Santa Cruz perde para o Luverdense e sai do G4

Geraldo de Fraga – Esportes

O tabu continua. Em seu 20º jogo como visitante em todas as suas participações na Série C do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz não conseguiu vencer de novo. Nesse domingo, diante do Luverdense, em Lucas do Rio Verde, os tricolores perderam por 3 a 1 e deixaram o G4 do grupo A. O resultado negativo fez o time terminar a rodada na sexta colocação.

Apresentando os mesmo problemas de sempre, quando joga fora de casa, o Santa Cruz errou tudo. Logo no primeiro minuto, Dedé perdeu a bola para Washington que chegou até a entrada da área e bateu forte, obrigando Tiago Cardoso se esticar todo para mandar para escanteio. O time da casa seguiu pressionado e quase abre o placar aos 9. Washington mandou para a área e Rafael Tavares mandou, de cabeça, no poste esquerdo.

Luverdense /  Divulgação
O gol do Luverdense, que já estava maduro, veio aos 20. Misael driblou Renan Fonseca e quando tentou tirar de Dedé, a bola tocou no braço do volante tricolor, dentro da área. Na cobrança, Tozin bateu com categoria, no ângulo esquerdo e abriu o placar.
Do jeito que a partida estava, era fácil prever que a coisa ficaria pior ainda para o Santa Cruz. Mas, por sorte, logo em seguida, veio o empate. Dênis Marques, que até então estava sumido no jogo, deu uma de garçom e serviu Natan. O meia entrou livre pela direita e bateu na saída do goleiro para deixar tudo igual.
O gol abalou o time do Luverdense, a pressão do time da casa diminuiu e os tricolores entraram jogo. Antes de intervalo, quase veio a virada. Melhor do time em campo, foi a vez de Natan armar a jogada e deixar Flávio Caça-rato de frente para o goleiro, mas o atacante coral foi travado na hora do chute.
Esperava-se que, no intervalo, Sandro Barbosa corrigisse os erros, principalmente na laterais, já que Tiago Costa e Luciano Sorriso não vinham bem na primeira etapa. Só que o time voltou o mesmo. Porém, com dez minutos jogados no segundo tempo, o técnico tricolor viu que não era o dia de Sorriso e colocou Leandro Souza em seu lugar. Com isso, Everton Sena passou para a lateral direita.
O Santa Cruz conseguiu igualar as ações do jogo, mais a defesa teve mais um apagão, aos 21. Rafael Tavares achou Tozin sozinho na área. O atacante dominou sem marcação e tocou no canto de Tiago Cardoso, para colocar o time da casa mais uma vez na frente do placar. O gol abalou o Santa e, aos 30, o Luverdense ainda fez o terceiro. De novo com um jogador recebendo livre dentro da área. Dessa vez, Eltinho entrou pela esquerda e ampliou.

Ficha do jogo

Luverdense 3
Gabriel Leite; Raul Prata, Zé Roberto, Braga e Edinho; Júlio Terceiro (Carlão), Gilson, Washington e Rafael Tavares (Samuel); Misael e Tozin (Tatu). Técnico: Júnior Rocha

Santa Cruz 1
Tiago Cardoso; Luciano Sorriso (Leandro Souza), Renan Fonseca, Everton Sena e Tiago Costa; Ramirez, Dedé (Jeferson Maranhão), Raul e Natan (Júnior Xuxa); Flávio Caça-rato e Dênis Marques.

Gols: Tozin (2x) e Edinho (L); Natan (S)
Cartões amarelos: Rafael Tavares (L); Natan, Dedé, Everton Sena e Luciano Sorriso (S)
Local: Passo das Emas (Lucas do Rio Verde-MT) Árbitro: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS) Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Larissa Gabrielly Ferreira (DF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.