Náutico

As frases do Náutico pós-clássico

Assim que terminou o Clássico dos Clássicos nos Aflitos, com vitória alvirrubra por 1×0, jogadores e dirigentes aproveitaram o momento para desabafar e comentar alguns assuntos de interesse de todos. O Blog do Torcedor selecionou algumas. Confira abaixo.

“O Náutico, daqui 10 anos, vai ser uma das grandes potências do futebol. Anota isso o que estou falando”, Toninho Monteiro, vice-presidente de futebol alvirrubro, sobre o futuro do Náutico.


Dirigente colocou Náutico como um dos “grandes” do futebol no futuro. Foto: Thiago Wagner/Arquivo

“Teve uma conversa com meus agentes fazem duas semanas, mas infelizmente não andaram muito bem. Mas vamos esperar essa semana”, Alexandre Gallo, técnico alvirrubro, perguntado sobre se renovaria ou não.


Treinador ainda não sabe se fica em 2013 no timbu. Foto: Anderson Malagutti

“Eu amo esse clube e essa torcida é maravilhosa. As pessoas entenderam de uma maneira errada o que falei durante a semana. O que escrevi veio do meu lado de torcedor. Represento milhares de torcedores do Náutico e é isso que importa”, Kieza, atacante alvirrubro, logo após o final do jogo.


Atacante falou do seu amor pelo clube. Foto: Guga Matos/JC Imagem

POSTADO POR Anderson Malagutti ÀS 20:05 EM 02 DE Dezembro DE 2012

Técnico do Náutico pede para presidente abrir o cofre para poder renovar

O Campeonato Brasileiro acabou, o Náutico garantiu vaga na Copa Sul-Americana e de quebra, rebaixou o maior rival para a segunda divisão. Passada todas essas situações, entra em campo outros casos a serem resolvidos. E um deles é em relação a renovação de contrato de jogadores e do técnico.

Quem mais ouviu essa pergunta após o jogo nos Aflitos foi o técnico Alexandre Gallo. Segundo o comandante, uma conversa já foi iniciada mas ainda não houve um acerto. Quando perguntado o que faltaria para esse acerto acontecer, Gallo brincou com o presidente do clube, Paulo Wanderley.

“O presidente está aqui. Pergunta pra ele. Abrir o cofre um pouquinho”, revelou o técnico apontando para Paulo Wanderley.

Feliz pelo trabalho realizado na competição, o treinador agradeceu o apoio do mandatário em relação ao seu trabalho. “Mas estou muito feliz aqui no Náutico. Agradeço a ele (presidente) que é uma pessoa sensacional e que a gente admira. Sempre nos apoiou e sempre nos incentivou”.

Ainda segundo Alexandre Gallo, tudo o que aconteceu durante o campeonato foi planejado antes da competição iniciar. E para o ano que vem, o técnico declarou que o time precisa pular de patamar.

“A direção entende qual é o projeto. Não adianta eu chegar aqui com uma situação e eles não comprarem. Foi tudo explicado e eles acreditaram no trabalho. O Náuticio agora tem que mudar de patamar. Tem que passar para um outro degrau, dentro das suas condições. A principal contratação do presidente esse ano foi realmente pagar tudo em dia” finalizou.

POSTADO POR ANDERSON MALAGUTTI ÀS 10:55 EM 03 DE DEZEMBRO DE 2012

Gallo se mostra aliviado, mas diz que Náutico ainda não pode descansar

O semblante de tranquilidade era evidende no técnico Alexandre Gallo após o Náutico conseguir a permanência matemática na Série A. Com o empate de 1 a 1 com o Bahia, o Timbu (46 pontos) não pode mais chegar ao Z-4, fato comemorado pelo treinador, que agora pensa exclusivamente na classificação para a Copa Sul-Americana.

– Parabenizo todo o grupo que conquistou o direito de continuar na Série A. Ficamos grande parte do campeonato dentro da  da zona da Sul-Americana, o que representa 81% ou 31 rodadas da competição. Nosso foco continua sendo o torneio internacional, mas o incômodo do rebaixamento passou.

Gallo comentou a dificuldade que teve para armar a equipe durante o confronto no Pituaçu. Ele escalou o Náutico sem três jogadores essenciais para equipe, já que o meia Rhayner, o atacante Kieza (ambos suspensos) e o volante Elicarlos não puderam atuar. E antes dos 20 minutos do primeiro tempo perdeu o meia Martinez e o zagueiro Jean Rolt contudidos. Nesse caso, o técnico teve que improvisar o zagueiro Alison como volante, descendo muitas vezes como terceiro-zagueiro, e mexer no sistema ofensivo e no meio-campo para compor as funções que Martinez realiza.

– Uma situação dessa engessa o treinador, é muito complicado. Foi muito complexo, pois eu não podia mexer muito no time, já que só tinha uma substituição para queimar na maior parte do jogo. A sorte é que treinamos durante a semana o esquema que acabamos usando no jogo, com três zagueiros, então estávamos preparados.

Sobre a última rodada, Gallo preferiu minimizar o fato de que enfrentará o arquirival do Alvirrubro, o Sport, que precisa vencer para escapar do rebaixamento.

– Não pensamos na situação e na necessidade do Sport, fixamos apenas no nosso time. Temos o objetivo de conquistar uma vaga na Sul-Americana e isso é o que importa para a gente.

Conquistada a permanência na Série A, Gallo e o Náutico começarão a acertar a renovação de contrato do treinador.

– Essa semana meus agentes devem ir para o Recife para começar a discutir para valer a renovação. Antes havia tido uma conversa superficial, mas agora temos a tranquilidade para finalmente pensarmos nisso. Minha intenção é continuar no Náutico, pois gosto da cidade, do clube e quero firmar meu trabalho no Timbu.

Marcelo Veiga confirma interesse em quatro jogadores do Santos

O técnico do Botafogo, Marcelo Veiga, confirmou nesta segunda-feira o interesse nas contratações do zagueiro Rafael Caldeira, do lateral Crystian, do volante Alan Santos e também do atacante Dimba, todos jogadores do Santos.

O quarteto, que tem contrato com o Peixe até o fim de 2014, foi elogiado pelo treinador do Pantera, que espera contar com eles para o Paulistão 2013. O centroavante Dimba, que marcou o gol do empate do Náutico, contra o Bahia, foi destacado por Veiga.

– O Dimba é um jogador interessante e pode agregar muito ao nosso time. Torço para que eles venham e façam um bom campeonato pelo Botafogo – declarou o treinador à rádio CMN, de Ribeirão Preto.

Nesta segunda-feira, a diretoria do Pantera apresenta oficialmente o atacante Otacílio Neto, ex-Corinthians, e o zagueiro Luís Henrique, que defendeu o Bragantino no primeiro semestre. O zagueiro Gilmak, que defendeu o Fortaleza na Série C do Campeonato Brasileiro, também deve chegar ao time de Ribeirão Preto para a disputa do Paulistão. O jogador já foi liberado pelo time cearense, alegando que defenderia o Botafogo.

Dimba comemora o primeiro gol e faz campanha para continuar no Náutico

Após marcar o seu primeiro gol com a camisa do Náutico, no empate por 1 a 1 com o Bahia, o atacante Dimba já projeta a próxima partida do Timbu, contra o Sport, no próximo domingo. Apesar da felicidade por balançar as redes pela primeira vez pelo Alvirrubro, o atleta fez questão de ressaltar que só terá tempo para comemorações após o Clássico dos Clássicos.

– Tive a felicidade de fazer meu gol, que nos garantiu na Série A. Porém, não temos tempo para comemorar. Agora, temos o Sport pela frente e temos que vencer.

Com contrato até o final da temporada, o atacante não perdeu tempo e pediu para que a diretoria alvirrubra tente renovar o seu empréstimo junto ao Santos, com quem está vinculado até 2014.

– Tenho contrato com o Santos até 2014, mas o meu desejo é continuar aqui. Gosto muito de jogar pelo Náutico e espero que possamos tentar um acerto para a próxima temporada.