Criciúma 0x0 Santa Cruz

Santa Cruz segura o Criciúma mas distância para o G4 aumenta

Autor: Wladmir Paulino

Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma

Mesmo com um péssimo segundo tempo o Santa Cruz conseguiu segurar o 0x0 contra o Criciúma e somou um ponto importante em sua caminhada na Série B na tarde deste sábado (25), em Santa Catarina. O resultado fez o time chegar aos 19 pontos e manter a nona posição na competição mas com um ponto a mais distante do G4 – de seis aumentou para sete. Na próxima rodada, o time recebe o Bahia, no Arruda.

A incapacidade de criar opções de jogo dos dois times foi o grande vilão do primeiro tempo. O lado bom disso é que pelo menos na hora de tirar o espaço um do outro ambos mostraram eficiência com sistemas de marcação bem parecidos. Tanto os tricolores quanto os aurinegros iniciavam a pressão no círculo central com quatro ou cinco jogadores – a depender de quantos atletas o adversário tinha no setor. Com isso, a saída de jogo ficou bastante prejudicada.

A saída? Lados do campo. Com dois atacantes abertos o Criciúma forçou um pouco mais pelo lado esquerdo. Já o Santa foi mais uniforme. Porém em termos de eficiência ambos foram fracos. Na única finalização conseguida, Anderson Aquino cabeceou para o gol um cruzamento de Bileu, mas estava impedido. Já o time da casa rondou, rondou mas só conseguiu chutar de longe. E isolou todas as vezes.

santacruz-divulgacao

Na volta para o segundo tempo o Criciúma tentou explorar mais o corredor central do campo. E antes dos dez minutos teve duas boas oportunidades com Natan. Na primeira, Danny Morais bloqueou o chute. Na segunda, o ex-jogador do próprio Santa tentou driblar Tiago Cardoso e simulou a penalidade. Ganhou cartão amarelo.

O tricolor limitou-se a uma tentativa de Renatinho por cobertura aos oito minutos. Depois disso, a marcação do Criciúma levou vantagem no meio e manteve o time catarinense com mais volume de jogo ofensivo e comandado pelo volante Paulinho, articulador de todas as jogadas perigosas e, mesmo assim, deixado livre pelos tricolores. Na melhor delas, ele lançou Roger Guedes, que tentou de primeira mas Tiago Cardoso defendeu. No penúltimo minuto Neris deu uma cabeçada para Neris fazer grande defesa.

Ficha do jogo:

Criciúma: Luiz; Jonas (Maicon Silva), Wanderson, Adalberto e Cristiano; Paulinho, Wellington e Natan (Roger Guedes); Juba, Neto Baiano e Lucca (Maurinho). Técnico: Petkovic.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Bileu, Neris, Danny Morais e Marlon (Lúcio); Moradei, Wellington César, Daniel Costa (Luisinho) e Renatinho; Lelê e Anderson Aquino (Waldison). Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: Heribeto Hülse (Criciúma-SC). Árbitro: Alinor Silva da Paixão. Assistentes: Paulo César Silva Faria e Marcelo Grando (todos do MT). Gols: . Cartões amarelos: Natan, Tiago Cardoso e Renatinho. Público: 4.471.