Santa Cruz e Sampaio Corrêa começam a disputa pelo título

Em busca do primeiro título nacional de sua história, o Santa Cruz vai ao Maranhão encarar o Sampaio Corrêa, jogo válido pela partida de ida da final do Campeonato Brasileiro da Série C, neste domingo, às 16h (horário de Pernambuco), no estádio do Castelão, em São Luis-MA.

Na última vez em que esteve no Maranhão o tricolor não foi bem e saiu derrotado por 3×0. Embora tenha jogado mal, os jogadores lembram das situações desagradáveis que passaram, e esperam não ter que enfrentar isso novamente. ” Infelizmente muitos jogadores começaram a passar mal depois que comeram no hotel. Eu fui um deles e foi uma sensação horrível, pois passar mal antes de um jogo é muito complicado”, afirmou Everton Sena.

“Graças a Deus não fui um dos que passaram mal. Mas fiquei muito chateado com a situação dos outros jogadores. Agora vamos mas precavidos para esse jogo e tenho certeza que a diretoria não vai permitir que isso aconteça novamente”, lembrou Raul.

Agora, com Vica no comando, o tricolor espera não repetir a péssima atuação na primeira fase, e quem sabe, vencer o time maranhense na Série C, para trazer um bom resultado pro jogo da volta, no Arruda.” Vamos jogar em um bom estádio, com um gramado bom, absolutamente seguro, perante arbitragem de um nível ótimo. Diante desse cenário, a dificuldade maior é a qualidade do Sampaio Corrêa. Tem tudo pra acontecer um grande jogo. São duas equipes qualificadas. O Sampaio tem bom bons jogadores, assim como a nossa equipe”, ressaltou.

“Já jogamos lá contra o Sampaio Corrêa, eles tem uma torcida muito forte. Mas estamos preparados para enfrentar essa pressão. Será um jogo diferente porque as atenções se voltam pra essa partida. Queremos o título e isso é uma motivação a mais para o confronto”, concluiu Everton.

Para o jogo, Vica ganhou vários desfalques durante a semana. Natan, que ainda sente dores musculares;  André Dias, que sentiu dores no joelho esquerdo no treinamento secreto da última quinta-feira (21),  foi cortado da relação de atletas que viajaram para o Maranhão; Dênis Marques, que não participou de alguns treinos foi cortado do jogo. O outro desfalque importante já era certo, o lateral – esquerdo Tiago Costa, que foi expulso contra o Luverdense.

Com tantas ausências o treinador coral resolveu adotar o mistério e não divulgou o time que vai pro jogo. Ele explicou os motivos para esconder a escalação. ” Dificultar o repasse de informações ao adversário é válido. Eu estou tendo a mesma dificuldade que estou impondo a eles. A gente sabe de alguns problemas lá para a definição da equipe e por isso é bom dar uma segurada na escalação. Mas as equipes sabem a maneira como jogam e essa estratégia fica para evitar passar um detalhe ou outro”, disse.

O adversário


Foto: Guga Matos / JC Imagem

Ser campeão nacional não é algo inédito para a Bolívia do MAranhão( apelido do Sampaio), já que o time foi campeão da Série C em 1997; da Série B em 1972 e da Série D no ano passado. Apesar da experiência em finais, o técnico Flávio Araújo também adotou o mistério e disse que a escalação só será divulgada minutos antes do início do jogo.

“Vamos estudar bem o adversário para escalar a equipe, minutos antes de iniciar a partida”, falou em entrevista coletiva concedida à imprensa. Para o confronto ele não vai contar com o zagueiro  Mimica, e dos atacantes Leandro Kível e Célio Codó. O grande destaque da equipe fica por conta dos 300 jogos que o goleiro Rodrigo Ramos irá completar quando entrar em campo no domingo.

Ficha de jogo

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Tote, Robinho, Germano e Airton Oliveira; Cleitinho, Jonas, Arlindo Maracanã e Eloir; Célio Codó (Bruno Chocolate) e Junior Chicão (Lucas). Técnico: Flávio Araújo.

 

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Panda; Sandro Manoel, Dedé, Luciano Sorriso, Renatinho e Raul; Flávio Caça-Rato. Técnico: Vica.

Local: Estádio Castelão – São Luis-MA

Horário: 16h (horário de pernambuco)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira (SP) / Broney Machado (PB)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.