Copa do Brasil

Na Vila Capanema, Atlético-PR e Flamengo se enfrentam pelo jogo de ida da decisão

Gazeta Press

 Palco de Copa do Mundo, em 1950, de decisões estaduais e de jogos da Libertadores da América, a Vila Capanema, em Curitiba, abrirá as portas nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília) e entrará para a história da Copa do Brasil ao receber o primeiro jogo da final da edição 2013 entre Atlético Paranaense e Flamengo. Com uma torcida empolgada com a fase da equipe, os donos da casa terão apoio total nas arquibancadas para fazer sua parte e conquistar uma vantagem.


O ano surpreendente do Furacão, especialmente após a pausa do calendário para a disputa da Copa das Confederações, chega a um momento decisivo. Lutando pelo G-4 do Campeonato Brasileiro, mas com tropeços nas últimas rodadas, o time busca além da vaga na Libertadores um título inédito em sua história: o da Copa do Brasil – após eliminar Palmeiras, Internacional e mais recentemente, nas semifinais, o Grêmio, ganhando em casa por 1 a 0 e segurando o empate sem gols no Rio Grande do Sul. O sonhos estão próximos de ser realizados, mas tudo pode se transformar em pesadelo em um período de 15 dias.

Por isso, além de conseguir administrar os dois torneios, fazer sua parte em casa no jogo de ida da final é fundamental na análise do técnico Vagner Mancini, que, após a derrota para o Botafogo, no final de semana, prometeu outro espírito em campo, com jogadores mais focados e competitivos, mostrando o porquê de terem chegado com ar de favoritos, contrariando todos os prognósticos.

Em relação ao time atleticano, algumas preocupações. Para a partida, o único desfalque é o lateral Léo, suspenso nos dois jogos – além de Roger de Bruno Silva, que disputaram a competição por outra equipe. Jonas assumirá a lateral direita. Os problemas podem ficar para a volta, no Rio de Janeiro. Além do próprio Jonas, o goleiro Weverton, os zagueiros Manoel e Luiz Alberto, os volantes Juninho e João Paulo e o meia Everton estão pendurados com dois cartões.

O rubro-negro carioca, mergulhado em problemas administrativos, montou um elenco abaixo da expectativa, ainda corre risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas mostrou força no formato mata-mata. Conseguiu despachar o campeão brasileiro Cruzeiro nas oitavas, goleou o campeão carioca Botafogo por 4 a 0 nas quartas e eliminou o Goiás nas semifinais com triunfos por 2 a 1.

Com o rótulo de surpresas, os dois treinadores não colocam seus times como capazes de dar espetáculo nesta decisão. Eles, porém, esperam jogos muito disputados. “O Flamengo vai seguir a sua linha de colocar muita garra em campo para conseguir os objetivos que traçamos para esta Copa do Brasil. A decisão contra o Atlético Paranaense será muito complicada, decidida nos detalhes provavelmente, e não podemos deixar que eles tenham mais vontade que a gente “, disse Jayme de Almeida, técnico do Flamengo.

Já Mancini, comandante do Atlético, vê semelhanças entre esse Furacão e o modesto Paulista, de Jundiaí (SP), que ele liderou ao título da Copa do Brasil em 2005, em decisão contra o Fluminense. “Vejo semelhanças entre os dois times. Assim como era o Paulista, o Atlético Paranaense não se intimida contra nenhum adversário e busca sempre as vitórias na base da garra e da determinação. Contra o Flamengo, espero duas batalhas e torço para que minha equipe entenda melhor o caminho para o título”, avaliou.

Os dois lados não concordam somente ao esperar jogos disputados. Eles entendem que o resultado do jogo de ida pode ter papel fundamental na final. “Acredito que esse primeiro jogo será fundamental para a decisão e para a nossa equipe. Nosso pensamento é conquistar uma grande vitória, de preferência sem levar gols. Temos que ir em condições de administrarmos com tranquilidade no Rio de Janeiro”, avaliou o meia Paulo Baier, veterano líder o Furacão.

