Com gols brasileiros, Bayern passa pelo Raja sem dificuldades e conquista o Tri

Celso Ishigami – Diario de Pernambuco

Nem todos os brasileiros que participaram do Mundial de Clubes da Fifa voltarão de Marrocos com más recordações. Autores dos primeiros gols da vitória do Bayern sobre o Raja Casablanca, o zagueiro da Seleção Brasileira, Dante, e o naturalizado espanhol, Thiago Alcântara, têm excelentes motivos para comemorar. Com o triunfo, o clube alemão garantiu ingresso ao seleto clube dos maiores vencedores da história dos Mundiais. A equipe de Munique chegou ao seu terceiro título, se igualando a Boca Juniors, Inter de Milão, Nacional do Uruguai, São Paulo, Real Madrid, Peñarol. A liderança segue com o Milan, com quatro conquistas.


Ainda que desfalcados de estrelas como Robben e Schweinsteiger, os alemães sobraram em campo. Diferentemente do que aconteceu com o Atlético-MG, o campeão europeu se impôs desde o início da partida, construindo seu caminho para a vitória sem sobresaltos. Trocando passes com facilidade, o Bayern envolveu o sistema defensivo do Raja Casablanca sem se importar com a festa que a torcida marroquina fazia nas arquibancadas. Os gols saíram de maneira natural. Logo na primeira boa chance, Dante aproveitou o rebote da cobrança de escanteio e teve tranquilidade para dominar, girar e chutar firme na saída do goleiro.

Mantendo a eficaz frieza alemã, o Bayern manteve o padrão de jogo, chegando a beirar os 80% de posse de bola. Aproveitando um espaço na marcação marroquina, o lateral Alaba arrancou pela esquerda, limpou o marcador já perto da linha de fundo e tocou para a entrada da área, nos pés de Thiago Alcântara. O filho do tetracampeão Mazinho bateu firme na bola, deslocando o goleiro e resolvendo o jogo para o campeão da Europa. Ao longo do restante do confronto, o técnico Pep Guardiola fez algumas modificações e observou sua equipe administrar o triunfo até o apito final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *