Em duelo de lanternas, Náutico recebe São Paulo

O Náutico vai enfrentar, às 21h desta terça-feira, na Arena Pernambuco, o vice-lanterna da Série A em duelo adiado da 10ª rodada. Deslocada do contexto, a afirmação anterior parece sugerir um jogo fácil para o Timbu. Mas, nos termos reais, sabe-se que vai ser pedreira: o penúltimo colocado em questão é o poderoso São Paulo – e o próprio alvirrubro é o único time que está atrás dele na tabela de classificação. É mais um confronto dificílimo, portanto.

O JOGO – O treinador Jorginho sabe disso – e, em entrevista coletiva após o último treino, confessou que o time não condições de jogar de igual para o igual diante do São Paulo. Por isso, embora tenha feito mistério na escalação, deve usar uma formação mais defensiva do que nos últimos jogos. “Que a torcida cotninue acreditando. Se for para jogar por uma bola, vamos jogar por uma bola. Vai ser com três homens para marcar, dois meias e um atcante? Pode ser”, falou Jorginho.

Na última movimentação, pré-jogo ele fez uma mudança praticamente certa no time. O zagueiro João Filipe – que tem vínculo com o São Paulo- não poderá atuar. William Alves entra em seu lugar. Nos demais setores, há especulação demais para certezas de menos. No meio-de-campo, por exemplo, há algumas opções. Jorginho pode escalar três volantes: Elicarlos, Martinez e Helder. O garoto da base foi elogiado pelot  treinador e pode ganhar uma chance. Caso entrem os três, provavelmente só terá um meia: Tiago Real ou Diego Morales. No caso de ele optar por três volantes, dois meias e um atacante, três homens de frente disputam: Rogério, Olivera ou Jones Carioca.

Independentemente da escalação, os jogadores do Náutico sabem que é necessário lutar. O próprio treinador Jorginho falou que o time está em má situação – mas que precisa ir até o fim. “Que a torcida continue acreditando. A chance de cair é grande, mas, guardadas as  devidas proporções em elenco e em jogadores, o Fluminense estava com 99,9% de chances de cair, mas acabou escapando”, declarou.

O ADVERSÁRIO – Depois de passar longas rodadas sem pontuar, o São Paulo apresentou melhora de rendimento nos últimos jogos. Já se distanciou um pouco do Náutico e passa a focar, agora, na saída da zona do rebaixamento. Eles encaram esse jogo contra o Timbu , portanto, como fundamental para a sequência do time no campeonato.

Para estar partida, o técnico Paulo Autuori tem um retorno importante: o atacante Luis Fabiano volta de suspensão e está à disposição para atuar. Deve ser o centroavante único da equipe – com Oswaldo e Lucas Evangelista trabalhando pela beirada do campo. Paulo Henrique Ganso será o único armador do time, uma vez que o outro meia, Jadson, suspenso pelo terceiro amarelo.

Ficha do Jogo

Náutico: Ricardo Berna; Auremir, William Alves, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Tiago Real (Helder) e Diego Morales; Rogério e Olivera (Jones Carioca). Técnico: Jorginho

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas; Rodrigo Caio,  Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Fabrício e  Paulo Henrique Ganso; Lucas Evangelista, Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Paulo Autuori

Local: Arena Pernambuco; Horário: 21h; Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS); Assistentes: Marcelo Bertanha Barison (RS)  e Ivan Carlos Bohn (PR)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.