Náutico perde por 2×0 para o Goiás e está a dois pontos de ser rebaixado

Fotos: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

Por Blog do Torcedor

Nem a garotada teve forças para ajudar o Náutico, que mais uma vez deu vexame, e recebeu a sua 22ª derrota no Campeonato Brasileiro da Série A, ao ser derrotado por 2×0, pelo Goiás, na Arena Pernambuco, pela 31ª rodada. Em um jogo sonolento, faltou inspiração para os dois lados. Apesar da falta de qualidade das equipes, o alviverde, cheio de reservas, conseguiu chegar a vitória com Welinton Júnior e Amaral, que marcaram os gols para o time goiano ainda no primeiro tempo. O Náutico segue na lanterna com 17 pontos, enquanto o Goiás continua na cola do G-4, na quinta colocação, com 49 pontos.

Agora, o alvirrubro terá uma semana para trabalhar, até o jogo contra o Atlético Mineiro, no próximo sábado, na Arena Independência. Já os esmeraldinos, terão o jogo de ida da semi final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, na próxima quarta-feira. Pelo Brasileirão, o time recebe o Botafogo, no Serra Dourada, no próximo domingo.

Parece que o time alvirrubro já entra em campo atrás do placar, pois é inexplicável a facilidade que os adversários encontram espaços na defesa do Timbu para marcar os gols no inicio do jogo. Mesmo com alguns jogadores da base, no time titular, o alvirrubro não demonstrou um futebol muito diferente do que vem apresentando e mais uma vez saiu derrotado.

O jogo

Foi um jogo duro de assistir, daqueles que deixam os torcedores completamente arrependidos de ter ido ao estádio, mesmo que seja para ver o seu clube do coração. Tanto, que apenas três mil torcedores estiveram na Arena Pernambuco. A bola mal começou a rolar e o Goiás já estava inaugurando o gol de Berna. Sem muito esforço, Welinton Júnior abriu o marcador, no primeiro minuto de jogo, após aproveitar o cruzamento de Júnior Viçosa e tocar de cabeça para o gol.

Após o gol, o jogo ficou preso no meio de campo, com as equipes forçando o passe e não obtendo êxito. O Goiás, apenas tocando a bola, conseguiu encontrar espaços na defesa alvirrubra. Aos 15, Welinton Junior chegou com perigo, o chute passou perto do gol de Berna.

O jogo seguiu em ritmo de treino, sem muitas emoções. Aos 23, o Timbu teve uma boa oportunidade de empatar o jogo em uma cobrança de falta, mas Bruno Collaço jogou a bola na barreira adversária.

Com muitas dificuldades o Náutico aos poucos conseguiu chegar ao gol adversário. Aos 32, Peña chutou de perna esquerda e a bola passou por cima do gol. Aos 37, o alviverde só não marcou o segundo por que Berna fez uma grande defesa, após ficar cara a cara com Welinton Júnior. Mas, não demorou muito para o time goiano marcar o seu segundo gol. Aos 40, Amaral subiu sozinho e marcou de cabeça.

Segundo tempo

Por pouco o Goiás não marcou o terceiro nos primeiros minutos da etapa complementar. Aos 2 minutos, Welinton Junior ficou na cara do gol e só não marcou porque Berna cresceu na frente do atacante e fez a defesa.

Tentando se impor na partida, o Náutico foi ao ataque, mas só conseguiu chegar com perigo aos 14 minutos, com Maikon Leite, que chutou cruzado para a área, mas a zaga afastou com Ernando. Outra vez Maikon Leite deu trabalho à defesa alviverde, desta vez o atacante chutou forte para a defesa de Renan, tudo isso aos 19 minutos de jogo .

Aos 20, a melhor chance alvirrubra, Maikon ficou de frente com Renan, mas finzalizou em cima do goleiro do Goiás. O atacante Araújo, que havia entrando no lugar de Welinton, tentou deixar o seu gol em cima de sua ex-equipe. Aos 28, após tabela na grande área,ele saiu na cara de Berna e chutou pra fora.

Dos 30 minutos em diante  tivemos apenas uma chance clara de gol. Aos 47, com Hugo do Náutico, ele chutou na saída de Renan e Valmir Lucas evitou o gol de honra.

Final de jogo: Náutico 0x2  Goiás

Náutico: Ricardo Berna; Maranhão, João Filipe, Diego (Luiz Eduardo) e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Helder (Derley) e Peña; Maikon Leite e Olivera(Hugo). Técnico: Marcelo Martelotte.

Goiás: Renan; Yuri, Valmir Lucas, Ernando e Mário Sérgio; Amaral, Thaigo Mendes, Dudu Cearense e Renan Oliveira (Ramon); Junior Viçosa (Leonardo) e Welinton Junior (Araújo). Técnico: Enderson Moreira.

Local: Arena Pernambuco
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Neuza Ines Back (SC) /  Edina Alves Batista (PR)
Cartões amarelos: Náutico; Diego e Maranhão
Gols: Welinton (1min) e Ernando (40 min) do primeiro tempo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.