Com Neymar 'prioridade', Barcelona descarta venda por recorde: quase R$ 800 milhões

© Getty Na 50ª edição do Troféu Joan Gamper, Barcelona é recepcionado com fogos de artifício e show de luzes – Diego Garcia, de São Paulo, e Thiago Arantes, de Barcelona (ESP), para a ESPN

O Barcelona não quer vender Neymar. Nem por muito dinheiro. Nem pelo maior valor da história do futebol – 190 milhões de euros, ou quase R$ 800 milhões, oferecidos pelo Manchester United.

O caminhão de dinheiro não mudará os planos da diretoria do clube catalão por uma série de motivos. O maior deles: Neymar faz parte dos planos de longo prazo da equipe.

O valor oferecido pelos ingleses é igual ao da multa rescisória do atual contrato, que vai até 2018. Só que a renovação do acordo é a prioridade do orçamento do clube nesta temporada; o novo contrato revisará os valores salariais, deve durar até 2020 e terá uma multa ainda maior: cerca de 250 milhões de euros, mesmo valor da multa de Messi.

Em contato com o ESPN.com.br, um diretor do clube catalão afirmou que não há qualquer hipótese de Neymar ser vendido antes do fim de seu contrato. Pessoas próximas ao jogador também negam qualquer intenção dele de deixar a cidade.

Neymar Messi Barcelona Juventus Final Champions 06/06/2015© VI Images via Getty Images Neymar Messi Barcelona Juventus Final Champions 06/06/2015

O brasileiro, a princípio, não deseja sair tão cedo do time da Catalunha, pois está feliz na cidade, tem os amigos sempre por perto e se adaptou à região. Mas as conversas para atualização de seu contrato com o Barça, iniciadas no primeiro semestre do ano, estacionaram há algumas semanas. O camisa 11 deseja renovar o vínculo e receber uma valorização.

Neymar chegou a Barcelona em junho de 2013 e desde então tem se mostrado cada vez mais integrado ao clube e à cidade.

O idioma – no início uma barreira grande na comunicação – deixou de ser um problema; a amizade com Messi e Luis Suárez se fortaleceu com títulos na temporada passada; ele já é ídolo da torcida – apenas Messi tem o nome mais gritado no Camp Nou. Por tantos motivo, uma mudança de áreas agora não está nos planos do jogador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *