Arena Amazonia

Com CR7 apagado, Portugal empata com os EUA e ainda sonha

Cristiano Ronaldo lamenta jogada desperdiçada em EUA e Portugal na Arena Amazônia |Crédito: Jorge Silva/Reuters

Com a obrigação da vitória para ainda continuar sonhando com a classificação, Portugal encarou os Estados Unidos, na Arena Amazônia, pela segunda rodada do grupo G. A equipe lusa chegou a abrir o placar, mas cochilou e permitiu a virada por 2 x 1. Nos acréscimos, Varela empatou com uma cabeçada ‘salvadora’.

Com cinco desfalques e com Cristiano Ronaldo pouco inspirado, em função da tendinite no joelho, Portugal entrou pressioanado. Até que aos cinco minutos, o zagueiro Cameron falhou e Nani ficou livre para abrir o placar: 1 x 0. Os norte americanos não se abateram e criaram algumas boas chances com Dempsey e Johnson, enquanto Nani era quem levava mais perigo para a equipe de Paulo Bento.

Já o melhor do mundo fazia apenas número em campo e pouco produziu na primeira etapa. Na volta do intervalo, aos 10, o zagueiro Ricardo Costa fez um verdadeiro milagre ao salvar, em cima da linha, o chute de Bradley. Aos 17, CR7 tentou jogada individual e isolou o chute. No minuto seguinte, Jones dominou na entrada da área e bateu colocado, sem chances para Beto que apenas olhou a bola morrer na rede.

A seleção portuguesa parecia ter sentido o golpe e não conseguia exercer uma forte pressão. Aos 37, a zaga afastou mal e Dempsey completou o curzamento de barriga para decretar a virada: 2 x 1. Aos 48, Cristiano Ronaldo achou Varela na área, que de cabeça salvou a pele dos Heróis do Mar.

O resultado deixa a seleção dos Estados Unidos com quatro pontos. Enquanto Portugal somou seu primeiro pontinho e ainda sonha com a classificação. Na próxima quinta-feira, os Estados Unidos encaram a Alemanha, enquanto os lusos fazem o duelo direto com Gana.

22/6 – ARENA AMAZÔNIA (MANAUS-AM)

ESTADOS UNIDOS 2 x 2 PORTUGAL

J: Nelson Pitana (Argentina); P: 40.123; G: Nani 5 do 1º; Jones 19, Dempsey 36 e Varela 49 do 2º; CA: Jones

ESTADOS UNIDOS: Howard (6), Johnson (5,5), Cameron (4,5), Besler (5) e Beasley (5); Beckerman (5,5), Jones (6), Bradley (5,5) e Bedoya (5) (Yedlin 26 do 2º (5,5)); Zusi (6) (González 45 do 2º (s/n)) e Dempsey (7) (Wondolowski 42 do 2º (s/n)). T: Jürgen Klinsmann

PORTUGAL: Beto (5), João Pereira (5), Ricardo Costa (6), Bruno Alves (5) e André Almeida (5,5) (William, intervalo (5)); Miguel Veloso (5), João Moutinho (5,5), Raul Meirelles (5) (Varela 24 do 2º (6)) e Nani (6,5); Cristiano Ronaldo (6,5) e Helder Postiga (s/n) (Éder 15 do 1º (5)). T: Paulo Bento

Veja fotos de Camarões x Croácia, na Arena Amazônia-AM

Croácia e Camarões complementaram a segunda rodada do grupo A, em Manaus. Após uma boa apresentação diante do Brasil, os europeus voltaram a mostrar bom futebol e venceram por

A Croácia começou com tudo e aos 10 minutos, a zaga rebateu mal e Perisic  rolou para Olic, que só empurrou para o gol de Intadje. Na sequência, o prórprio Perisic quase ampliou, mas mandou nas mãos do goleiro. Aos 39, o volante Song agrediu Mandzukic sem bola e foi expulso.

Camarões e Croácia fazem duelo inédito para depender só de si por vaga

O empate entre Brasil e México deixou os líderes do Grupo A da Copa do Mundo de 2014 em posição razoavelmente confortável na chave. Mas Camarões e Croácia se enfrentam nesta quarta-feira, às 19 horas, na Arena da Amazônia, e o vencedor dependerá apenas de si mesmo para buscar a classificação nas oitavas de final na partida final desta primeira fase.

A equipe que vencer o duelo inédito em Manaus ficará com 3 pontos, um a menos que Brasi e México. Na terceira rodada, Camarões encaram o Brasil, em Brasília, enquanto o México duela com a Croácia no Recife. As duas partida serão na próxima segunda-feira, às 17 horas (de Brasília)

A Croácia leva vantagem pelo fato de ter mais sorte em Copas do Mundo. Em três participações, já ficou com um terceiro lugar, em 1998, e soma 6 vitórias, 5 empates e apenas 3 derrotas. No entanto, os croatas não conseguem superar a fase de grupos há dois Mundiais.

Já Camarões, que surgiu como grande promessa do continente africano ao chegar às quartas de final em 1990, nunca mais repetiu a bela campanha da Copa na Itália. Os camaroneses somam apenas 4 vitórias e têm 10 derrotas em Mundiais, além de terem empatado 7 vezes. Para piorar, é improvável que a principal estrela dos Leões Indomáveis, Samuel Eto’o, jogue a partida por conta de uma lesão no joelho.

Veja as possíveis escalações das equipes:

CAMARÕES: Itandje; Bedimo, Nkoulou, Chedjou e Assou-Ekotto; Mbia, Song e Makoun; Moukandjo, Aboubakar (Eto’o) e Choupo-Moting.Técnico: Volker Finke

CROÁCIA: Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren, Vrsaljko (Pranjic); Olic, Rakitic, Modric (Kovacic), Brozovic, Perisic; Mandzukic. Técnico: Niko Kovac

Fonte: PLACAR