Náutico empata com o Sporting no evento-teste da Arena Pernambuco

POSTADO POR WLADMIR PAULINO ÀS 22:02 EM 22 DE MAIO DE 2013

O Náutico foi um time mais valente no segundo tempo e ficou no empate por 1×1 diante do Sporting, de Lisboa, na noite desta quarta-feira (22), em jogo que marcou o evento-teste da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, região metropolitana do Recife. Os alvirrubros voltam a campo no próximo fim de semana, já pela primeira rodada do Brasileirão, diante do Grêmio, em Caxias do Sul.

O time português entrou em campo com um ritmo de marcação bem mais intenso do que é visto normalmente no Brasil. O Náutico sentiu e teve muitas dificuldades para criar jogadas. Quis o destino que o primeiro gol da Arena Pernambuco fosse marcado de uma forma não convencional. Ao tentar cortar um cruzamento de Wolfswinkel, aos 26, o zagueiro do Náutico, Luiz Eduardo, mandou a bola para as próprias redes.

A situação melhorou um pouco após o gol tomado, aos 26 minutos quando o time português recuou o bloco defensivo. O Náutico passou a tocar a bola no meio de campo, já que a pressão na saída de bola não deixava o time respirar, e conseguiu chegar perto da meta de Boeck. O melhor momento alvirrubro foi uma bola na trave chutada por Adeílson, aos 37.

No final da etapa, uma falta mais forte de Adeílson provocou uma confusão entre os jogadores dos dois times. O empurra-empurra e bate-boca terminaram com a expulsão do lateral Miguel Lopes. A situação foi tão complicada que no meio do tumulto, o árbitro encerrou a primeira etapa.

O Náutico voltou para o segundo tempo com Elton no lugar de Rodrigo Souto, deixando o time no 4-3-3 já que o adversário estava inferiorizado. Obviamente o time teve mais campo para jogar, mas não conseguia finalizar dentro da área portuguesa.

Ao longo da etapa, o técnico Silas mexeu bastante no time muito mais para avaliações individuais do que coletivas. E muita gente que estava há muito tempo sem aparecer para a torcida entrou em campo com muita vontade. Até porque o elenco ainda deve sofrer mudanças mesmo com o Campeonato Brasileiro batendo à porta.

Na base da correria e vontade, já que o entrosamento era naturalmente complicado, o Náutico encurralou o time verde e branco. E conseguiu o empate aos 37. Caion foi lançado no lado direito da área e ao ver o goleiro Ventura se jogar, dobrou os joelhos. Gilberto Castro Júnior não percebeu e marcou o pênalti. Rogério bateu forte, no canto, sem chance de defesa.

 

Ficha do jogo:

Náutico: Felipe (Gideão), Maranhão, Luiz Eduardo, Alemão e Josa (João Ananias); Elicarlos (Ramirez), Rodrigo Souto (Elton), Martinez (Auremir) e Giovanni Augusto (Marcos Vinícius); Rogério (Jones Carioca) e Adeílson (Caion). Técnico: Silas.

Sporting: Marcelo, Miguel Lopes, Boulahrouz, Rojo e Joãozinho; Adrien Silva, Rinaudo, Bruma e André Martins; Carillo (Esgaio) e Ricky van Wolfswinkel. Técnico: Oceano Cruz.

Local: Arena Pernambuco. Horário: 20h. Árbitros: Gilberto Castro Júnior. Assistentes: Ricardo Chianca e por Clóvis Amaral.
Assistentes: Gilberto Freire e Gleidson Leite. Gols: Luiz Eduardo (contra), aos 26 do primeiro tempo. Elton, aos 37 do segundo tempo. Cartões amarelos: Adeílson e Adrien Silva. Expulsão: Miguel Lopes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.