Classificada

Holanda vira em cinco minutos e México novamente cai nas oitavas

Jogadores da Holanda comemoram gol do Sneijder contra o México | Crédito: Marcelo Del Pozo / REUTERS

Debaixo de um sol escaldante Holanda e México se enfrentaram na Arena Castelão, em Fortaleza, em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo. La Tri saiu na frente, mas parou no final e em cinco minutos sofreu a virada por 2 x 1. Com isso, a ‘maldição’ das oitavas persiste, pois desde 1994 os mexicanos sempe caem nesta fase do torneio.

Por conta do forte calor, a Holanda adotou a estratégia de cadenciar o jogo, e pouco ameaçou no início. Aos, cinco minutos, o volante De Jong sentiu uma fisgada e saiu para a entrada de Indi. O México chegou com perigo, aos 17, Peralta rolou para o meio e Herrera bateu rasteiro próximo ao pé da trave. La Tri novamente assustou com Peralta, em dividia com De Vrij.

Confira o minuto a minuto da partida

A seleção holandesa tinha mais posse de bola, porém o México seguia assustando. O volante Salcido arriscou de fora da área e o goleiro Cilessen espalmou para escanteio.

Apagado na partida, o atacante Van Persie teve um boa chance aos 27, porém mandou por cima do gol de Ochoa. Os laranjas apenas tocavam e claramente davam mostras de que estavam se preservando para a segunda etapa. Por isso, a chance mais clara novamente foi mexicana, em rápido contra-ataque Giovani dos Santos bateu cruzado e Cilessen defendeu com o pé.

Na volta do intervalo, logo aos três minutos, Giovani dos Santos dominou na entrada da área e bateu no canto, sem chances para Cilessen. Com o 1 x 0, os comandados recuaram e passaram a oferecer a intermediária para a Holanda. O empate quase veio com o zagueiro De Vrij, que escorou o escanteio da direita, a bola bateu em Ochoa e depois na trave.

O técnico Miguel Herrera sacou o ‘desagastado’ Giovani dos Santos e colocou Aquino para controlar mais o meio. Nas poucas vezes em conseguiu pegar na bola, Robben levou Rafa Márquez e bateu cruzado em cima do goleiro mexicano. Na sequência, Chicharito Hernández entrou no lugar de Peralta, enquanto do outro lado, Van Gaal sacou Van Persie para a entrada de Huntelaar.

Aos 42, o atacante teve participação decisiva ao ajeitar de cabeça para o meio de área, e Sneijder pegou de frente para decretar o empate. Visivelmente abatido, o México parou em campo e Robben fez fila na área até ser derrubado por Rafa Márquez. Huntelaar bateu e se consagrou como o grande herói.

Agora, nas quartas de final, a Holanda encara o vencedor de Costa Rica ou Grécia.

Fonte: PLACAR