Botafogo 1×1 Santa Cruz

Sport cede empate com o Botafogo e chega à sexta rodada sem vencer

Autor: Marina Padilha

Por pouco o Sport acabou com o jejum de cinco rodadas sem vencer, mas acabou cedendo o empate e ficou em 1×1 com o Botafogo na noite deste domingo, em Volta Redonda (RJ). A partida, válida pela 29ª rodada da Série A, foi equilibrada e começou com o Leão na frente. Aos 21 minutos do primeiro tempo, Diego Souza marcou um golaço – o segundo do meia com a camisa rubro-negra. Mas de tanto pressionar, o Fogão chegou ao empate com Wallyson na segunda etapa do jogo.

Assim como iniciou o jogo, o time rubro-negro ficou na 12ª colocação na tabela, agora com 37 pontos. Com sete pontos a menos, o alvinegro subiu duas posições e ficou na porta da zona de rebaixamento, sendo o 17º colocado. Na próxima rodada, o Sport recebe o Goiás na Ilha do Retiro. O jogo é na quarta (22), às 22h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, o Botafogo vai ao Paraná, onde enfrenta o Coritiba.

Jogo – Apesar de ter menor posse de bola, o Sport foi mais objetivo em campo e soube se aproveitar do erro e do desespero do Botafogo para sair à frente no placar. Se era um resultado das mudanças de Eduardo Baptista ou da palestra motivadora que tiveram com o ex-comandante do Bope não se sabe, mas os rubro-negros pareciam mais concentrados do que nas últimas rodadas.

Improvisado na defesa, já que Durval estava suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo na competição, o volante Wendel deu conta do trabalho e conseguiu segurar o ataque alvinegro. Recuperado de lesão e recém-liberado pelo departamento médico, Rodrigo Mancha foi outro destaque do primeiro tempo, inclusive quando em menos de dois minutos de jogo mandou uma bola na trave de Jefferson – a primeira jogada de perigo do jogo.

Em menos de sessenta segundos, foi a vez do Botafogo tentar abrir o placar. Henrique Mattos acabou se distraindo na saída de bola e foi desarmado por Wallyson que avançou com velocidade pela esquerda, mas acabou chutando cruzado para fora.

Só aos 21 minutos a rede balançou no Volta Redonda. Diego Souza recebeu de Henrique Mattos pouco depois do meio-campo e avançou com velocidade, jogada de perigo típica do Camisa 87 que colocou a zaga no bolso e marcou um golaço – o segundo do meia com a camisa rubro-negra. Depois, ainda mais pressionado pela torcida, o Fogão pareceu aceitar as vaias como incentivo e pressionou a zaga leonina, mas não conseguiu chegar ao empate antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, as duas equipes voltaram com a mesma formação e pegada do primeiro tempo. Ambas com velocidade e posturas mais ofensivas. Desesperado pelo empate, o Botafogo chegou a cavar dois pênaltis: um com Jobson e depois com Rogério, mas o árbitro mineiro estava bem colocado em ambas as ocasiões e não marcou.

Sem precisar de simulação, o time carioca chegou ao empate aos 14 minutos com um toque rubro-negro. Em cobrança de falta, Wallyson mandou rasteiro. Magrão ainda ia chegar na bola, mas com desvio de Patric, o goleiro rubro-negro acabou se confundindo e não alcançou – 1×1.

Ficha Técnica: Botafogo 1 x 1 Sport

Botafogo: Jefferson; Régis (Andreazzi), Dankler, Matheus Menezes, Junior Cesar; Airton (Zeballos), Gabriel, Ramírez; Rogério, Wallyson e Jobson. Técnico: Vagner Mancini.

Sport: Magrão; Patric, Henrique Mattos, Wendel e Renê; Ronaldo, Rodrigo Mancha (Rithely), Ibson (Zé Mário) e Diego Souza; Felipe Azevedo (Érico Júnior) e Ananias. Técnico: Eduardo Baptista.

Campeonato Brasileiro (Série B) – 29ª rodada. Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Assistentes: Márcio Eustaquio Santiago e Celso Luiz da Silva (ambos de MG).
Gols: Diego Souza (21’/1ºT) e Wallysson (14’/2ºT)
Cartão amarelo: Ananias (45’/2ºT)
Público: 3.059
Renda: R$ 33.490