Sport e Santa Cruz irão testar o grau de dependência do Todos com a Nota

A logística financeira do programa Todos com a Nota não pôde garantir o bilhete promocional nos jogos do mata-mata da Copa do Nordeste, uma vez que, obviamente, não havia a certeza de classificação dos clubes pernambucanos. O mesmo costuma ocorrer na Copa do Brasil, vale lembrar.

Eis então uma situação que tornou-se rara no futebol da capital. Partidas sem ingressos subsidiados. Neste fim de semana, dose dupla à tarde com Sport x Campinense, no sábado, e Santa Cruz x Fortaleza, no domingo.

Seriam 8 mil e 15 mil entradas do TCN, respectivamente. Na Ilha, a geral da da sede. No Arruda, o anel superior. Desta vez, só pagando, R$ 10 tanto para os rubro-negros quanto para os tricolores. Depois de tanto tempo com boa parte dos ingressos bancada pelo governo do estado, desde 1998 para ser mais exato, até que ponto o torcedor local se tornou dependente do programa?

Nos clubes, parece vital. Para se ter ideia, considerando os últimos 16 Estaduais, 15 deles com o subsídio, o investimento público, entre Todos com a Nota e Futebol Solidário, chegou R$ 51.238.000. Porém, isso vem sendo reduzido na medida em que cresce a receita de TV.

Voltando ao público, fica a expectativa sobre a manutenção da assistência. No Nordestão a Cobra Coral tem a maior média, com 20.557 pessoas. Em segundo lugar, o Sport, com 17.233. Contudo, os bilhetes promocionais têm um peso considerável nessas médias, com 52% e 45% do público total.

Além do destino dos rivais das multidões no regional, os dois jogos no Recife pelas quartas de final do Nordestão dirão bastante sobre o comportamento do público. Em 2011, o Náutico disputou as primeiras rodadas da Série B sem assinar com o TCN. Na ocasião, o público nos Aflitos não chegou a cinco mil pessoas. Ao retornar para o programa, o índice timbu quase triplicou.

Veremos se há vida sem subsídio estatal no futebol pernambucano. Até mesmo porque não há contrato algum que indique a eternidade deste modelo…

Fonte: Cassio Zirpoli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.