Sport e Central se despedem do Campeonato Pernambucano

Foto: Guga Matos/JC Imagem/Arquivo – Autor: Wladmir Paulino

Tanto para o Sport quanto para o Central o jogo deste sábado (2), a partir das 16h, na Ilha do Retiro, é uma mera formalidade na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambucano. Afinal, a goleada por 5×0 imposta pelos rubro-negros no confronto de ida, na quarta-feira, em Caruaru, deixou a disputa praticamente definida. Para mudar a história a Patativa precisa vencer por seis gols de diferença. Se for por cinco, a decisão vai para as cobranças de pênaltis.

Apesar da grande vantagem, o técnico leonino, Eduardo Baptista, vai usar o que tiver de melhor. A intenção dele é repetir a escalação de quarta-feira, mas está na dependência do lateral-esquerdo Renê e do atacante Joelinton. Ambos apresentaram um desgaste muito alto e caso consigam se recuperar, entram em campo com os demais. A única alteração é a volta do lateral-direito Vítor, que cumpriu suspensão, no lugar de Oswaldo.

Eduardo quer o mesmo time jogando da mesma forma como fez em Caruaru, até porque os próximos compromissos, daqui por diante, serão bem mais complicados. Na quarta (6), o Sport enfrenta a Chapecoense, na segunda fase da Copa do Brasil. No domingo (10), o time inicia a caminhada no Brasileirão, diante do Figueirense, na Ilha.

“O time fez o primeiro jogo bom e vamos fazer o segundo para recuperar a autoestima. A orientação é para trabalharem, fazerem os gols e confirmar a vaga na Copa do Nordeste”, disse.

Sobre a Chapecoense, Eduardo lembrou que é um time com alguns jogadores já conhecidos do Leão, como os atacantes Roger e Ananias, além do meia Camilo e o volante Elicarlos. “É um time que vem se preparando há 15 dias e vem sedento para esse jogo. É de primeira divisão e uma demonstração do que vamos enfrentar lá na frente”, comentou.

CENTRAL
A Patativa vem ao Recife definida. E a única mudança é a volta do zagueiro André Lima, recuperado de contusão. O técnico Humberto Santos acertou a permanência para a disputa da Série D.

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê (Danilo); Rithely, Wendel (Mancha), Diego Souza e Élber; Felipe Azevedo e Joelinton (Samuel). Técnico: Eduardo Baptista

Central: Beto; Fabinho, Sinval, André Lima e Jaílton; Natan, Jucemar Gaúcho, Luiz Fernando e Juninho Silva; Candinho e Roger. Técnico: Humberto Santos.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 16h. Árbitro: Giorgio Wilton. Assistentes: Francisco Bezerra e Bruno Vieira. Ingressos: R$ 10 (sócio), R$ 30 (arquibancada) R$ 40 (cadeira) e R$ 50 (camarote).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *