Em jogo de um tempo,Vitória e Vera Cruz não saem do 0×0 em Vitória-PE

O Clássico VI-VER começou eletrizante no Carneirão está tarde e logo aos 10 minutos, depois de uma bela jogada do meia Alexandre dentro da área, foi puxado pelo volante Wanberson e Cláudio Mercante marcou penalti em cima do lance. A cobrança foi realizada pela atacante Alan Rocha e desperdiçada em grande defesa do goleiro Andrei do Vera Cruz no canto esquerdo.

A resposta do Galo veio aos 15 minutos em belo lançamento do Nenen para o meia Júnior que a cara a cara com a meta,fez Preto realizar uma grande defesa, salvando o tricolor das tabocas. De fora da área o volante Nenen acertou uma bomba de fora da área na trave do Goleiro Preto ajustando a torcida do Taboquito.

Aos 38 minutos o atacante Felipe Souza arriscou de fora e bateu na rede pelo lado de fora.

No segundo tempo só teve um lampejo do Vera Cruz com o lateral direto Diego que fez o goleiro Preto realizar uma excelente defesa,salvando o Vitória da derrota.

Fim de jogo: 0×0.

O Vera Cruz volta a campo na próxima quarta-feira (28),diante da Cabense às 15h no Carneirão.
Já o Vitória, jogará também na quarta-feira, às 20h, contra o Timbaúba, fora de casa.

Vitória:

Preto;Escuro,Cláudio,Bruno Recife,Jefinho(Michael);Sinho,Fabinho vitória,Alexandre,Cris(Henrique); Felipe Souza e Alan Rocha(Carlos Henrique).

Técnico: Maurílio Silva

Vera Cruz:

Andrei; Diego,Ulisses,Bruno Carioca,Geovane; Léo Carioca,Wanberson,Nenen,Júnior(Ricardinho); Neto(Wallason) e Alemão(Luiz Cláudio).

Técnico: Gabriel Lisboa

Cartões amarelos: Fabinho,Alexandre,Felipe Souza(Vitoria) e Léo Carioca,Wanberson,Nenen(Vera Cruz).

Publico: 1.205  Renda: 4.940

Arbitragem: Cláudio Mercante; Charles Rosas e Ricardo Chianca.

Por Berg Araújo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.