Náutico vai para cima do Botafogo para confirmar boa fase

Lisca tem apenas uma dúvida no ataque do Náutico. Treinador acredita que time está evoluindo a casa jogo/Foto: JC Imagem

Por Marcelo – Blog do Torcedor

Depois do imbróglio judicial e da viagem perdida a Goianinha, no Rio Grande do Norte, o Náutico, enfim, entra em campo na noite desta quinta-feira, para encarar o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste. Ao invés de jogar fora de casa, como estava previsto na tabela, o Timbu encara o time paraibano diante do seu torcedor, na Arena Pernambuco, a partir das 21h30. O técnico Lisca trabalhou bastante para que a frustração da suspensão da partida não tirasse o foco dos jogadores para o duelo. Ele quer a equipe com a mesma pegada apresentada no clássico contra o Sport, quando a equipe venceu na Ilha do Retiro.

Para a partida, o técnico Lisca vai praticamente manter a mesma equipe que venceu o Leão. A única dúvida está no ataque: Marinho ou Marcelinho. O primeiro havia deixado o clássico contundido, mas se recuperou, treinou bem e tem condições de jogo. Marcelinho ainda não fez sua estreia com a camisa alvirrubra e vem agradando ao treinador nos treinos da semana. “O grupo está sendo montado e eu já previa que Hugo e Marcelo iriam fazer um revezamento. Até porque temos uma sequência difícil pela frente e precisamos nos preparar bem para a temporada inteira. Então, essa concorrência é muito boa. Era bom que acontecesse em todas as posições, porque assim, quando a gente mudasse, não haveria queda de rendimento”, declarou o treinador.

A suspensão da partida contra o Botafogo-PB, na Paraíba(a CBF marcou para a próxima terça-feira, num Almeidão de portões fechados), acabou trazendo um benefício para o técnico alvirrubro. Jogadores que estavam praticamente vetados para a partida, ganharam condições e vão para o jogo. Além do atacante Hugo, o lateral-esquerdo Gerley, que estava fora, ganhou condições e será o titular da equipe. No entanto, o zagueiro Romário e o atacante Roberson continuam no departamento médico e seguem fora da equipe. A vitória sobre o Sport, na última rodada, deu mais confiança ao grupo. Os atletas acreditam que podem repetira a dose, vencer o Botafogo e confirmar a boa fase. “Esse grupo de margem de crescimento. Agregramos jogadores que vislumbram coisas melhores e isso é muito importante. A evolução acontece aos poucos, a cada jogo nós ganhamos mais condições de colocar um bom futebol em prática”, declarou Rodrigo Possebom, titular da equipe.

O técnico Lisca pensa da mesma forma que o seu comandado. Mas não quer perder tempo. Por conta da sequência intensa de jogos, o treinador vai aproveitando os dias de treino para comandar atividades para agrupar o elenco. “Nós estamos encarando dificuldades desde que começamos a trabalhar. Cheguei como desconhecido, inexperiente, louco. A diretoria também assumindo o clube, dinheiro curto para montar o elenco. Então, estamos otimizando o tempo e estou gostando porque os jogadores compraram a briga. Todos estão respondendo de forma muito positiva quanto ao foco. E nosso foco é chegar aos dez pontos para conseguir a nossa classificação”, disse o treinador.

Adversário

Para encarar o Náutico na Arena Pernambuco, o técnico Marcelo Vilar fez algumas mudanças no time do Botafogo-PB. Depois de se recuperar de uma pneumonia, o lateral-esquerdo Celico reassume a posição.  Já o volante Pio é desfalque. O jogador vai ter que cumprir suspensão automática por ter sido expulso na partida contra o Guarany de Sobral. Leomir entra na equipe.

Ficha técnica

Náutico: Gideão; João Ananias, William Alves, Flávio e Gerley; Rodrigo Possebon, Elicarlos, Zé Mário, Yuri Naves e Marinho; Marcelinho (Hugo).Técnico: Lisca.

Botafogo-PB: Remerson, Ferreira, Igor, Walter e Celico; Zaquel, Hércules, Leomir e Lenílson; Rafael Aidar e Frontini. Técnico: Marcelo Villar.

Local: Arena Pernambuco.Horário: 21h30. Árbitro: Cláudio Silva (SE). Assistentes: Cleriston Rios e Victor Cruz (ambos de SE). Ingressos: de R$ 20 a R$ 150.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.