Na contagem regressiva pelo acesso, Sport é superior e vence o São Caetano na Ilha

Daniel Leal – Diario de Pernambuco

Se as estatísticas não pregarem nenhuma peça, pode-se afirmar que agora só faltam mais três vitórias para o Sport garantir o retorno para a Série A em 2014. Empurrado por quase 24 mil torcedores que foram à Ilha do Retiro na tarde deste sábado, o Leão venceu o vice-lanterna São Caetano com propriedade, por 3 a 0, com dois gols de Neto Baiano e um de Marcos Aurélio. Agora, o Sport chegou aos 56 pontos e se isolou na terceira posição da Série B. Foi a 18ª vitória do Sport na Série B, a 12ª jogando sob seus domínios.

Com isso, o Leão garantiu mais uma rodada no G4, já que poderá ser até alcançado pelo 5º colocado em número de pontos, mas não em número de vitórias. No próximo sábado, a equipe vai a Fortaleza enfrentar o Ceará – time que soma 50 pontos e também está diretamente na luta pelo acesso. Em seguida, os quatro últimos adversários do Sport serão, na sequência: Atlético-GO (F), Paraná (C), Boa Esporte (F), e Paysandu (C).

O jogo

Desde os primeiros minutos de jogo, o Sport foi superior ao adversário. Com mais posse de bola, maior volume de jogo, porém poucas finalizações de perigo. Na primeira delas, o gol. Aos 17, Marcos Aurélio achou Neto Baiano na área, que dominou bonito a bola no peito e mandou uma bomba de pé esquerdo para as redes. Era o alívio que o time precisava para jogar ainda mais solto.

Em toda a primeira etapa, o São Caetano só chegou com perigo uma única vez. Logo após o gol rubro-negro, um vacilo da defesa. Samuel entrou sozinho pela direita e bateu cruzado. Cassiano furou e perdeu um gol incrível. Depois disso, com o adversário mais aberto na defesa, o Leão perdeu um festival de oportunidades, com Lucas Lima, Felipe Azevedo e Marcos Aurélio – cada um com pelo menos uma chance cada.

São Magrão
No segundo tempo, em um momento crucial da partida, quando o Sport ainda vencia o jogo pelo placar mínimo, Magrão salvou o Sport – sobretudo nos primeiros minutos. Aos 3, Marcelo Soares aproveitou falha de Aílson e por muito pouco não acerta o ângulo. Aos 6, um milagre do goleiro rubro-negro. Éder recebeu a bola na pequena área e mandou uma bomba, que Magrão salvou com os pés. Na jogada seguinte, o goleiro salvou de novo o time saindo de carrinho fora da área, para o delírio da torcida.

Quando parecia que o Azulão estava mais perto do empate, Neto Baiano, que vinha errando tudo, fez o segundo dele, em uma bela cabeçada, após cruzamento de Patric, aos 10 minutos. Após o gol, o Sport seguiu pressionando em busca de uma goleada. Patric e Lucas ainda chegaram com perigo, mas o último gol do Sport só saiu nos descontos da partida. Com um chute fora da área, Marcos Aurélio fechou o placar em um justo 3 a 0 para o Leão.

Ficha do jogo
Sport 2
Magrão; Patric, Aílson, Toby e Marcelo Cordeiro (Pery); Anderson Pedra, Rithely e Lucas Lima; Marcos Aurélio, Felipe Azevedo (Sandrinho) e Neto Baiano (Pereira). Técnico: Geninho.

São Caetano 0
Rafael Santos, Samuel Xavier, Wágner (Danilo Bueno), Luís Eduardo e Fernandinho; Fabinho, Leandro, Wagner Carioca e Éder (Anselmo); Marcelo Soares e Cassiano Bodini (Paulo Henrique). Técnico: Pintado.

Local:Estádio da Ilha do Retiro, no Recife.
Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES).
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Jose Eduardo Calza (RS).
Gols: Neto Baiano (aos 17 min do 1ºT e aos 10 min do 2ºT) e Marcos Aurélio (aos 46 min do 2º T) (S) Cartões amarelos: Felipe Azevedo, Toby (S) Wágner, Cassiano Bodini (SC). Público: 23.912. Renda:R$ 354.935

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.