Já os flamenguistas querem levar a decisão para valer para o Rio de Janeiro, mas sonham com gols em Curitiba, uma vez que os tentos anotados como visitante valem como critério de desempate. “Precisamos muito levar a decisão para o Maracanã, onde somos mais fortes. Não vamos jogar retraídos em Curitiba, pois precisamos de gols. Mas é necessário se expor com segurança, pois a segunda partida acontecerá em nossa casa”, alertou o volante Elias.

Em termos de escalação, no Flamengo, mesmo com o goleiro Felipe estando recuperado de artroscopia no joelho esquerdo, a tendência é que Paulo Victor seja mantido no setor. No mais, a base será a mesma que superou o Goiás nas semifinais.

Pelo Campeonato Brasileiro, as duas equipes se enfrentaram duas vezes. No primeiro turno, o Furacão mandou o jogo em Santa Catarina e a partida acabou 2 a 2. Já no Rio de Janeiro, no returno, os paranaenses ganharam por 4 a 2, de virada, e o resultado provocou a saída do técnico Mano Menezes do Flamengo.

No fim de semana, ambos os finalistas preservaram seus titulares pelo Brasileirão, e a estratégia custou caro. O Flamengo foi derrotado pelo Grêmio por 2 a 1 no Rio Grande do Sul, enquanto o Atlético-PR acabou atropelado pelo Botafogo no Maracanã, sendo goleado por sonoros 4 a 0.

ATLÉTICO-PR X FLAMENGO

ATLÉTICO-PR
Weverton, Jonas, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, Zezinho, Everton e Paulo Baier; Marcelo e Ederson
Técnico: Vagner Mancini

FLAMENGO
Paulo Victor, Leonardo Moura, Wallace, Chicão e André Santos; Amaral, Luiz Antônio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 20 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Alessandro Rocha (Fifa-BA)

Tabela Copa do Brasil 2013

Copa do Brasil é o segundo torneio de futebol mais importante do Brasil.1

É realizada em moldes semelhantes aos de competições como a Copa da Inglaterra, Taça de Portugal, Copa do Rei, Copa da Escócia, entre outras.

Até 2012 a competição foi realizada com 64 clubes dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.

A partir de 2013, o Torneio será disputado com 86 equipes, seis delas já classificadas para as oitavas de finais. A partir de 2013 o principal patrocinador da competição passou a ser a Perdigão, fazendo com que a competição passe a ser chamada de Copa Perdigão do Brasil. O contrato vai até 2015.

Desde a edição de 2001, os times que participavam da Libertadores da América não disputavam a Copa do Brasil no mesmo ano, devido ao conflito de datas com a competição continental.

Sendo assim, o campeão da Copa do Brasil nunca disputava a próxima edição, uma vez que é classificado para disputar a Taça Libertadores da América do próximo ano. Porém, com a nova fórmula de disputa, a partir de 2013, o torneio nacional contará com os times participantes da Taça Libertadores da América.

A competição tem transmissão em TV aberta so pela Rede Globo, e em TV fechada pelo SporTV em parceria com a ESPN e a partir de 2013 com a Fox Sports.

 

Quartas-de-final

1ª RODADA
25/09 – 21h50 Goiás-GO 2 x 1 Vasco da Gama-RJ
25/09 – 21h50 Botafogo-RJ 1 x 1 Flamengo-RJ
25/09 – 21h50 Corinthians-SP 0 x 0 Grêmio-RS
26/09 – 21h00 Internacional-RS 1 x 1 Atlético-PR
2ª RODADA
23/10 – 21h50 Atlético-PR x Internacional-RS
23/10 – 21h50 Flamengo-RJ x Botafogo-RJ
23/10 – 21h50 Grêmio-RS x Corinthians-SP
24/10 – 21h00 Vasco da Gama-RJ x Goiás-GO

Oitavas-de-final
1ª RODADA
20/08 – 21h50 Nacional-AM 0 x 2 Vasco da Gama-RJ
21/08 – 19h30 Santos-SP 1 x 0 Grêmio-RS
21/08 – 19h30 Palmeiras-SP 1 x 0 Atlético-PR
21/08 – 21h50 Luverdense-MT 1 x 0 Corinthians-SP
21/08 – 21h50 Cruzeiro-MG 2 x 1 Flamengo-RJ
21/08 – 21h50 Fluminense-RJ 1 x 0 Goiás-GO
22/08 – 19h30 Internacional-RS 3 x 0 Salgueiro-PE
22/08 – 21h50 Botafogo-RJ 4 x 2 Atlético-MG
2ª RODADA
28/08 – 19h30 Goiás-GO 2 x 0 Fluminense-RJ
28/08 – 19h30 Atlético-MG 2 x 2 Botafogo-RJ
28/08 – 21h50 Atlético-PR 3 x 0 Palmeiras-SP
28/08 – 21h50 Corinthians-SP 2 x 0 Luverdense-MT
28/08 – 21h50 Flamengo-RJ 1 x 0 Cruzeiro-MG
28/08 – 21h50 Grêmio-RS 2 x 0 Santos-SP
29/08 – 21h50 Vasco da Gama-RJ 2 x 1 Nacional-AM
29/08 – 21h50 Salgueiro-PE 2 x 2 Internacional-RS

Terceira Fase
1ª RODADA
02/07 – 19h30 Salgueiro-PE 0 x 0 Criciúma-SC
03/07 – 21h50 Botafogo-RJ 1 x 0 Figueirense-SC
03/07 – 21h50 Goiás-GO 3 x 0 ABC-RN
09/07 – 21h50 Cruzeiro-MG 5 x 0 Atlético-GO
10/07 – 19h00 Fortaleza-CE 0 x 0 Luverdense-MT
10/07 – 19h30 Ponte Preta-SP 0 x 1 Nacional-AM
10/07 – 21h50 Internacional-RS 3 x 1 América-MG
10/07 – 21h50 ASA-AL 0 x 2 Flamengo-RJ
10/07 – 21h50 Santos-SP 1 x 1 Crac-GO
17/07 – 19h30 Paysandu-PA 0 x 0 Atlético-PR
2ª RODADA
17/07 – 19h30 Atlético-GO 0 x 1 Cruzeiro-MG
17/07 – 19h30 Criciúma-SC 1 x 1 Salgueiro-PE
17/07 – 21h50 ABC-RN 1 x 1 Goiás-GO
17/07 – 21h50 Flamengo-RJ 2 x 1 ASA-AL
17/07 – 21h50 América-MG 1 x 1 Internacional-RS
18/07 – 21h50 Luverdense-MT 2 x 1 Fortaleza-CE
24/07 – 19h30 Atlético-PR 2 x 1 Paysandu-PA
24/07 – 21h30 Nacional-AM 1 x 0 Ponte Preta-SP
24/07 – 21h50 Figueirense-SC 1 x 0 Botafogo-RJ
24/07 – 21h50 Crac-GO 0 x 2 Santos-SP

