BOA ESPORTE 0X1 NÁUTICO

No último minuto, Náutico vence o Boa Esporte e se mantém na liderança

Na Série B quem quiser brigar pelo acesso precisa aproveitar oportunidades de pontuar fora de casa. O Náutico fez isso diante do Boa Esporte neste sábado, no estádio Municipal de Varginha. Venceu, e foi chorado.

Quando tudo encaminhava para um empate sem gols e de poucas chances, eis que apareceu o garoto Diego, que havia entrado no segundo tempo, para aproveitar o toque de Renato e empurrar a bola para o fundo das redes, aos 48 minutos do segundo tempo.

Com o resultado o Timbu chegou a terceira posição com seis pontos, mantendo cem por cento de aproveitamento.  Na próxima terça-feira (19) recebe o Criciúma, do técnico Moacir Júnior, na Arena PE, às 21h50. Já o Boa vai até Curitiba encarar o Paraná, que tomou 4×1 do Santa Cruz nesta rodada.

O jogo

O primeiro tempo não foi bom no quesito técnico. O Boa jogando em casa entrou com três zagueiros, mas variou muito o esquema e acabou se confundido no posicionamento. Poucas chances de gols apareceram, mas o Náutico ainda sim foi melhor em campo.

Douglas teve a melhor de todas, aos 35 minutos, quando ficou de frente para o gol e chutou em cima do goleiro. Hiltinho também tentou duas vezes, mas mandou a bola por cima. Faltou intensidade ao Timbu, variar mais o posicionamento e aproveitar a velocidade do trio Patrick Vieira, Hiltinho e Rogerinho.

Não fosse as jogadas de bola parada, Patrick Vieira passaria despercebido no primeiro tempo. Já Rogerinho praticamente não participou na primeira parte. Atrás Fabiano Eller e Ronaldo Alves mais uma vez seguraram bem e não deixaram o goleiro Júlio César trabalhar.

Na etapa final o time de Varginha voltou melhor e criou três chances de gol nos primeiros minutos. Aos poucos o Náutico equilibrou a partida, mas continuou com os mesmos erros e não conseguiu assustar o goleiro Andrei.  Aos 15 minutos as coisas complicaram com a expulsão de Patrick Vieira. Lisca então resolveu mudar. Colocou Carmona e Diego nos lugares de Rogerinho e Guilherme.

O Boa não soube aproveitar a vantagem numérica. No apagar das luzes, aos 48 minutos, Renato desceu pela esquerda e tocou para o lado, Diego correu mais que os zagueiros e empurrou para as redes, anotando o gol salvador do time alvirrubro.

FICHA DA PARTIDA – BOA ESPORTE X NÁUTICO

Boa Esporte: Andrey; Raphael Silva, Wallace, Leonardo e Pirão; Everton Sena, Cléo (Naldo), Danilo Neves (Walisson Pikachu) e Bruninho; Mardley e Ramón (Rodrigão). Técnico: Ney da Matta

Náutico: Júlio César; Guilherme (Diego), Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Gastón; João Ananias, Marino, Patrick Vieira e Hiltinho; Rogerinho (Carmona) e Douglas (Renato). Técnico: Lisca

Série B (2ª rodada). Local: Estádio do Melão, Varginha (MG). Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus – RJ. Auxiliares: Luiz Claudio Regazone – RJ e Eduardo de Souza Couto – RJ. Cartões amarelos: Boa – Cléo, Mardley, Wallace, Pirão; Náu – Fabiano Eller, Patrick Vieira. Cartão vermelho: Patrick Vieira. Gol: Diego (aos 48 minutos do 2° tempo).