Apesar das várias oportunidades criadas, Santa e Inter não saem do 0x0

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Em um jogo franco e com muita emoção, Santa Cruz e Internacional não aproveitaram as várias oportunidades criadas e não saíram do 0x0, na noite desta quarta-feira (1º), no Arruda, na partida de ida entre as duas equipes pela segunda fase da Copa do Brasil. O resultado, se não foi excelente, dada as várias chances de gols desperdiçadas pelo Tricolor, pode ser considerado bom, já que o Santa não levou gols em casa. Na partida de volta, em Caxias de Sul, no dia 15 de maio, basta ao time coral empatar com gols que estará classificado para a terceira fase. Quem vencer avança na competição.

O jogo foi marcado por dois tempos distintos. No primeiro, o santa não se intimidou com o poderio do Internacional e partiu para cima. Usando a velocidade de Flávio Caça-Rato e a inteligência de Raul. Muitas vezes, entretanto,a pontaria não estava calibrada. Em outras oportunidades, o goleiro Muriel fazia boas defesas e garantia o placar. O Inter chegava de forma esporádica, mas encontrava a defesa do Santa sempre atenta para afastar o perigo.

No segundo tempo, o jogo mudou de figura. O Inter melhorou consideravelmente e passou a chegar mais à meta de Tiago Cardoso. Já o Santa, que não tinha mais Raul, substituído, não conseguia manter o mesmo ritmo da etapa inicial. Com isso, o time gaúcho passou a ter mais domínio de bola no campo tricolor e a chegar com mais perigo. Usando a qualidade dos atacantes Forlán e Leandro Damião. Em uma das oportunidades, colocou a bola na trave. As duas equipes continuaram criando oportunidades, mas o placar terminou mesmo no 0x0.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Éverton Sena, Renan Fonseca, William Alves e Tiago Costa (Nininho); Anderson Pedra, Sandro Manoel, Renatinho e Raul (Danilo Santos); Flávio Caça-Rato (Caio Tavera) e Dênis Marques. Técnico: Marcelo Martelotte.

Internacional: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Airton, William, Fred e Vitor Júnior (Otávio); Forlán (Caio) e Damião. Técnico: Dunga

Árbitro: Arílson Bispo da Anunciação. Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira e Adson Marcio Lopes Leal; Cartões amarelos: Fred, Rodrigo Moledo, Aírton, Gabriel e Vitor Júnior (Inter); Tiago Costa, Anderson Pedra (Santa Cruz); Público: 15.072; Renda: R$184.630

Jconline

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.