Com perfil diferente de Daniel Freitas, Lúcio Surubim assume cargo no Náutico

Foram 18 anos afastado do Náutico. Lúcio Surubim voltou ao clube pelo qual passou a maior parte da carreira, agora para um cargo diretivo. Como gerente de futebol, ele vai ser o elo entre a diretoria e o elenco. Promete ficar 24 horas à disposição de qualquer jogador. Garantiu, também, que sua missão primordial será dar atenção às categorias de base.

Lúcio Surubim chega para o cargo que pertenceu a Daniel Freitas. O ex-gerente de futebol não teve uma passagem positiva pelos Aflitos. Acabou demitido há pouco mais de um mês, após ser enfraquecido pela formação do numeroso colegiado de futebol. Deixou a função sob críticas, principalmente, sobre o relacionado com o grupo e funcionários do clube. Por sua vez, saiu reclamando da falta de estrutura do Náutico.

O novo gerente de futebol chega cheio de planos. E nas mais diversas áreas. Se preocupa desde o bem estar dos jogadores até com os programas de sócios do clube. Quer assegurar um bom relacionamento com a imprensa, da qual, por sinal, fazia parte antes de aceitar “mudar de lado”: Lúcio era comentarista da Rede Globo. Além disso, também é dentista, atuando em plantões. Para assumir a nova função no Náutico, largou tudo. “Vou me dedicar 24 horas por dia”, garantiu.

A atenção às categorias de base são a prioridade de Lúcio como gerente, mas, com a situação complicada do time, ele revelou que, inicialmente, vai conversar muito com o grupo de jogadores. Quer saber o que está de errado e porque alguns não estão rendendo o esperado. “Já falei com eles, na primeira conversa que tivemos. Estou disposição deles para o que precisarem. Problemas pessoais, familiares, de posicionamento, com o treinador”, contou.

Ainda sobre a questão da base, Lúcio tem um planejamento bem direto. “Quero que, daqui para frente, o Náutico revele, por ano, dois jogadores das categorias de base para o profissional. Para isso vamos acompanhar de perto todo o trabalho. A cobrança vai ser feita, porque o trabalho tem quer bem executado. Não vamos, também, levar qualquer jogador. Vai ter que passar por uma avaliação cuidadosa”, afirmou o agora dirigente.

Alexandre Barbosa – Diario de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.