Nadal bate Ferrer e é octocampeão em final com protesto

Nadal tornou-se o primeiro a conquistar o mesmo torneio de Grand Slam por oito vezes em simples na Era Aberta

Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP

Rafael Nadal manteve a freguesia sobre David Ferrer na final espanhola  de Roland Garros, neste domingo (9), e se sagrou octocampeão do Grand Slam  disputado em Paris. Com o placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2  e 6/3, a decisão só surpreendeu pelos protestos que interromperam a  partida por duas vezes, durante cinco minutos, no segundo set. Mas não  apagou o brilho da partida e nem o feito histórico de Nadal.
A partida foi marcada pelo grande domínio do favorito Nadal, que se  tornou o primeiro a conquistar o mesmo torneio de Grand Slam por oito  vezes em simples na Era Aberta. Ferrer, com seu conhecido estilo  aguerrido em quadra, mostrou boa resistência somente no terceiro set. E  não conseguiu evitar o revés em sua primeira final de Slam.
O duelo foi interrompido por duas vezes no segundo set, mas nenhuma  delas por causa da chuva fina que ameaçou atrapalhar a partida. Uma  manifestação contra a recente aprovação do casamento homossexual pelo  Parlamento da França chamou a atenção de todos com uma faixa exibida nas  arquibancadas, logo removida pela organização do torneio.
Poucos minutos depois, um dos manifestantes invadiu a quadra sem camisa,  com uma máscara sobre o rosto e portando um sinalizador nas mãos.  Chegou a ficar a dois metros de Nadal antes de ser retirado pelos  seguranças, que precisaram apagar rapidamente o sinalizador, próximo à  área de saque.
A invasão não chegou a assustar os tenistas e as celebridades presentes  nas arquibancadas da quadra Philippe Chatrier, como o príncipe espanhol  Felipe de Bourbon e o ator Leonardo di Caprio. Ao fim da partida, Nadal  recebeu sua oitava taça de campeão de Roland Garros das m%C