Brasil x Chile – A última chance antes de valer, Felipão!

Belo Horizonte, MG, 23 (AFI) – A partir deste jogo, não tem mais o que experimentar. Nesta quarta-feira, às 21h50, o Brasil enfrenta o Chile, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, como último teste antes da convocação final e da preparação para a Copa das Confederações.

Assim como no duelo contra a Bolívia no início deste mês, Felipão chamou apenas jogadores que atuam no futebol brasileiro e assim como na goleada contra os vizinhos, o técnico chamou apenas jogadores do futebol brasileiro, que devem apenas complementar a base dos “internacionais”

Mistério
O técnico Luiz Felipe Scolari preferiu fazer mistério e não antecipar o time que vai entrar em campo. O treinador alegou, ironicamente, que algum atleta pode ter dor de barriga na véspera da partida “aí vocês (jornalistas) falam que eu barrei”. Nas posições em que há disputa por posições.

Felipão só antecipou o escolhido em duas. Jean será o lateral-direito, deixando Marcos Rocha no banco de reservas, e no gol outro jogador tricolor foi escolhido: Diego Cavalieri, que disputava posição com Jefferson. A grande dúvida, assim, fica no ataque: Leandro Damião ou Alexandre Pato

Vargas e mais dez
O técnico chileno Jorge Sampaoli desembarcou no Brasil tentando deixar um boa impressão. O time ocupa o quarto lugar nas eliminatórias sul-americanas e ainda tenta encontrar um padrão de jogo depois da entrada do novo técnico.

Um dos jogadores mais importantes no esquema tático do treinador é Vargas, atacante do Grêmio. Titular absoluto do time chileno, ele é a principal arma chilena para surpreender e sair com um bom resultado, estragando a festa e os planos da Seleção Brasileira.

Ficha Técnica
Brasil x Chile

Brasil
Diego Cavalieri;
Jean, Dedé, Réver e André Santos;
Fernando, Paulinho, Jadson e Ronaldinho Gaúcho;
Neymar e Leandro Damião (Alexandre Pato)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Chile
Johnny Herrera;
José Rojas, Marcos González, Cristian Álvarez e Eugênio Mena;
Lorenzo Reyes, Fernando Meneses, Leal e Albert Acevedo;
Vargas e Carlos Muñoz

Técnico: Jorge Sampaioli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.