Com mudanças, sub-20 faz jogo de vida ou morte contra Venezuela

Émerson Ávila conversa com a equipe titular no treino desta terça-feira, na Argentina (Foto: Marcelo Baltar )

Em um campeonato longo, que para ser campeão são necessárias nove partidas, ninguém imaginava que a seleção brasileira sub-20 entrasse na terceira rodada do Sul-Americano para fazer um jogo de vida ou morte. Nesta quarta-feira, a garotada entra em campo, às 21h (de Brasília), no Estádio Bicentenário, em San Juan, na Argentina, pressionada contra a Venezuela. Um novo tropeço pode custar uma vaga na fase final e causar a eliminação precoce do torneio.

A situação do Brasil é delicada, mas vitórias diante Venezuela e Peru asseguram a vaga no hexagonal final. Uma derrota nesta quarta-feira, entretanto, pode ser fatal, caso o haja um vencedor no confronto entre Peru e Equador. Caso a Seleção perca, apenas um empate nesse jogo, que acontece às 23h (de Brasília), manteria os brasileiros com chances de classificação

Ciente de que o Brasil ainda não apresentou seu melhor futebol em San Juan, o técnico Émerson Ávila arregaçou as mangas e mudou quase meio time. De uma só vez, trocou Wallace, Fred, Adryan e Mattheus por Igor Julião, Felipe Anderson, Bruno Mendes e Rafinha Alcântara. Com isso, a Seleção passa a ter dois homens de referência no ataque, com Bruno e Ademílson.

Rafinha Alcântara, Seleção Sub-20 (Foto: Marcelo Baltar)
Rafinha Alcântara será titular da seleção brasileira
sub-20 (Foto: Marcelo Baltar)

O meia do Barcelona, filho do campeão da Copa de 1994 Mazinho, fará sua estreia como titular com a camisa da seleção brasileira. Destaque nos treinos em San Juan, o camisa 20 não vê a hora de entrar em campo.

– Queremos que o jogo aconteça logo para podermos dar a cara e mostrar o que é a seleção brasileira. Descansamos e queremos chegar voando contra a Venezuela – disse Rafinha, que tem mostrado muita vontade de jogar.

Felipe Anderson, que começou o torneio como titular, está de volta ao time. Na defesa, Igor Julião, que entrou bem no segundo tempo contra o Uruguai, terá sua primeira chance desde o início.

Sem mistério e com a escalação confirmada, o Brasil entrará em campo com Luiz Gustavo; Igor Julião, Luan, Dória e Mansur; Misael, Lucas Cândido, Rafinha Alcântara e Felipe Anderson; Bruno Mendes e Ademílson.

Embora entre em campo como favorito, o Brasil não espera um jogo fácil. A Venezuela já não é mais o antigo “saco de pancadas” do futebol sul-americano e vem provando isso nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, onde é a quarta colocada, na zona de classificação para o Mundial.

No Sul-Americano sub-20, os venezuelanos estrearam com vitória por 1 a 0 sobre o Equador, mas foram derrotados pelo Peru na última rodada pelo mesmo placar.

BRASIL X VENEZUELA
Luiz Gustavo; Igor Julião, Luan, Dória e Mansur; Misael, Lucas Cândido, Rafinha Alcântara e Felipe Anderson; Bruno Mendes e Ademílson. José Contreras; Angel, Peranza, Vicotr Sifontes e Leonardo Terán; Hernadéz. José Peraza, Renzo Zambrana e Darwin Machis; Arteaga e Josef Martínez
Técnico: Émerson Ávila Técnico: Marco Mathías
Data: 16/01/2013 / Local: Estádio Bicentenário
Árbitro: Raul Orosco (BOL) Assistentes: WIlmar Navarro (COL) e José Buitrago (COL)
Transmissão: O GLOBOESPORTE.COM acomapnha em Tempo Real, com vídeos, enquanto o SporTV transmite o jogo ao vivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.