Juventus bate o Palermo e garante o bicampeonato a três rodadas do fim

Com um gol do chileno Arturo Vidal, de pênalti, o Juventus venceu o Palermo por 1 a 0, em casa, e conquistou o 29º título do Campeonato Italiano com três rodadas de antecedência. O resultado deixou a Velha Senhora 14 pontos à frente do Napoli, que neste domingo vai encarar o Inter de Milão, em Nápoles. O triunfo coroou a campanha da equipe de Turim, que obteve 26 vitórias, cinco empates e apenas quatro derrotas.

No gramado, o Juventus estampou a faixa de 31 títulos da Série A. Porém, para a Federação Italiana de Futebol são 29. Tudo por conta da punição que a Velha Senhora sofreu por conta do escândalo de manipulação de resultados no futebol da Itália. Os scudetos de 2005 e 2006 foram dados ao Inter de Milão, que foi o vice-campeão nas duas ocasiões.

A derrota deixou o Palermo na zona de rebaixamento do Italiano. Com a derrota, o time seguiu com 32 pontos, mas caiu uma posição por conta da vitória do Genoa por 4 a 1 sobre o Pescara. Na próxima rodada, a equipe vai encarar o Udinense, em La Favorita. Já a Velha Senhora visitará o Atalanta, no Estádio Azzurri d’Italia.

Vidal e Chiellini gol Juventus (Foto: AP)
Vidal e Chiellini comemoram o gol que deu o título ao Juventus neste domingo (Foto: AP)

Juve tem posse de bola, mas não leva perigo ao Palermo

Garcia, Pogba Juventus x Palermo (Foto: AFP)
Garcia e Pogba disputam o lance (Foto: AFP)

O Juventus iniciou a primeira etapa disposto a matar a partida e garantir o título com três rodadas de antecedência. Sem dar espaços ao Palermo, os minutos iniciais foram marcados por um jogo de ataque contra defesa. Enquanto a Velha Senhora jogava no campo de ataque, os visitantes apenas se defendiam e não conseguiam chegar ao gol de Buffon.

Porém, o Juventus chegava pouco ao gol de Sorrentino. Apenas com finalizações de fora da área. E a maioria delas sem direção, longe da meta do Palermo. Pogba, duas vezes, Pirlo, Vidal… Todos tentaram abrir o marcador, mas em vão. A chance mais clara de gol da Velha Senhora aconteceu aos 28. Vucinic foi lançado, entrou na área e finalizou em cima do goleiro.

O jogo continuou com o Juventus em cima, marcando pressão e com mais posse de bola. Mas o Palermo equilibrou as ações, chegando um pouco mais ao gol de Buffon. Na maioria das vezes, com bolas paradas. Aos 42, Miccoli foi claramente derrubado na entrada da área, mas o árbitro mandou o jogo seguir. O atacante do Palermo ficou revoltado e socou o chão.

No último lance do primeiro tempo, aos 45, o Juventus quase abriu o marcador. Pirlo cobrou escanteio da direita na cabeça de Pogba. O francês se antecipou aos defensores e testou de cabeça. A bola passou à direita de Sorrentino, que já estava batido.

Vidal marca de pênalti e garante o título do Juventus

Torcida Juventus (Foto: Getty Images)
Torcida do Juventus comemora mais um título do
Juventus na Itália (Foto: Getty Images)

Na volta para o segundo tempo, o Juventus voltou com a mesma postura. Buscando o gol e pressionando o Palermo em seu campo de defesa. Mas quem assustou primeiro foram os visitantes. Miccoli recebeu pelo bico da grande área e finalizou cruzado de perna direita. A bola bateu na trave de Buffon, que se esticou todo para evitar o gol.

Aos 12, o Juventus marcou o gol da vitória. Lançado dentro da área, Vucinic foi derrubado por Donati. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Vidal escolheu o canto direito de Sorrentino, que caiu para o lado esquerdo: 1 a 0.

A partir daí, o Juventus passou a tocar a bola. Abusou do excesso de preciosismo e poderia até ter feito mais gols. Por conta, o Palermo voltou a acordar na partida e quase deixou tudo igual aos 32. Hernández recebeu na entrada da área e finalizou de virada. A bola passou à direita de Buffon, que se esticou todo e viu a bola passar rente à trave.

Cinco minutos, Pogba foi expulso. Após levar um tapa no rosto de Aronica, o francês cuspiu no adversário e acabou levando o cartão vermelho. No fim, mesmo com um a menos, o Juventus segurou o resultado e levantou mais um caneco na Itália.

globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *