Sandrinho ganha chance no time titular do Sport

A relação entre a torcida e o time do Sport não anda boa. Na vitória sobre o Serra Talhada, por 3×2, na última rodada do Pernambucano Coca-Cola, a equipe foi vaiada do início ao fim do jogo. Para reconquistar a confiança do seu torcedor, a equipe precisa vencer e convencer. E a primeira missão será neste domingo, quando o Leão enfrenta um tradicional adversário, que venceu todos os jogos em casa: o Central, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. O duelo acontece a partir das 16h.

A pressão é grande e incomoda os jogadores rubro-negros. Durante a semana, o goleiro Magrão, ídolo do clube, chegou a declarar que não estava reconhecendo o torcedor que está indo para a Ilha do Retiro. As vaias estão doendo nos ouvidos de cada jogador. O técnico Vadão vem conversando com os jogadores para ter tranquilidade no momento de turbulência na temporada.

“A realidade é que precisamos de uma sequência positiva para que tudo se tranquilize. E só as vitórias nos trarão essa tranquilidade”, afirmou o técnico Vadão, que também vem sendo alvo da ira dos torcedores desde a desclassificação da Copa do Nordeste de maneira precoce.

Para o duelo contra a Patativa, o treinador fez apenas uma alteração. O meia Sandrinho ganha a oportunidade de  ser o titular da equipe na vaga de Gilsinho. Nas vezes que foi acionado, Sandrinho conseguiu mudar a postura do Sport em campo. Seria o titular na partida contra o Serra Talhada se não fosse vetado pelo departamento médico.

Sendo assim, o treinador mantém fora da equipe os atletas considerados medalhões (Cicinho, Hugo e Felipe Menezes. Vadão minimiza o fato. “Não entendo a ênfase que se dá a isso. O que aconteceu é natural. Faz parte. Todos estão respeitando. Isso não quer dizer que Cicinho ou Felipe não possa voltar ao time principal. Agora, tem de trabalhar mais. E de repente foi uma mudança que pode ter mexido com esses atletas. Cicinho foi o destaque dos treinos para mim durante a semana”, declarou na entrevista coletiva.

No Central, o técnico Ricardo Oliveira pode fazer alterações na equipe, especialmente no setor ofensivo. Andrezinho deve entrar no lugar de Jonathan Fumaça, que vem de uma sequência de más atuações no Pernambucano.

Ficha técnica

Central
Rodrigão; Tiago Araújo, Gustavo, Ítalo e Júlio César; Fernando Pires, Cleber, Luiz Fernando e Tallys; Zulu e Andrezinho. Técnico: Ricardo Oliveira.

Sport
Magrão; Mocir, Gabriel, Maurício e Renê; Fábio Bahia, Rithely e Marcos Aurélio; Sandrinho, Felipe Azevedo e Roger. Técnico: Vadão.

Local: Lacerdão, em Caruaru. Árbitro: Sebastião Rufino Filho. Assistentes: Charles Rosas e Aldir Pereira.
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).

Fonte: Marcelo Blog do Torcedor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.