Sport enfrenta Confiança para garantir classificação e liderança do grupo

Por Rômulo Alcoforado
Especial para o Blog do Torcedor

Aos 43 minutos do segundo tempo do jogo Sport x Fortaleza, Felipe Azevedo acertou um chute forte, sem chances para o goleiro do Fortaleza, João Carlos. Era o terceiro gol do time pernambucano. O gol que sacramentava a vitória rubro-negra e que, imediatamente, desviava o foco das atenções dos rubros-negros para Sergipe. Mais precisamente para o estádio Batistão, em Aracaju, onde a equipe irá enfrentar, neste domingo, às 16h, o Confiança, em jogo válido pelo grupo B da Copa do Nordeste. Se vencer, o Leão garante a classificação para as quartas-de-finais como líder da chave.

O time do Sport vai para o jogo com uma única alteração – obrigatória por motivos clínicos. O atacante Roger sentiu uma lesão no calcanhar direito na última partida e desfalca o time. Para seu lugar, Vadão decidiu escalar o meia Felipe Menezes. A substituição muda o esquema do Sport. Até este confronto, o Leão vinha atuando com três atacantes. Agora, volta ao 4-4-2, com dois apoiadores.

Há vantagens e desvantagens na formação. Vadão já afirmou que era preciso ajustar a marcação. “Nesse esquema, muda um pouco o papel dos laterais. É preciso ter mais cobertura. Cicinho, por exemplo, é um jogador que tem muita qualidade ofensiva, a gente usa muito o cima na frente. Então, quando ele for, Fabio Bahia vai ter de cobrir o setor”, afirmou.

A qualidade no passe, por outro lado, cresce sensivelmente. “Nesse esquema, é fato que a bola vai chegar com mais tranquilidade para nós lá na frente. Hugo e Felipe Menezes são jogadores de muita qualidade e muita inteligência no passe. Com a saída de Roger, a gente perde um ótimo jogador de área e a referência na frente, mas ganha mais mobilidade”, disse o atacante Felipe Azevedo – cuja principal função deve se manter, enquanto seu parceiro de ataque, Marcos Aurélio, deve ser adiantado.

CONFIANÇA -Dentro de casa, o Confiança vai buscar a vitória para retomar a liderança do grupo e se classificar antecipadamente para as quartas-de-finais, de modo a evitar um confronto decisivo na última rodada, contra o Fortaleza, no Castelão. A nota curiosa em relação à escalação do time sergipano é que ele passou por uma situação semelhante à do Sport. Assim como Roger, o atacante Da Silva também foi substituído na última rodada com o tornozelo direito. A diferença é que o artilheiro do Azulino conseguiu se recuperar a tempo e vai a campo.

Ficha do jogo:
Fábio; Renê, Valdo e Valdson; Ângelo, Lismar, Richardson, Gilmar Baiano e Augusto Ramos; Diego Neves e Da Silva: Nadélio Rocha

Sport: Magrão; Cicinho, Gabriel, Mateus e Reinaldo; Fábio Bahia, Rithely, Hugo e Felipe Menezes; Marcos Aurélio, Felipe Azevedo. Técnico: Vadão.

Local: Lourival Batista (Batistão). Horário: 16h. Árbitro: Arílson Batista da Anunciação (BA). Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira e José Raimundo Dias da Hora (ambos da BA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.