Libertadores 2015: depois do sorteio, saiba quem pode ocupar as vagas restantes

Leonardo Bertozzi, blogueiro da ESPN

O sorteio da Copa Libertadores 2015 já foi realizado, mas alguns das bolinhas nos potes tinham apenas números e países. Mas quem vai ocupar estas vagas? Com os campeonatos nacionais invadindo dezembro, ainda há muita coisa a definir.

O blog preparou um repasso da disputa pelas vagas. Este post será atualizado à medida que as vagas forem preenchidas.

ARGENTINA

San Lorenzo, atual campeão da Libertadores, e River Plate, vencedor do Torneio Final no primeiro semestre, são cabeças-de-chave na fase de grupos. O Huracán, campeão da Copa Argentina, jogará a primeira fase.

Caso o Racing se sagre campeão do Torneio Transição, disputado no segundo semestre, entrará na Libertadores como “Argentina 3”. O time entra na última rodada como líder, dois pontos à frente do River, e recebe o Godoy Cruz. O River visita o Quilmes.

Boca Juniors já sabe que ocupará uma das vagas, mas há duas vias possíveis: pela campanha geral na temporada 2013-14 ou como melhor argentino na Copa Sul-Americana (o finalista River já está classificado).

Na classificação total, o Boca terminou empatado com o Vélez Sarsfield. Se o River ganhar o Transição, tanto Boca quanto Vélez entram diretamente nos grupos, com o Estudiantes herdando a vaga na fase eliminatória como melhor argentino na Sul-Americana.

No entanto, se o título for do Racing, será necessária uma partida desempate. Com vitória do Vélez, ele entraria nos grupos e o Boca na “pré”. Vencendo o Boca, o Vélez ficaria de fora e o Estudiantes ficaria com a última vaga.

BOLÍVIA

Os três primeiros colocados do último Torneio Clausura são os representantes bolivianos. Universitario, de Sucre, e San José, de Oruro, vão diretamente à fase de grupos, enquanto The Strongest tem a vaga na primeira fase.

BRASIL

Cruzeiro, campeão brasileiro, e Atlético Mineiro, da Copa do Brasil, são os cabeças-de-chave do país. Vice do Brasileirão, o São Paulo vai direto aos grupos. Internacional Corinthians já carimbaram seus passaportes e definem na última rodada quem terá o lugar direto nos grupos.

Ambos têm 66 pontos, mas o Inter leva vantagem pelo número de vitórias e só depende de si contra o Figueirense. O Corinthians, que enfrenta o Criciúma, tem de esperar por um tropeço do Colorado para não ter de jogar a primeira fase.

CHILE

Vencedor do Torneio Clausura, o Colo Colo tem a primeira vaga chilena. A segunda será destinada ao campeão do Apertura – ou ao vice, caso o Colo Colo seja novamente campeão.

Faltando apenas uma rodada, Colo Colo e Universidad de Chile têm 41 pontos, um a mais que o Santiago Wanderers. No próximo sábado, o Wanderers recebe o Colo Colo, enquanto “La U” joga em casa contra o Unión La Calera. Se houver igualdade em pontos no primeiro lugar, haverá jogo-desempate.

O participante da primeira fase da Libertadores sairá de um play-off entre os quatro melhores times do Apertura ainda não classificados. O único time garantido é o Palestino. As outras vagas serão definidas na última rodada.

COLÔMBIA

Atlético Nacional está na fase de grupos como campeão do Torneio Apertura. O Torneio Finalización, disputado no segundo semestre, apontará a segunda vaga. O Independiente Santa Fe já garantiu no mínimo a vaga da “pré-Libertadores” pela campanha geral do ano, com 75 pontos. Se ganhar o Finalización, abre esta vaga para a melhor campanha logo a seguir.

O campeonato está na fase semifinal, com dois grupos de quatro que definem os finalistas. Um deles já é conhecido, com duas rodadas de antecedência: o Independiente Medellín tem 10 pontos e garantiu a primeira colocação no grupo B. Mesmo que seja alcançado por Tolima ou Deportivo Cali, ambos com 4 pontos, levaria vantagem pela campanha geral. O Águilas Doradas fecha o grupo com 3. O grupo A tem Santa Fe (8 pontos), Atlético Nacional (6), Atlético Huila (5) e Once Caldas (3).

No caso de título do Santa Fe, a classificação geral que vale para a última vaga tem Junior (64 pontos), Once Caldas (63), Medellín (61) e Águilas Doradas (61). O Junior, porém, não faz mais jogos, enquanto o Medellín joga mais quatro vezes, por estar na final. Once Caldas e Águilas ainda podem pontuar nos dois últimos jogos dos quadrangulares.

