Sport e Ceará começam a disputa pelo título do Nordestão na Ilha do Retiro

Autor: Matheus Albino

Esta noite de quarta-feira dia dois de abril marcará o início da disputa de 180 minutos entre os dois melhores times da Copa do Nordeste 2014. Após 10 jogos disputados, contabilizando a primeira fase, quartas e semifinais, Sport e Ceará se encontram  às 22h na Ilha do Retiro para o primeiro embate de 90 minutos na final da competição.

Leia mais: Magrão espera que a torcida lote a Ilha e ajude o Sport contra o Ceará

Eduardo Baptista isola Sport da torcida no treino mas espera revê-los lotando a Ilha do Retiro contra o Ceará

Vale o tricampeonato para o Sport, que foi campeão em 1994 e 2000 e caso o Ceará conquiste, será a primeira Copa do Nordeste de sua história.

Dentro de casa o Leão espera contar com o apoio de sua torcida e conquistar um bom resultado para o jogo da volta na próxima quarta-feira. “A torcida vai ser muito importante para nos empurrar porque lá vai ser da mesma forma a favor deles. Temos que fazer um bom jogo e não tomar gol para levar vantagem para Fortaleza”, avaliou o atacante Ananias.

Ananias retorna ao time do Sport diante do Ceará. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Ananias retorna ao time do Sport diante do Ceará. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

A torcida vai nos ajudar e vai lotar a Ilha do Retiro. Já disputei finais com o Sport e sei da importância deles”, disse o técnico Eduardo Baptista.

Na primeira fase o Ceará foi mais soberano em relação ao rival, já que se classificou em primeiro no Grupo C, com três vitórias dois empates e uma derrota, terminando a fase com 11 pontos.

Enquanto isso, o rubro negro começou mal a competição e por pouco não foi eliminado. Terminou como vice-líder, mas o equilíbrio foi tão grande no Grupo D, que ninguém conseguiu disparar nas primeiras posições e permitiu que o Leão conquistasse uma vaga na próxima fase.

Nas entrelinhas desta curta história leonina na primeira fase, a demissão do técnico Geninho e a valorização de Eduardo Baptista no comando foram as mudanças radicais que fizeram com que o Sport se reerguesse e chegasse até esta decisão.

Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem

Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem

“Crescemos durante a competição. O time começou mal mas conseguiu se reerguer. Enquanto o Ceará começou bem e vem jogando assim até a gora, mas esperamos levar a melhor nesse duelo”, contou o goleiro Magrão.

Este será um confronto também entre o melhor ataque (Ceará com 20 gols) contra a melhor defesa (Sport, tomou apenas cinco gols). Pelos números é possível ter uma ideia do quão equilibrado deve ser esse duelo entre pernambucanos e cearenses.

Mas, não é pelo fato de ter a defesa menos vazada que irá deixar o mandante deste primeiro jogo retraído em sua defesa. Tudo bem que uma das virtudes da equipe do técnico Eduardo Baptista é jogar bem fechado atrás e sair com velocidade nos contra-ataques, mas não deverá ser assim a postura neste jogo.

“Temos que nos impor dentro de casa e tomar cuidado com o Ceará porque eles são muito fortes também fora de casa. Precisamos de uma boa vantagem para irmos fortalecidos para Fortaleza”, afirmou o comandante.

Do setor ofensivo do Vozão certamente o elemento mais preocupante é o artilheiro veterano Magno Alves, que já anotou sete gols nesta Copa do Nordeste e inclusive é o artilheiro da competição.

Preocupados com o Magnata sim, mas sem se descuidar do restante do time. “São muitos pontos fortes no Ceará que temos que neutralizar e o Magno Alves é um deles. Artilheiro com sete gols, bom jogador e que preocupa sim”, disse o técnico rubro negro.

No último final de semana os dois rivais entraram em campo pelos seus respectivos Estaduais, e se na opinião de muitos uma vitória em clássico deixa o time com moral elevado, esta poderá ser uma aliada do Ceará nesta quarta-feira.

É que o Glorioso venceu o maior rival, Fortaleza, por 3×1 no primeiro jogo da final do Cearense. Já o Sport foi derrotado pelo Náutico em plena Ilha do Retiro por 1×0, na última rodada do hexagonal do título do Pernambucano, e ainda por cima perdeu a liderança justamente para o rival alvirrubro.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Para o jogo Eduardo Baptista disse que ainda tem algumas dúvidas no time que irá iniciar o jogo, e que só deve divulgar a escalação horas antes da bola rolar.

Ele conta com a volta de Ananias, mas não terá Felipe Azevedo, expulso contra o Santa Cruz na segunda partida das semifinais. “Tenho algumas dúvidas e só vou revelar amanhã porque preciso analisar algumas coisas no time”, afirmou. “Quem acompanha o Sport pode ter certeza que não vão ter grandes mudanças no time”, contou.

O ADVERSÁRIO

A expectativa no alvinegro é de fazer um bom jogo na Ilha do Retiro e assim levar a decisão para o Castelão na próxima quarta-feira. Mas, os números comprovam que fora de casa o Vozão não é tão eficiente quando joga em seus domínios.

Dos 20 gols marcados, 17 foram em casa e apenas três longe de Fortaleza. Para o meia Souza, um dos mais experientes do time, o Ceará tem condições de sair com um bom resultado apesar das dificuldades que irão encontrar.

“o jogo é difícil e nossa expectativa é a melhor possível. Vamos tentar fazer o resultado aqui”, disse Souza, que ainda repercutiu as declarações do técnico leonino, Eduardo Baptista, que afirmou que o Sport seria campeão. “Cheguei aqui e não vi nada combinado com o Ceará não. Vamos fazer o máximo para ser campeão”.

Já Magno Alves pregou respeito ao Rubro-negro. Lamentou a passagem apagada pela Ilha do Retiro, mas destacou que o importante agora é o Ceará. “Vamos procurar fazer o melhor resultado”.

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ewerton Páscoa, Aílton e Danilo (Érico Júnior); Ananias e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista

Ceará: Luis Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Anderson Xavier e Hélder Santos; João Marcos, Ricardinho, Amaral e Souza; Assisinho e Magno Alves. Técnico: Sérgio Soares

Local: Estádio Ilha do Retiro. Horário: 22h. Árbitro: Cláudio Francisco Lima (SE). Assistentes: Carlos Jorge Titara (AL) e Luis Carlos Camara (RN).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *