AVC

Ex-presidente do Sport, Sílvio Guimarães, morre aos 66 anos

Autor: Wladmir Paulino

No dia de seu aniversário, o Sport Club do Recife perde um de seus maiores defensores. O ex-presidente Sílvio Guimarães morreu por volta do meio-dia (13) desta terça-feira no Hospital Santa Joana. Ele estava internado na UTI do centro hospitalar há 25 dias em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral. Os locais de velório e enterro ainda não foram definidos pela família

Sílvio Alexandre Guimarães era médico ortopedista e tinha 66 anos de idade. Presidiu o clube no biênio 2009/2010, tendo conquistado o tetra e o pentacampeonato pernambucano, além de disputar a Copa Libertadores da América em 2009. Foi vice-presidente nos dois anos anteriores, quando o dirigente máximo era Milton Bivar. O estilo direto e centralizador rendeu várias críticas de torcedores e ex-dirigentes. Um dos seus desafetos é o atual presidente do Conselho Deliberativo, Gustavo Dubeux, de quem foi aliado quando era presidente-executivo.

Embora tenha abraçado a medicina, Sílvio dedicou grande parte de sua vida ao clube que tornou-se um amor de família. Ele é filho do jornalista Haroldo Praça, ex-jogador de futebol e autor do gol da vitória do Sport no jogo de inauguração da Ilha do Retiro. O próprio Sílvio também foi atleta de vôlei do clube.

No Sport, exerceu as funções de médico e diretor médico. Emprestou seu conhecimento ao futebol pernambucano. Foi vice-presidente da Federação Pernambucana de Futebol entre 1985 e 1995. Também integrou a Comissão Nacional de Arbitragem, mesmo não tendo sido árbitro. Nos últimos anos, configurou-se numa das vozes contrárias à construção da arena do Sport.