EQUADOR

Os dois finalistas do campeonato entram direto nos grupos, e a melhor campanha do ano entre as demais equipes vai para a primeira fase. O Emelec, que venceu a primeira etapa e já está na decisão, espera seu adversário.

Faltando três rodadas, o Independiente del Valle soma 40 pontos, um a mais que o Barcelona de Guayaquil. A LDU de Quito tem 37 pontos, e o Emelec, com 35 pontos e uma partida a menos, também tem possibilidades.

Se o Emelec vencer também a segunda etapa, não haverá final e a tabela geral determinará duas vagas, sendo uma nos grupos. Hoje, esta tabela tem o Independiente com 80 pontos, o Barcelona com 74 e a LDU com 66.

MÉXICO

Tigres Atlas, os melhores na fase de classificação do Torneio Apertura entre os times que não jogam a Champions League da Concacaf, são os mexicanos na fase de grupos. O Morelia, vencedor da Supercopa, joga a fase eliminatória.

PARAGUAI

Libertad ganhou o Torneio Apertura, garantindo-se na fase de grupos, e pode ganhar também o Clausura. O time vai para a última rodada com dois pontos de vantagem sobre o Cerro Porteño. O Libertad visita o Nacional, enquanto o Cerro vai ao campo do Sol de América.

Em caso de título do Libertad, a pontuação anual colocará o Guaraní como segundo time nos grupos. Se der Cerro Porteño, é ele que vai aos grupos e o Guaraní joga a primeira fase.

PERU

Juan Aurich, vencedor do Apertura, está na fase de grupos e aguarda seu adversário na decisão. O Clausura será decidido em um jogo-extra entre Alianza Lima e Sporting Cristal, que terminaram empatados em pontos.

O Alianza Lima já está garantido ao menos na primeira fase, por ter vencido o Torneo del Inca, a copa nacional. O Melgar espera que o Alianza avance à decisão, para herdar a última vaga pela pontuação geral.

URUGUAI

Classificação definida pela temporada 2013-14: o campeão Danubio e o vice Montevideo Wanderers entram nos grupos. O Nacional vai à fase eliminatória pela pontuação somada.

VENEZUELA

Zamora, campeão da temporada 2013-14, e Mineros, vice, são os venezuelanos nos grupos. O Deportivo Táchira, melhor colocado entre os demais, começa na “pré”.

OS GRUPOS

Grupo 1
Atlético Mineiro (Brasil)
Colômbia 2 (Ind. Medellín, Santa Fe ou Atlético Huila)
Colo Colo (Chile)
Atlas (México)

Grupo 2
San Lorenzo (Argentina)
São Paulo (Brasil)
Danubio (Uruguai)
Brasil 5 (Corinthians ou Inter) x Colômbia 3 (Santa Fe, Junior, Once Caldas, Ind. Medellín ou Águilas Doradas)

Grupo 3
Cruzeiro (Brasil)
Mineros (Venezuela)
Universitario de Sucre (Bolívia)
Peru 3 (Alianza Lima ou Melgar) x Huracán (Argentina)

Grupo 4
Emelec (Equador)
Brasil 4 (Inter ou Corinthians)
Chile 2 (U. de Chile ou S. Wanderers)
Morelia (México) x The Strongest (Bolívia)

Grupo 5
Zamora (Venezuela)
Argentina 4 (Boca ou Vélez)
Montevideo Wanderers (Uruguai)
Chile 3 (U. de Chile, Wanderers, Palestino, O’Higgins, Huachipato, Unión La Calera, Unión Española, Audax Italiano ou Barnechea) x Nacional (Uruguai)

Grupo 6
River Plate (Argentina)
Peru 2 (Juan Aurich, Alianza Lima ou Sporting Cristal)
San José de Oruro (Bolívia)
Tigres (México)

Grupo 7
Atlético Nacional (Colômbia)
Equador 2 (Independiente, Barcelona ou LDU)
Libertad (Paraguai)
Equador 3 (Independiente, Barcelona ou LDU) x Argentina 6 (Boca ou Estudiantes)

Grupo 8
Peru 1 (Juan Aurich, Alianza Lima ou Sporting Cristal)
Argentina 3 (Racing, Boca ou Vélez)
Paraguai 2 (Guaraní ou Cerro Porteño)
Dep. Táchira (Venezuela) x Paraguai 3 (Cerro Porteño ou Guaraní)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *