Náutico aposta em três atacantes para tentar surpreender Grêmio em Caxias do Sul

POSTADO POR Rômulo Alcoforado ÀS 14:13 EM 25 DE Maio DE 2013

São 38 rodadas – e 38 pedreiras. Assim é a Série A, campeonato em que o Náutico estreia neste domingo, às 16h, em Caxias do Sul, contra o Grêmio.  O técnico Silas tem insistido que o Timbu precisa ter um desempenho equilibrado – e obviamente positivo- dentro e fora de casa. Nada melhor do que um adversário desse porte, em situações de clima e distância tão adversas, para confirmar se o discurso do comandante terá legitimidade ou não.

Para isso, o treinador usará uma formação ofensiva, com três homens de frente. O ataque tem uma peça nova. Caion, que veio do Mirassol, agradou a Silas no amistoso contra o Sporting, na última quarta-feira, e ganhou a chance de começar atuando ao lado de Rogério e Élton. Este último, por sinal, entra em campo acompanhado de um relógio em contagem regressiva: ele deixará o Náutico na parada da Copa das Confederações – com destino ao Al Nassr, da Arábia Saudita.


Apesar de já estar fechado com o Al Nassr, Élton ainda joga pelo Náutico. Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

O meio-de-campo não terá novidades. Será o mesmo ao qual o torcedor se acostumou na reta final do Campeonato Pernambucano Coca-Cola. Sem meias. Só volantes: Elicarlos, Rodrigo Souto e Martinez. Já o setor defensivo contará com mudanças. Algumas delas obrigatórias. Alison, por exemplo, está lesionado. Luiz Eduardo permanece no time. Já Alemão – que foi titular contra o Sporting- deixa a equipe para a estreia de João Filipe.


Esta é a disposição tática do Náutico para a partida.

Na esquerda, nova alteração. Douglas Santos, em serviço com a seleção, e Bruno Collaço, por vínculo com o grêmio, não poderão atuar. Josa será improvisado no setor.

LEIA MAIS:
> Cinco jogos marcantes do Náutico na Série A

GRÊMIO – Vanderlei Luxemburgo equilibra-se com dificuldade no cargo de treinador. Balançou e quase caiu após a eliminação na Libertadores – mas acabou mantido no comando. Pressionado, decidiu fazer mistério para encarar o Náutico. Fechou o último coletivo para a imprensa e deixou sobretudo uma dúvida no time: André Santos ou Alex Telles na esquerda?

A tendência é que Telles jogue, uma vez que André Santos não treinou duas vezes na semana e está com o contrato de empréstimo no final. Deve voltar em breve para o Arsenal, da Inglaterra. Nos demais setores, contudo, as opções estão mais claras. A equipe deve ser a mesma da partida que eliminou o time na Copa Libertadores, contra o Santa Fé.

Os destaques do time são os jogadores ofensivos. A dupla de meias é formada por Elano e por Zé Roberto – e o ataque tem sotaque latino: Barcos e Vargas devem dar trabalho para a zaga ainda pouco entrosada do Timbu.

Ficha do Jogo

Grêmio: Dida; Pará, Bressan, Werley e Alex Telles (André Santos); Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Vargas e Barcos. Técnico:Vanderlei Luxemburgo

Náutico: Felipe; Maranhão, João Filipe, Luís Eduardo e Josa; Elicarlos, Rodrigo Souto e Martinez; Caion, Rogério e Elton. Técnico: Silas

Campeonato Brasileiro – Série A; Local: Alfredo Jaconi (Caxias do Sul); Horário: 16h; Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP); Vicente Romano Neto e Celso Barbosa de Oliveira (Ambos de SP).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.