Segunda Fase
1ª RODADA
01/05 – 15h00 Santo André-SP 2 x 3 Goiás-GO
01/05 – 16h00 Crac-GO 3 x 2 Betim-MG
01/05 – 16h00 Cianorte-PR 1 x 3 Atlético-GO
01/05 – 21h50 Campinense-PB 1 x 2 Flamengo-RJ
01/05 – 21h50 Santa Cruz-PE 0 x 0 Internacional-RS
01/05 – 21h50 ASA-AL 3 x 0 Ceará-CE
01/05 – 21h50 Resende-RJ 1 x 2 Cruzeiro-MG
02/05 – 19h30 CRB-AL 0 x 0 Botafogo-RJ
07/05 – 19h30 São Bernardo-SP 1 x 1 Criciúma-SC
07/05 – 21h50 América-MG 0 x 1 Avaí-SC
08/05 – 19h30 Arapongas-PR 0 x 0 Figueirense-SC
08/05 – 20h30 Confiança-SE 1 x 1 Fortaleza-CE
08/05 – 22h00 Joinville-SC 0 x 1 Santos-SP
08/05 – 22h00 Luverdense-MT 2 x 0 Bahia-BA
08/05 – 22h00 ABC-RN 2 x 0 Sport-PE
08/05 – 22h00 Naviraíense-MS 0 x 1 Paysandu-PA
09/05 – 19h30 América-RN 2 x 6 Atlético-PR
09/05 – 21h50 Bragantino-SP 1 x 3 Ponte Preta-SP
15/05 – 19h30 Salgueiro-PE 0 x 0 Vitória-BA
15/05 – 21h30 Nacional-AM 4 x 1 Coritiba-PR
2ª RODADA
08/05 – 22h00 Ceará-CE 3 x 0 ASA-AL
15/05 – 19h30 Criciúma-SC 3 x 1 São Bernardo-SP
15/05 – 19h30 Goiás-GO 1 x 0 Santo André-SP
15/05 – 20h30 Betim-MG 0 x 1 Crac-GO
15/05 – 20h30 Paysandu-PA 0 x 2 Naviraíense-MS
15/05 – 22h00 Flamengo-RJ 2 x 1 Campinense-PB
15/05 – 22h00 Bahia-BA 1 x 0 Luverdense-MT
15/05 – 22h00 Internacional-RS 2 x 0 Santa Cruz-PE
16/05 – 19h30 Avaí-SC 0 x 3 América-MG
21/05 – 21h00 Sport-PE 2 x 3 ABC-RN
22/05 – 19h30 Vitória-BA 1 x 1 Salgueiro-PE
22/05 – 20h30 Figueirense-SC 3 x 1 Arapongas-PR
22/05 – 22h00 Cruzeiro-MG 4 x 0 Resende-RJ
22/05 – 22h00 Santos-SP 0 x 0 Joinville-SC
22/05 – 22h00 Botafogo-RJ 3 x 0 CRB-AL
23/05 – 19h30 Coritiba-PR 1 x 0 Nacional-AM
23/05 – 19h30 Fortaleza-CE 4 x 0 Confiança-SE

