Vettel desbanca os carros da Mercedes em Cingapura

Por 

Em uma corrida extremamente difícil para os pilotos e na qual exige bastante dos carros que formam o grid, os fãs da categoria, que compareceram em um bom número no circuito de Cingapura, observaram o carro vermelho da Ferrari passear no traçado de Marian Bay como uma verdadeira Mercedes nos tempos de hoje. Mesmo em uma prova monótona, conseguiu impor todo o ritmo da corrida, além de não ser ameaçado por nenhum outro piloto durante os 61 giros. Mesmo com o carro de segurança passando por duas vezes durante a etapa.

Vettel vence em Marina Bay com extrema facilidade

Vettel vence em Marina Bay com extrema facilidade

Com todos os números a favor do piloto da escuderia italiana não poderia ser diferente e além de sair na pole, Sebastian Vettel somou a 42ª vitória na carreira em Cingapura. Superando o mítico Ayrton Senna em número de vitórias. Com isso, Seb encosta de vez na briga pelo vice-campeonato. Fora, que já pode voltar a sonhar com título da temporada.

Na segunda colocação cruzou o carro da Red Bull guiado por Daniel Ricciardo. O último pódio do piloto foi um terceiro lugar no GP da Bélgica deste ano. Fechando o terceiro degrau no pódio veio Kimi Raikkonen com o outro carro da Ferrari. Que por sinal, fez uma ótima corrida andando sempre muito próximo dos ponteiros.

Nico Rosberg foi o único que salvou a Mercedes de um vexame maior em Cingapura. Em um final de semana que nada funcionou na esquadra alemã, Rosberg terminou em Marina Bay na quarta posição. Hamilton anotou seu primeiro abandou na temporada.

Valtteri Bottas finalizou a etapa na quinta posição. Em sexto, cruzou Daniil Kvyat. O mexicano, Sergio Pérez, terminou a etapa na sétima colocação. O oitavo carro a cruzar a linha de chegada foi de Max Verstappen. Sainz Jr terminou a prova em nono.

O brasileiro Felipe Nasr conseguiu desenvolver uma boa corrida com o bólido da Sauber. Com um carro equilibrado em mãos, o brasiliense, que finalizou a corrida em décimo, voltou a pontuar na temporada. Já Felipe Massa, com problemas no câmbio da sua Williams, foi obrigado a abandonar prematuramente a prova.

Cingapura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *