restante da equipe para o início dos trabalhos da temporada 2013. Constantino não deixou passar direto e ressaltou que Memo tem contrato em vigor com o Santa Cruz e que a direção fará o que for melhor para ambas as partes. “Já nos comunicamos com o atleta, ele expôs uma situação, mas é jogador do clube e resolveremos isso com tranquilidade. O jogador é patrimônio do clube e faremos o que for melhor para ele e para o clube. Não vamos nos precipitar, creio que tudo se resolverá com uma conversa olho no olho.”

 

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press.

Renatinho

Para o torcedor que está vendo o desejo de Memo em deixar o clube, a preocupação vem logo com o lateral esquerdo Renatinho, já que o atleta possui o mesmo empresário que o volante. Constantino júnior procurou descartar a possível saída de Renatinho e pontuou que ele ainda está desfrutando a “lua de mel”, pois casou recentemente. “Renatinho se casou na última segunda-feira (10) e estará de volta ao Recife no dia 21. Isso era algo previsto e, certamente, após o retorno da “Lua de Mel” ele estará trabalhando com o elenco.”

Maizena, Pimentel, Fred e Tiago Cardoso

Ainda esclarecendo as indagações de quem sai e quem fica, Constantino Júnior falou da situação dos laterias e goleiros do Tricolor, adiantando que Maizena deve ter permanência garantida. “Estamos estendendo o vínculo de Maisena, até porque o atleta está se recuperando de um procedimento cirúrgico e não vamos deixá-lo na mão. Essa não é a política do Santa Cruz; Sempre nos preocupamos com os atletas, além disso, o custo/benefício do jogador compensa”.

Sobre os demais atletas, Constantino contou detalhes das negociações com cada um deles. “Sobre Fred, estamos aguardando uma posição do técnico Marcelo. No caso de Pimentel, o lateral direito deve se reapresentar juntamento com o lateral esquerdo Tiago Costa, na próxima semana. Quanto à Tiago Cardoso, restam pequenos detalhes para renovação do goleiro.”

Com informações da assessoria de imprensa