Apartheid

Por Joanesburgo, África do Sul

O tamanho do estádio é proporcional à admiração por Nelson Mandela. É no gigante Soccer City, em Joanesburgo, que Brasil e África do Sul se enfrentam nesta quarta-feira, às 14h (de Brasília), no último amistoso do Brasil antes da lista final para Copa do Mundo. O líder sul-africano, morto há exatos três meses, será o homenageado.

Presidente da África do Sul de 1994 a 1999, Mandela foi o principal líder na caminhada dos sul-africanos pelo fim do Apartheid, regime de segregação racial que perdurou na África do Sul por mais de 40 anos. Sua luta foi reconhecida mundialmente e sua morte emocionou milhões de pessoas no final do ano passado.

– Vivenciar esse momento é especial para nós. Quando a África do Sul foi escolhida como sede da Copa do Mundo de 2010, eu estava na cerimônia. E quando Mandela entrou no local, todos reverenciaram e o aplaudiram de pé, encantados com aquela simplicidade, pela maneira de ser e pelo que representava – relembrou Felipão.

neymar  BRASIL TREINO joanesburgo (Foto: Mowa Press)
Neymar é a grande estrela da seleção brasileira (Foto: Mowa Press)

Coordenador técnico da Seleção, Parreira foi técnico da África do Sul na Copa do Mundo de 2010. Esteve com Mandela em algumas oportunidades. Jamais esqueceu.

– Eu tive o privilégio de estar com ele em três oportunidades. Ele recebeu uma camisa do Ronaldinho em uma delas. Este homem foi um símbolo da paz. Unificou a África do Sul. Ele realmente era admirado por todos. Era uma emoção muito grande estar presente onde ele estava – comentou Parreira.

Luiz Felipe Scolari Felipão brasil treino joanesburgo (Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm)Felipão falou sobre Mandela (Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm)

Na partida desta quarta-feira, os jogadores da África do Sul vão jogar com o número da cela onde Mandela ficou preso (foram 27 anos de cárcere no total) na parte da frente da camisa (46664). Além disso, a CBF vai entregar uma placa ao presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e doar US$ 50 mil para uma instituição de Mandela.

Em campo, o duelo é muito mais significativo para a seleção brasileira. Afinal, é o último teste da equipe antes de Felipão anunciar os 23 convocados para a Copa do Mundo (isso acontecerá no dia 7 de maio). Fora do Mundial, a África do Sul, sede do último Mundial, ainda espera encontrar o caminho para se recuperar.

FELIPÃO APOSTA EM DUAS NOVIDADES

Fernandinho  BRASIL TREINO joanesburgo (Foto: Mowa Press)Fernandinho completará meio de campo com Paulinho e Oscar (Foto: Mowa Press)

Para o último confronto antes da divulgação da lista final para a Copa do Mundo, no dia 7 de maio, Felipão apostou em duas novidades no time titular. O lateral-direito Rafinha e o volante Fernandinho iniciarão a partida na equipe principal.

A convocação foi a primeira dos dois com Felipão. Porém, ambos já haviam atuado na seleção brasileira em outras ocasiões. Enquanto Fernandinho já havia sido chamado por Mano Menezes, Rafinha tinha atuado com Dunga.

O restante do time mantém a base montada por Felipão na Copa das Confederações. Com a entrada dos dois atletas, o time canarinho vai entrar em campo com a seguinte formação: Julio César; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

– Fernandinho e Rafinha vão começar e podem terminar o jogo – disse Felipão.

rafinha BRASIL TREINO joanesburgo (Foto: Mowa Press)
Titular, Rafinha é novidade na seleção brasileira de Felipão (Foto: Mowa Press)

Além disso, o técnico garantiu que deverá fazer cinco ou seis substituições no duelo diante dos sul-africanos. A tendência é que o treinador teste algumas opções, entre elas a improvisação de Luiz Gustavo ou Daniel Alves pelo lado esquerdo.

A África do Sul vai utilizar a mesma base que venceu a Espanha no ano passado. Naquela ocasião, também no estádio Soccer City, em Joanesburgo, o time bateu os atuais campeões do mundo por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

Brasil: Julio César; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

África do Sul: Williams; Nthete, Ngcongna, Khumalo e Matiaba; Furman, Jali, Claaasen e Manyisa; Parker e Rantie. Técnico: Gordon Igesund.

Data: 05/03/2014
Horário: 14h (de Brasília)
Local: estádio Soccer City, em Joanesburgo, África do Sul
Árbitro: Antonio Caxala (Angola)