Sport dá espaço na entrada da área e perde para o Palmeiras por 2 a 1

Por Geraldo de Fraga – Esportes

Após duas vitórias seguidas em casa, o Sport caiu diante do líder do Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado, no Pacaembu, os rubro-negros foram derrotados, por 2 a 1, pelo Palmeiras. E com dois gols da entrada da área – falha que vem se repetindo na defesa leonina. Com o resultado, o Sport perdeu uma posição na tabela e agora ocupa o sexto lugar com 37 pontos.

Com menos de um minuto, Wesley arriscou de longe e acertou a bola no ângulo direito de Magrão. Apesar do gol relâmpago, a equipe pernambucana não se abalou. Aos 15 minutos de jogo, Felipe Azevedo quase empata. O atacante entrou pela esquerda e bateu cruzado. Fernando Prass desviou de ponta de dedo e a bola explodiu na trave. Na volta, Lucas Limas sozinho furou.

A partir daí começou um duelo entre o atacante rubro-negro e o goleiro palmeirense que renderia duas ótimas chance para o Sport tirar o zero do placar. Marcos Aurélio cobrou escanteio da esquerda. Tobi subiu no segundo pau e escorou para dentro da área. Felipe Azevedo dominou a bola, livrou-se da marcação e bateu forte. Prass salvou com o pé.

Equipe leonina parou em Prass (MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
Equipe leonina parou em Prass

No fim do primeiro tempo, a melhor chance do atacante. Marcelo Cordeiro avançou pela esquerda e cruzou. Azevedo chegou de carrinho livre dentro da área. De novo, o goleiro alviverde usou o pé novamente para evitar o gol rubro-negro.

Mesmo perdendo, foi o Leão quem criou as melhores chances da partida. Mas, na volta do intervalo, foi o Palmeiras quem tomou conta do jogo. Era outro Sport. Apático e com pouco poder ofensivo. Assim, não demorou muito e o Palmeiras ampliou. E, de novo, com Wesley. Da entrada da área, o meia acertou outro belo chute, dessa vez, no canto direito de Magrão.

Após o gol, Geninho fez duas mudanças no time. George Lucas e Anderson Pedra deixaram o gramado para a entrada de Chumacero e Aílton. O Sport voltou a jogar bem. Lucas Limas quase tira o zero do placar. O meia fez fila, entrou na área, mas bateu por cima do gol de Fernando Prass.

Mas se o poderio ofensivo melhorou, por outro lado o time ficou muito exposto aos contra-ataques paulistas. E piorou quando Tobi derrubou Valdívia na entrada da área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Porém, em uma cobrança de falta ao lado da área, Rithely subiu mais do que todo mundo e diminuiu o placar. O time ainda pressionou, mas ficou só nisso.

Palmeiras 2
Fernando Prass, Luís Felipe, Henrique, Vilson e Juninho; Márcio Araújo, Wesley (Eguren) e Valdívia (Felipe Menezes); Ananias, Vinicius e Alan Kardec (Charles). Técnico: Gilson Kleina

Sport 1
Magrão; Vinícius Simon, Pereira e Tobi; George Lucas (Chumacero); Anderson Pedra (Aílton), Rithely, Lucas Lima (Oswaldo) e Marcelo Cordeiro; Felipe Azevedo e Marcos Aurélio. Técnico: Geninho

Local: estádio do Pacaembu (São Paulo). Gols: Wesley (P) (2x); Rithely (S). Cartões amarelos:Rithely, Pereira e Felipe Azevedo (S); Wesley (P). Cartões vermelhos: Tobi (S). Árbitro: Célio Amorim (SC). Assistentes: Helton Nunes (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.