Náutico visita Portuguesa pensando em quebrar jejum de 11 jogos na Série A

Por Blog do Torcedor

Pode soar como falta de criatividade, mas não há outro gancho para apresentar a partida do Timbu: o Alvirrubro precisa vencer a Portuguesa, nesta quinta-feira, às 21h, no Canindé, se almeja pensar em escapar do quase inevitável rebaixamento que se anuncia jogo após jogo.

Na lanterna, com nove pontos, o Náutico não vence há 11 rodadas da competição. Terá um ponto positivo: o adversário da vez não apresenta um poder financeiro tão diferente do Timbu – e, se está longe na pontuação, com 22, não está tão distante assim na tabela: também frequenta a zona de rebaixamento, na 18ª colocação. Por outro lado, nunca venceu a Portuguesa, em São Paulo, pela Série A.

Em relação à equipe, o treinador Levi Gomes não divulgou a escalação. Depois do último treino da equipe, no CT do Palmeiras, o comandante revelou ainda ter dúvidas sobre a montagem do time. Levi tem três problemas para a partida: Elicarlos e Martinez estão suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Rogério, machucado, fica de fora. No setor ofensivo, Hugo e Jones Carioca devem permanecer.

No meio, a tendência é que Auremir e Dadá sejam acionados como volantes, permitindo que Derley continue na lateral-direita. A outra opção é que Auremir vá para a ala direita enquanto Derley retorna à sua posição original.


Tiago Real busca primeiro gol pelo Timbu. Foto: Thiago Wagner/ Blog do Torcedor

O ADVERSÁRIO – Dentro do Canindé, a Portuguesa tem demonstrando muita força e dado esperanças para a torcida de que, se conseguir escapar do rebaixamento, será por meio do bom aproveitamento dentro de casa. O time conseguiu três vitórias nos últimos três jogos e, claro, quer aumentar o aproveitamento diante do Náutico.

Como o Náutico, a Lusa tem problemas: o atacante Diogo e o zagueiro, que atua como lateral-esquerdo, Rogério tomaram o terceiro cartão amarelo na última rodada e não estão à disposição. Na frente, Bergson deve ser o escolhido por Guto Ferreira. Na ala, como não tem jogador da posição, o treinador deve usar o volante Correa improvisado.


Foto: JC Imagem

No ataque, Gilberto – ex-Santa Cruz e Sport- é uma das principais peças do time e vem de boa sequência. Pode representar grande perigo para a não-confiável defesa alvirrubra.

Ficha do Jogo

Portuguesa: Lauro; Luís Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Correa; Ferdinando, Bruno Henrique, Moisés e Souza; Gilberto e Bergson. Técnico: Guto Ferreira

Náutico: Ricardo Berna; Derley, Jean Rolt, William Alves e Bruno Collaço; Dadá, Auremir, Helder e Tiago Real; Hugo e Jones Carioca. Técnico: Levi Gomes

Local: Canindé, em São Paulo; Horário: 21h; Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG) e Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Rafael Trombeta (PR).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.