Super Ronaldo leva Portugal ao Copa no Brasil

Por Fifa.com

Ronaldo vezes três, Portugal vezes seis! A equipa das quinas está na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, após vencer na Suécia, por 3 a 2, na segunda mão do Playoff europeu. O capitão Cristiano Ronaldo foi, mais uma vez, o grande herói, ao marcar os três golos e a igualar Pedro Pauleta como o maior artilheiro de sempre da seleção portuguesa.

Coreia do Sul/Japão 2002, Alemanha 2006, África do Sul 2010 e, agora, Brasil 2014. Portugal garantiu a quarta presença consecutiva num Mundial – a sexta da história do país, depois do Inglaterra 1966 e México 1986 – e fê-lo com tanta categoria como sofrimento no jogo de Solna.

É que, depois da vitória (1 a 0) no jogo da passada sexta-feira, no Estádio da Luz, tudo parecia decidido quando Cristiano Ronaldo fez o primeiro golo no Friends Arena, a abrir a segunda parte, mas um bis de Zlatan Ibrahimovic, no espaço de quatro minutos, deu a volta ao jogo e deixou os suecos a apenas mais um golo do apuramento.

Fado e samba de Ronaldo
Foram cinco minutos de intenso desespero dos portugueses. O Brasil, que já tinha estado tão perto, parecia capaz de tornar-se numa mera miragem, mas o fado lusitano não demorou assim tanto a transforma-se num samba de alegria com uma dança a dois pés de um super Cristiano Ronaldo.

A começar pelo primeiro golo. Passe fantástico de João Moutinho a rasgar a defesa sueca e um tiro de pé esquerdo da estrela do Real Madrid. A canhota estava bem afinada e, depois dos dois golos de Ibrahimovic, voltou a funcionar na perfeição, desta vez a concluir um belíssimo passe de Hugo Almeida.

E se os dois primeiros gritos de festa dos portugueses nasceram do pé esquerdo de CR7, o último tiro, o derradeiro carimbo no passaporte para o Brasil, foi feito com o pé direito.

Mais um passe magistral de Moutinho – que jogo soberbo do médio do AS Mónaco, só mesmo ofuscado pelo capitão – a isolar Cristiano Ronaldo e o avançado a tirar o guarda-redes sueco do caminho e a tirar também todas as dúvidas.

Portugal está na Copa do Mundo da FIFA e o Brasil 2014 pode contar com uma das maiores estrelas de sempre do futebol português e do mundo. Aos 28 anos, Cristiano Ronaldo já igualou o melhor marcador de sempre de Portugal, Pedro Pauleta, com 47 golos na seleção e promete não ficar por aí.

A Copa do Mundo merece um jogador assim, como merece uma seleção portuguesa no seu melhor nível. Um Rui Patrício a negar um golo aos suecos, com uma defesa impossível quando o jogo estava empatado a zero, uma defesa capaz de se bater com os melhores avançados do mundo e um meio-campo trabalhador e cheio de classe. E, claro, uma estrela do tamanho da equipa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.