Copa do Brasi

Náutico tenta reverter a derrota para o Sergipe e avançar de fase na Copa do Brasil

Lisca deslocou Zé Mario para a lateral esquerda, mesmo assim, ele é uma das esperanças na criação de jogadas do alvirrubro. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Autor: Matheus Albino

A primeira de duas decisões que o Náutico irá enfrentar nesta semana será contra o Sergipe na Arena Pernambuco nesta quarta-feira às 19h30 no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil.

Em campo o time precisa reverter o placar de 1×0 conquistado pelos sergipanos no estádio Presidente Médici em Itabaiana-SE. Aliás, o campo foi motivo de muitas reclamações por parte dos alvirrubros que não conseguiram colocar a bola no chão como estão acostumados.

“Eles estavam acostumados a jogar naquele gramado e o nosso time não. Estamos adaptados ao tapete da Arena PE e é nele que vamos reverter esse placar”, afirmou o meia Marcos Vinícius.

Basta uma vitória por 2×0 para o alvirrubro avançar de fase. Se devolver o 1×0 teremos decisão por pênaltis e qualquer vitória por dois gols ou mais dá ao Náutico o direito de enfrentar o vencedor de América-RN x Boa Vista-RJ na segunda fase.

Náutico vai precisar muito de seu goleiro na partida. Principalmente se for para o pênaltis.Foto: Guga Matos/JC Imagem

Náutico vai precisar muito de seu goleiro na partida. Principalmente se for para o pênaltis.Foto: Guga Matos/JC Imagem

O Sergipe joga por um empate ou até mesmo por uma derrota por um gol de diferença a partir do 2×1. O técnico Lisca tratou de avisar que caso o time sofra um gol não será preciso entrar em desespero, e que a sua equipe tem condições de superar qualquer obstáculo que os sergipanos possam colocar.

“Se levarmos um gol não podemos tratá-lo como um fantasma que irá nos atrapalhar no jogo. Temos condições de marcar mais três e sair com a vaga. Estamos preparados para qualquer tipo de situação”, afirmou.

Em caso de pênaltis ele (Lisca) e o goleiro Alessandro mesmo não querendo passar pelas penalidades garantiram que o Timbu está pronto para as cobranças.

“Acredito que pênalti não é loteria, é competência e fruto de um om trabalho”, falou Lisca. “Vai ser muito complicado reverter essas duas situações, mas estamos prontos para vencer tanto na Copa do Brasil como também no Estadual. Espero que apenas no Pernambucano a decisão seja por pênaltis”, comentou Alessandro.

A postura do adversário será defensiva, tanto que o técnico Vinícius Saldanha armou o time no 3-6-1. Com isso, o Náutico deve partir com tudo em busca do resultado e promete ser intenso desde os primeiros minutos de jogo.

“Eles vão jogar um pouco mais retraídos mas não vão deixar de atacar, pois sabem da importância de marcar um gol na nossa casa”, afirmou Lisca.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

“Eles vão se defender muito, pois tem a vantagem no placar agregado, por isso precisamos ir pra cima desde o início do jogo”, falou Alessandro.

Na escalação alvirrubra, muitas dúvidas ainda, mas Lisca deu pistas da equipe que vai mandar à campo. Em relação ao time que enfrentou o Salgueiro no último domingo sete mudanças entre os titulares: Leonardo no lugar de Flávio; Zé Mário na vaga de Gerley na lateral esquerda; Yuri no lugar de Dê; Marcos Vinícius entra e sai Roberson; Leleu no meio no lugar de Zé Mario e no ataque saem Paulo Júnior e Marcelinho e entram Geovane e Rodrigo Careca.

“Na minha cabeça estão passando muitas coisas para esse jogo decisivo, mas posso garantir que o Marcos Vinícius volta ao time, o Leonardo vai na zaga mas não sei com quem irá formar a dupla e no ataque o Geovane deve ganhar uma chance assim como o Rodrigo Careca.

O adversário (com informações de Felipe Amorim do JC Online)

O Sergipe depende de suas próprias forças para sair com a classificação da Arena PE. O técnico Vinícius Saldanha ganhou um desfalque de última hora, foi o lateral-esquerdo Rômulo que está com uma virose e sequer viajou para o Recife.

No seu lugar entra Edinho. Também não irão para o jogo os atacantes Naoh e Bruno Gaúcho e o meia Bruno Iotti.

Ficha de jogo
Náutico: Alessandro; Jackson (Helder Maurílio), William Alves (Flávio), Leonardo e Zé Mario; Elicarlos, Yuri, Leleu e Marcos Vinícius;; Careca e Geovane. Técnico: Lisca.
Sergipe: Pablo;Moíses, Fernando Belém e Lelo; Bruno Bacabal, Rafael, Raphinha, Clóves, Jonathan e Edinho; João Paulo. Técnico: Vinícius Saldanha.

Copa do Brasil (primeira fase)
Local: Arena Pernambuco
Horário: 19h30
Árbitro: Charles Ferreira (AL)
Assistentes: José Maria Neto e Luis Correa (ambos PB)
Ingressos: de R$ 25 sa R$ 120.