As meninas da Acadêmica Vitória golearam o time da Polícia Militar por 34×0

As maiores goleadas da história do futebol.

AS Adema 149 x 0 SOE, pelo campeonato de Madagascar, em 2002.*

Arbroath 36 x 0 Bon Accord, pela Copa da Escócia de 1885, na maior goleada reconhecida no futebol.

Austrália 31 x 0 Samoa Americana, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. Recorde em jogos oficiais entre seleções.

Botafogo 24 x 0 Mangueira, no campeonato carioca de 1909. A maior diferença de gols em uma partida masculina no Brasil.

Náutico 21 x 3 Flamengo do Recife, no campeonato pernambucano de 1945. A maior goleada num jogo profissional em Pernambuco.

Pernambucano Feminino 2013: Vitória 34x0 PM. Foto: Luciano Abreu/Vitória

Dinamarca 17 x 1 França, em 1908. A maior goleada em uma Olimpíada.

Argentina 12 x 0 Equador, em 1942, no maior massacre na Copa América.

Peñarol 11 x 2 Valence da Venezuela, em 1970. O maior triunfo em um jogo válido pela Taça Libertadores da América.

Hungria 10 x 1 El Salvador, em 1982, o recorde em uma Copa do Mundo.

Corinthians 10 x 1 Tiradentes, em 1983, no maior placar pelo Brasileirão..

* Uma ressalva sobre a goleada. Todos os gols foram anotados pelos próprios jogadores do SOE, revoltados com a arbitagem da liga. Ou seja, só gol contra supergoleada.

Agora, o recorde feminino. No Carneirão, as meninas da Acadêmica Vitória golearam o time da Polícia Militar no campeonato estadual da categoria por incríveis 34 x 0, com catorze tentos de Carol Baiana. Foi a maior goleada já registrada em uma partida oficial no país, masculino ou feminino.

Um gol a cada 2 minutos e 38 segundos…

O futebol femino ainda capenga no país, devido à falta de investimentos, e uma goleada deste tamanho até impressiona, mas mostra também o desnível técnico. Fisicamente, o time da PM não parecia muito bem preparado….

Pernambucano Feminino 2013: Vitória 34x0 PM. Foto: Luciano Abreu/Vitória

Fonte: Cassio Zirpoli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.