Sport

Sérgio Guedes considera injusto o empate do Sport contra campeão Flu

Após o empate em 1 a 1 com o Fluminense, na Ilha do Retiro, o Sport saiu de campo com o sentimento de frustração. De acordo com o treinador Sérgio Guedes, o resultado dentro de campo não representou o que o time rubro-negro se propôs no jogo. E, apesar de a situação do time para permanecer na Série A ter ficado mais complicada, o comandante destacou que as “possibilidades” estão abertas.

– O resultado foi injusto. Agora, dizer o que é justo ou injusto mediante a um fato consumado acaba se tornando irrelevante. O que posso dizer é que estou satisfeito com o desempenho – afirmou, ressaltando as oportunidades que a equipe produziu dentro de campo.

– Vi poucas vezes na minha carreira tanta situação de gol não se concretizar. Temos que extrair o que foi de bom e digo que vamos com o apoio da torcida para a outra partida. Acredito que vamos melhor, porque quando você vê o limite e superação dos jogadores dentro de campo e vê a disposição a que eles podem chegar.

Sobre a situação do Sport para se livrar do rebaixamento, o técnico reforçou que o momento de imprevisibilidade da última rodada do Brasileirão.

– A avaliação que fizemos com os resultados da rodada é que a situação (do rebaixamento) está aberta. Jogos difíceis vão acontecer e a possibilidade existe para todos. Por isso, estamos otimista.

Jogadores do Sport se abatem, mas garantem que clube escapa do Z-4

Bastou o árbitro André Luiz de Freitas Castro (GO) apitar o final do duelo entre Sport e Fluminense, neste domingo, para o abatimento tomar conta dos jogadores do Leão. Chateado com o empate em 1 a 1, que deixa o clube na zona de rebaixamento e precisando vencer o Náutico na última rodada, além de torcer por uma derrota de Bahia ou Portuguesa, na última rodada, para permanecer na Séria A, o atacante Felipe Azevedo lamentou as chances de gols perdidas.

– Fomos muito superiores, tivemos várias chances, mas a bola não entrou. Infelizmente saímos de campo sem a vitória e isso dificulta um pouco, mas vamos buscar a vitória no próximo jogo. Ainda dá.

Contrariado, o zagueiro Diego Ivo enalteceu o comportamento dos atletas rubro-negros, mas lamentou a falta de sorte do Sport.

– Tivemos várias chances, jogamos bem e nos doamos, mas empatamos. Agora ficou complicado, mas ainda temos chances. Vamos para o clássico em busca da vitória.

Já para Henrique, o grande responsável pelo placar foi o goleiro adversário. De acordo com o atacante, não é à toa que Diego Cavalieri é um dos destaques do Brasileirão 2013.

– Tivemos chances, mas Cavalieri é muito bom. Às vezes, parecia que eles estavam com três jogadores embaixo da barra. Faltou sorte, mas ainda dá.