Campeonato Brasileiro Série A

Fifa ‘reconhece’ título mundial do Palmeiras ao publicar entrevista com Rony

Por Terra.com

Na véspera da estreia do Palmeiras no Mundial de Clubes, a Fifa reacendeu velha polêmica sobre o status do torneio internacional vencido pelo time paulista em 1951, que é considerado um título mundial pelos palmeirenses. Nesta segunda-feira, em uma entrevista com o meia Rony, a entidade classificou o time como “campeão mundial”.

A frase consta no site oficial da Fifa e abre a oitava pergunta da entrevista com Rony, publicada em inglês. “Palmeiras e Corinthians foram campeões mundiais uma vez cada. A oportunidade de superar seu maior rival (em número de títulos) te dá uma motivação extra?”, questiona a entidade, na entrevista. Entenda a polêmica da conquista de 1951.

Trecho da entrevista de Rony no qual a Fifa cita o Palmeiras como campeão mundial

A pergunta, contudo, se torna muito mais importante que a resposta do palmeirense por praticamente corroborar antiga busca do clube alviverde pelo reconhecimento oficial da Fifa pelo título de 1951. Aquele torneio contava com os melhores clubes do mundo naquele momento, todos campeões nacionais: Juventus (Itália), Sporting (Portugal), Nice (França), Áustria Viena (Áustria), Nacional (Uruguai) e Estrela Vermelha (Sérvia).

Vencedor da competição, chamada Copa Rio, o Palmeiras sempre insistiu que o título tinha status de mundial. Na época, não havia torneios com essa abordagem, caso da Copa Intercontinental ou do Mundial atual, disputado em 2000 e desde 2005 anualmente.

A frase da Fifa na entrevista é mais um capítulo das idas e vindas desta busca do Palmeiras pelo reconhecimento oficial. Em outros momentos, a Fifa flertou com essa oficialização, mas nunca o fez de fato. O título de 1951 não aparece em nenhuma lista oficial da entidade, tanto no site quanto em suas publicações.

Um dos capítulos desta “novela” aconteceu em 2007, quando o Palmeiras fez o pedido oficial, com longo dossiê explicando a importância e o status informal do torneio de 1951 à Fifa. Na ocasião, o então secretário-geral Urs Linsi enviou o famoso fax em que concordava com a demanda e até atendia ao pedido. A oficialização, contudo, não veio.

Anos depois, em 2014, no calor das vésperas da Copa do Mundo do Brasil, o palmeirense Aldo Rebello, então ministro do Esporte, fez o pedido diretamente ao então secretário-geral Jérôme Valcke, que novamente respondia positivamente à demanda do Palmeiras, desta vez por e-mail. Na prática, nada mudou.

A situação piorou em 2017, quando a Fifa andou na contramão de suas declarações feitas em fax e e-mail. A entidade reconheceu publicamente como campeões mundiais os times que venceram a antiga Copa Intercontinental, também chamada de Mundial Interclubes. O torneio foi disputado entre 1960 a 2004 entre o vencedor da Copa Libertadores e o campeão europeu.

Internacional vence, afunda o Sport e sobe na classificação do Brasileiro

SPORT 0 x 1 INTERNACIONAL

SPORT
Maílson; Hayner, Sabino (Paulinho Moccelin), Rafael Thyere, Chico e Sander; Marcão Silva, José Welison (Tréllez) e Everton Felipe (Everaldo); André (Thiago Neves) e Mikael
Técnico: Gustavo Florentín
INTERNACIONAL
Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Maurício (Johnny), Patrick e Caio Vidal (Paolo Guerrero); Yuri Alberto (Heitor)
Técnico: Diego Aguirre
Local: Ilha do Retiro, em Recife
Data: 13 de setembro de 2021, segunda-feira
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Cartões amarelos: Sander, André, Hayner e Marcão Silva (Sport); Yuri Alberto (Internacional)
GOL: Patrick, aos 3min do 1ºT

Sport vence Santos em Recife, mas amarga o seu quinto rebaixamento no Brasileirão

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 X 1 SANTOS

SPORT – Maílson; Andrigo, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Marcão Silva, Fellipe Bastos (Marlone), Neto Moura (Rogério), Gabriel e Mateus Gonçalves; Matheus Peixoto (Hernane). Técnico: Milton Mendes.

SANTOS – Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Copete; Guilherme Nunes (Yuri), Diego Pituca (Eduardo Sasha) e Jean Mota (Lucas Lourenço); Arthur Gomes, Felippe Cardoso e Rodrygo. Técnico: Cuca.

GOLS – Rogério, aos 36, Hernane, aos 46, e Rodrygo, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa/SP).

CARTÕES AMARELOS – Andrigo, Adryelson e Rogério (Sport); Yuri (Santos).

PÚBLICO – 23.451 torcedores.

RENDA – Não disponível.

LOCAL – Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Sem chance de queda na rodada, Sport visita São Paulo e faz contas para se livrar da degola

Ficha do jogo

São Paulo

Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Liziero e Nenê; Everton, Helinho e Diego Souza. Técnico: André Jardine

Sport

Mailson; Cláudio Winck, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Marcão, Jair, Gabriel, Andrigo (Marlone ou Matheus Peixoto) e Mateus Gonçalves; Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes
Local: estádio do Morumbi (São Paulo)
Horário: 19h (do Recife)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Após início desastroso, Sport perde da Chapecoense e volta para zona de queda

Ficha do jogo

Chapecoense 2

Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Alan Ruschel (Roberto); Amaral, Márcio Araújo, Canteros e Diego Torres (Elicarlos); Wellington Paulista e Leandro Pereira (Bruno Silva). Técnico: Claudinei Oliveira

Sport 1

Mailson; Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando; Cláudio Winck (Andrigo), Marcão (Matheus Peixoto), Jair, Mateus Gonçalves (Marlone), Gabriel e  Michel Bastos; Hernane Brocador. Técnico: Milton Mendes
Local: Arena Condá (Chapecó)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO/Fifa) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Gols: Leandro Pereira (3min e 7min do 1ºT); Michel Bastos (22min do 2ºT)
Cartões amarelos: Diego Torres, Alan Ruschel (C)

Sem produção ofensiva, Sport não aproveita expulsão de rival e perde do Flamengo

Ficha do jogo

Sport 0

Mailson; Cláudio Winck, Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando; Marcão (Fellipe Bastos), Jair, Gabriel, Michel Bastos (Matheus Peixoto) e Mateus Gonçalves; Hernane Brocador (Marlone). Técnico: Milton Mendes

Flamengo 1

César; Léo Duarte, Rhodolfo, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Geuvânio (Everton Ribeiro), Lucas Paquetá e Vitinho (Piris); Henrique Dourado (Berrío). Técnico: Dorival Júnior
Local: Ilha do Retiro (Recife)
Árbitro: Raphael Claus (SP/Fifa)
Assistentes: Danilo Manis (SP/Fifa) e Rogério Zanardo (SP)
Gols: Willian Arão (36min do 2ºT)
Cartões amarelos: Cláudio Winck (S); Lucas Paquetá (F)
Cartão vermelho: Lucas Paquetá (F)
Público: 26.005 pessoas
Renda: R$ 283.760,00

Sport recebe Flamengo e tenta alcançar melhor série invicta para se afastar do rebaixamento

Ficha do jogo

Sport

Mailson; Cláudio Winck, Adryelson, Ronaldo Alves e Ernando (Andrigo); Marcão, Jair, Gabriel, Michel Bastos e Mateus Gonçalves; Hernane Brocador. Técnico: Milton Mendes

Flamengo

César; Kleber, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Vitinho; Fernando Uribe. Técnico: Dorival Júnior
Local: Ilha do Retiro (Recife)
Data: 18/11/2018 (domingo)
Horário: 16h (do Recife)
Árbitro: Raphael Claus (SP/Fifa)
Assistentes: Danilo Manis (SP/Fifa) e Rogério Zanardo (SP)
Ingressos: R$ 5 (sócios para arquibancada sede e frontal; proprietário e sócio para camarote, cadeira, assento especial e ampliação; conselheiro); R$ 10 arquibancada sede e frontal; visitante); R$ 30 (sócio cadeira ampliação); R$ 40 (proprietário camarote, cadeira central, assento especial e ampliação); R$ 60 (assento especial e ampliação para não-sócio); R$ 80 (cadeira central para não-sócio)

Em jogo decisivo, Sport empata em 0 a 0 com Vitória e se mantém perto da zona de queda

Ficha do jogo

Sport 0

Mailson; Andrigo, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Marcão, Jair (Morato),  Rogério (Rafael Marques), Michel Bastos e Mateus Gonçalves; Hernane Brocador (Fellipe Bastos). Técnico: Milton Mendes

Vitória 0

João Gabriel; Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Benítez; Willian Farias, Arouca (Rhayner), Erick, Léo Gomes e Lucas Fernandes (Neilton); André Lima (Eron). Técnico: João Burse
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Rafael da Silva Alves (RS)
Cartões amarelos: Adryelson, Raul Prata, Rafael Marques, Andrigo (S); Léo Gomes, Benítez, Ramon, Jeferson (V)
Público: 22.652 pessoas
Renda: R$ 214.425,00

Sport empata sem gols com Fluminense no Maracanã e encerra rodada fora do Z4

Ficha do jogo

Fluminense 0
Júlio César; Igor Julião, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson e Marcos Júnior (Cabezas); Júnior Dutra (Daniel), Everaldo (Matheus Alessandro) e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira.
Sport 0
Mailson; Cláudio Winck, Ernando, Adryelson e Raul Prata; Marcão, Jair e Michel Bastos; Gabriel (Neto Moura), Hernane (Andrigo) e Mateus Gonçalves (Rogério). Técnico: Milton Mendes.
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti (Fifa/SP)
Cartões amarelos: Gabriel e Cláudio Winck (S)
Público: 12.256 pessoas
Renda: R$ 85.355

Na Ilha, Sport bate Ceará por 1 a 0, engata sequência inédita e deixa zona de rebaixamento

Ficha do jogo

Sport 1

Mailson; Cláudio Winck, Ernando, Adryelson e Raul Prata (Ronaldo Alves); Marcão, Jair, Gabriel (Fellipe Bastos), Michel Bastos e Mateus Gonçalves; Hernane Brocador (Rogério). Técnico: Milton Mendes.

Ceará 0

Everson; Fabinho, Luiz Otávio, Tiago Alves e Felipe Jonantan; Juninho, Pedro Ken (Felipe Azevedo), Leandro Carvalho, Ricardinho (Eder Luis) e Calyson (Cardona); Arthur. Técnico: Lisca
Local: Ilha do Retiro (Recife)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Rafael da Silva Alves (RS)
Gol: Gabriel (7min do 2ºT)
Cartões amarelos: Ernando, Marcão (S);  Pedro Ken, Leandro Carvalho, Cardona (C)
Público: 25.002 pessoas
Renda: R$ 265.185,00