Atlético-MG perde por 2 a 0 e se complica na semifinal

Em uma das partidas mais importantes de sua história, o Atlético Mineiro começou nesta quarta-feira (3) a decidir com o Newell’s Old Boys uma vaga na final da Copa Libertadores. Jogando em Rosario, na Argentina, os mineiros foram derrotados por 2 a 0 e agora precisam de uma vitória por três ou mais gols de diferença para conseguir a sonhada vaga na decisão. A partida de volta será disputada na quarta da semana que vem, no estádio Independência, em Belo Horizonte.
No começo do jogo, o Newell’s Old Boys tentou pressionar, mas esbarrava na forte marcação atleticana. Marcando a saída de bola argentina, o Atlético deixava o rival com maior posse de bola no primeiro tempo, mas isso não era traduzido em objetividade.
A melhor chance argentina foi aos 26 minutos. O atacante Scocco girou dentro da área e bateu firme para ótima defesa de Victor, que mandou para escanteio. Pelo lado do Atlético, o time desperdiçou uma chance clara: em um rápido contra-ataque, Ronaldinho Gaúcho deixou Bernard livre. Ele tentou driblar Guzmán na corrida, mas o goleiro tocou na bola e impediu o gol.
Na volta do intervalo, o Atlético até teve uma grande chance com Ronaldinho Gaúcho, logo no primeiro minuto, mas a pressão foi toda do Newell´s Old Boys. Aos 11, Maxi Rodríguez quase marcou um chute de bico no canto esquerdo, em que Victor conseguiu fazer a defesa. Aos 15, saiu o gol argentino: após jogada pela direita, o mesmo Maxi Rodríguez cabeceou sem marcação, de dentro da área, no canto esquerdo do gol.
Com a vantagem, o Newell´s Old Boys não recuou e buscou mais gols para ter boa vantagem no jogo da volta. Aos 28 minutos, o time argentino quase marcou em uma jogada em que a bola primeiro bateu na trave direita de Victor e, no rebote, Rafael Marques tirou em cima da linha. No minuto seguinte, foi o Atlético que quase empatou. O gol de Jô até saiu, mas o árbitro marcou o impedimento do atacante na jogada.
Como castigo para o time mineiro, o Newell´s Old Boys conseguiu o segundo gol. Aos 35 minutos, Scocco bateu muito bem uma falta da intermediaria, com a bola passando pelo lado de fora da barreira e entrando no canto esquerdo baixo de Victor. Vantagem importante para a partida de volta, em Belo Horizonte.

Fonte: Agência Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.