Sport luta pela classificação na Ilha do Retiro diante do Campinense

A chance de estudar minuciosamente o adversário já passou. A primeira partida foi uma espécie de aquecimento para o jogo decisivo. Agora é para valer. Sport e Campinense se enfrentam, neste sábado, às 16h, na Ilha do Retiro, em um contexto diferente do que cercou o duelo da última quarta-feira. Se, antes, havia alguma tranquilidade, agora há urgência. No lugar de falta de interesse, empenho. Em vez de mera busca pela vantagem, luta pela classificação.

O time do Sport tem dois desfalques para o jogo. Roger e Rithely. O primeiro não atua há três jogos. Sua ausência forçou a uma mudança de esquema: o Leão passou do 4-3-3 para o 4-4-2. O segundo, por outro lado, lesionou-se no último jogo. Em seu lugar, Vadão ainda não divulgou quem entrará – mas deu fortes indícios de que promoverá a estreia de Marino. A alternativa a isso é usar o meia Felipe Menezes que, ao lado de Hugo, formaria uma dupla de apoiadores.

O treinador Vadão defendeu o esquema com três volantes (além de Marino, Moacir e Fábio Bahia), alegando que ele não é, necessariamente, defensivo. “Nosso melhor jogo, o que fizemos mais gols, coincidentemente, foi o que atuamos com três volantes”, afirmou. De qualquer maneira, ele evitou divulgar com antecedência quem será o escolhido, de modo a não municiar o adversário de informações.


Vadão indicou que vai entrar com três volantes no jogo. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Nos demais setores, nenhuma novidade. A zaga continua formada por Mateus e Gabriel. Nas laterais, Reinaldo e Cicinho, pela direita. O meio-campista é Hugo e, no ataque, Felipe Azevedo e Marcos Aurélio.

CAMPINENSE – O time do Campinense, provavelmente, vai ser o mesmo da última quarta-feira. O time não teve nenhum problema de ordem clínica ou disciplinar. O treinador Oliveira Canindé tem força máxima para o confronto. Para se classificar, o time paraíbano precisava vencer o Sport ou conseguir qualquer empate que não seja o 0 x 0 – que leva aos pênaltis.

Sport: Magrão; Cicinho, Gabriel, Mateus e Reinaldo; Fábio Bahia,Marino (Felipe Menezes), Moacir e Hugo; Felipe Azevedo e Marcos Aurélio. Técnico: Vadão.

Campinense: Pantera; Tiago Granja, Roberto Dias, Edvânio e Panda; Dedé, Wellington, Glaybson e Bismarck; Zé Paulo e Jefferson Maranhense. Técnico: Oliveira Canindé.

Local: Ilha do Retiro, . Horário: 16h Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA). Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (ambos da BA).

Por Rômulo Alcoforado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.