Primeira Fase
1ª RODADA
03/04 – 16h00 Resende-RJ 2 x 1 Caxias-RS
03/04 – 16h00 Ceilândia-DF 0 x 0 Ceará-CE
03/04 – 16h00 Bangu-RJ 1 x 2 Betim-MG
03/04 – 19h30 Brasil-RS 0 x 1 Atlético-PR
03/04 – 20h30 Noroeste-SP 0 x 0 Criciúma-SC
03/04 – 20h30 Cianorte-PR 2 x 1 Grêmio Barueri-SP
03/04 – 20h30 Guarani-J-CE 1 x 2 Santa Cruz-PE
03/04 – 20h30 Veranópolis-RS 1 x 0 Santo André-SP
03/04 – 21h30 Nacional-AM 2 x 0 Águia-PA
03/04 – 22h00 Vitória da Conquista-BA 0 x 1 Sport-PE
03/04 – 22h00 Naviraíense-MS 0 x 0 Portuguesa-SP
03/04 – 22h00 Rio Branco-AC 0 x 2 Internacional-RS
03/04 – 22h00 Remo-PA 0 x 1 Flamengo-RJ
04/04 – 21h50 Itabaiana-SE 0 x 3 Ponte Preta-SP
10/04 – 20h30 Tupi-MG 1 x 0 Luverdense-MT
10/04 – 20h30 Confiança-SE 1 x 0 Guarani-SP
10/04 – 20h30 Oratório-AP 1 x 3 Goiás-GO
10/04 – 20h30 Arapongas-PR 1 x 0 São Caetano-SP
10/04 – 20h30 Gurupi-TO 2 x 3 América-MG
10/04 – 20h30 Salgueiro-PE 2 x 0 Boa Esporte-MG
10/04 – 20h30 Santa Cruz-RN 0 x 0 ASA-AL
10/04 – 20h30 Volta Redonda-RJ 1 x 0 Avaí-SC
10/04 – 20h30 Luziânia-DF 0 x 0 Fortaleza-CE
10/04 – 20h30 Desportiva-ES 1 x 4 Figueirense-SC
10/04 – 20h30 Cametá-PA 0 x 7 Atlético-GO
10/04 – 20h30 Aracruz-ES 1 x 1 Joinville-SC
10/04 – 20h30 Campinense-PB 0 x 1 Sampaio Corrêa-MA
10/04 – 21h00 São Raimundo-RR 0 x 2 Paysandu-PA
10/04 – 21h00 Ji-Paraná-RO 0 x 1 América-RN
10/04 – 21h30 Fast Clube-AM 1 x 1 CRB-AL
10/04 – 22h00 Mixto-MT 2 x 1 Vitória-BA
10/04 – 22h00 Crac-GO 3 x 1 Náutico-PE
10/04 – 22h00 CSA-AL 0 x 3 Cruzeiro-MG
10/04 – 22h00 Águia Negra-MS 0 x 2 Bragantino-SP
10/04 – 22h00 Flamengo-PI 2 x 2 Santos-SP
11/04 – 20h30 Parnahyba-PI 1 x 3 ABC-RN
11/04 – 21h30 São Bernardo-SP 1 x 1 Paraná-PR
11/04 – 21h50 Maranhão-MA 0 x 2 Bahia-BA
17/04 – 19h30 Sobradinho-DF 0 x 0 Botafogo-RJ
01/05 – 19h30 Sousa-PB 0 x 3 Coritiba-PR
2ª RODADA
10/04 – 20h30 Santa Cruz-PE 2 x 0 Guarani-J-CE
10/04 – 20h30 Águia-PA 1 x 2 Nacional-AM
10/04 – 22h00 Ceará-CE 4 x 3 Ceilândia-DF
16/04 – 19h30 Vitória-BA 5 x 1 Mixto-MT
16/04 – 21h50 Portuguesa-SP 1 x 1 Naviraíense-MS
17/04 – 15h00 Santo André-SP 2 x 0 Veranópolis-RS
17/04 – 19h30 Atlético-PR 2 x 0 Brasil-RS
17/04 – 20h30 Grêmio Barueri-SP 0 x 3 Cianorte-PR
17/04 – 20h30 Sampaio Corrêa-MA 0 x 1 Campinense-PB
17/04 – 20h30 Criciúma-SC 3 x 0 Noroeste-SP
17/04 – 20h30 Betim-MG 1 x 0 Bangu-RJ
17/04 – 20h30 São Caetano-SP 1 x 0 Arapongas-PR
17/04 – 20h30 Guarani-SP 1 x 0 Confiança-SE
17/04 – 20h30 América-MG 0 x 0 Gurupi-TO
17/04 – 20h30 Joinville-SC 1 x 0 Aracruz-ES
17/04 – 20h30 Boa Esporte-MG 2 x 2 Salgueiro-PE
17/04 – 22h00 Luverdense-MT 3 x 0 Tupi-MG
17/04 – 22h00 Fortaleza-CE 0 x 0 Luziânia-DF
17/04 – 22h00 Flamengo-RJ 3 x 0 Remo-PA
17/04 – 22h00 Sport-PE 2 x 0 Vitória da Conquista-BA
17/04 – 22h00 Santos-SP 2 x 0 Flamengo-PI
18/04 – 20h30 Náutico-PE 1 x 1 Crac-GO
18/04 – 20h30 Caxias-RS 0 x 0 Resende-RJ
24/04 – 19h30 Paraná-PR 2 x 3 São Bernardo-SP
24/04 – 19h30 Botafogo-RJ 2 x 0 Sobradinho-DF
24/04 – 19h30 Avaí-SC 4 x 1 Volta Redonda-RJ
25/04 – 20h30 CRB-AL 2 x 1 Fast Clube-AM
25/04 – 20h30 América-RN 1 x 0 Ji-Paraná-RO
25/04 – 20h30 ASA-AL 2 x 1 Santa Cruz-RN

Fase Preliminar
1ª RODADA
27/02 – 20h00 Atlético Acreano-AC 1 x 1 Desportiva-ES
2ª RODADA
13/03 – 20h30 Desportiva-ES 5 x 4 Atlético Acreano-AC