Durval

Com alerta ligado, Sport recebe o Grêmio na Ilha do Retiro

Sem Neto Baiano, Leonardo terá a missão de marcar os gols da equipe. Foto: Guga Matos/JC Imagem – Autor: Matheus Albino

Com apenas sete rodadas disputadas pode até parecer um pouco cedo para falar em rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A. Porém, nunca é demais acender o sinal de alerta e trabalhar forte para se distanciar da zona indesejável o quanto antes. É por isso que o Sport já ligou o seu sinal de alerta e não quer mais perder pontos na competição até a parada para a Copa.

Principalmente depois da goleada sofrida para o Corinthians na última rodada. Com a derrota, já são dois jogos sem saber o que é vencer (perdeu para o Cruzeiro na rodada anterior). Para o próximo compromisso do Leão na elite nacional, nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Grêmio, na Ilha do Retiro, o time terá uma boa oportunidade de quebrar o jejum de vitórias, como também de se distanciar da zona da degola.

Atualmente na 14 posição com sete pontos, dois a mais que o primeiro dentro da zona, o Botafogo, os rubro negros sabem da importância de vencer uma equipe favorita ao pelotão de cima da tabela para ganhar moral. “Claro que o alerta está ligado, até mesmo quando estamos em uma grande fase o alerta está ligado, para não deixar o time se acomodar. Temos que ter tranquilidade para voltar a vencer, e espero que possamos fazer um bom jogo diante do Grêmio”, disse o meia Ananias.

 Ananias está de volta ao time titular. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Ananias está de volta ao time titular. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Aliás, ele é uma das novidades na equipe do técnico Eduardo Baptista. O meia-atacante ganhou a vaga de Neto Baiano, expulso contra o Corinthians. Outra mudança forçada é a entrada de Ewerton Páscoa na defesa, no lugar de Durval, outro expulso contra o time paulista. A terceira mudança de Eduardo foi a volta do garoto Érico Junior aos 11 iniciais. Ele ficou com a vaga de Renan Oliveira que não vem rendendo o esperado.

E por falar no treinador, ele pregou muito respeito ao adversário que está na quarta colocação com 13 pontos. “É um time muito forte na marcação. Eles vão ter o Zé Roberto que é um volante que sabe sair para o jogo. O Alan Ruiz que é um bom jogador, o Rodriguinho que vive uma grande fase e o Dudu que é muito rápido e sabe conduzir bem a bola”, comentou.

Outro jogador importante do Tricolor é o atacante argentino Barcos, mas que não vive uma boa fase. No último jogo, contra o São Paulo, o Pirata perdeu boas chances no Morumbi e viu a sua equipe sair derrotada por 1×0, o que deixou os torcedores gremistas bastante irritados com o seu artilheiro. No entanto ele ainda preocupa o treinador rubro negro. “O Barcos é um artilheiro, não vive uma boa fase mas pode aparecer a qualquer momento”, afirmou.
O adversário

O Grêmio vem de derrota para o São Paulo no Morumbi. Apesar do revés, o Tricolor está no G-4 que garante vaga para a próxima edição da Libertadores. Para encarar o Leão, o técnico Enderson Moreira terá os desfalques de Ramiro, lesionado, e Riveros, suspenso pelo terceiro amarelo. Por isso ele resolveu escalar o experiente Zé Roberto na posição de volante.

Os gremistas também estão com o alerta ligados, mas não pela posição na tabela, e sim, pelos gols de cabeça que o time vem sofrendo nos últimos jogos. Foi por esse fator negativo que o comandante treinou bastante as jogadas de bola parada, afim de evitar novos gols em jogadas aéreas.

Ficha de jogo
Sport: Patric, Ferron, Ewerton Páscoa e Renê, Rodrigo Mancha, Rithelly, Augusto César e Érico Júnior; Ananias e Leonardo.Técnico: Eduardo Baptista.

Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Edinho, Zé Roberto, Alan Ruiz, Rodriguinho e Dudu; Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

Campeonato Brasileiro Série A (8° rodada)
Local: Ilha do Retiro
Horário: 19h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique – RJ
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Claudio Regazone (ambos RJ)

De volta à Ilha, Sport comete falhas na defesa e é goleado pelo Corinthians

Alexandre Barbosa – Diário de Pernambuco

 O retorno do Sport à Ilha do Retiro esteve longe de ser como a torcida imaginava. Após três partidas atuando longe de casa, o Leão queria uma vitória diante do Corinthians, neste domingo. Mas o resultado final foi um desastre. Com problemas defensivos e duas expulsões durante o jogo (Durval e Neto Baiano), o Leão foi goleado pelo Timão, por 4 a 1.


O Sport manteve a posse de bola por mais tempo que o Corinthians no início do jogo, mas não teve a objetividade necessária. O adversário, por sua vez, entrou com uma proposta bem definida, de marcar forte atrás e trabalhar com velocidade no ataque. Essa postura do time paulista trouxe dificuldade ao Leão, principalmente por conta da lentidão da sua defesa. Romarinho e Jadson tinham uma boa movimentação, sabendo trabalhar bem com Guerrero, mais centralizado.

Na volta para o segundo tempo, o Sport partiu para o abafa e chegou a pressionar o Corinthians nos primeiros cinco minutos. Neto Baiano teve uma boa oportunidade, mas o goleiro Walter salvou. No lance seguinte, contudo, a vitória do Corinthians seria sacramentada. Durval cometeu pênalti em Bruno Henrique. Como já tinha amarelo, foi expulso. Na cobrança, Jadson fez 3 a 1. Com um a menos, apesar da luta dos jogadores em campo, ficou difícil enfrentar o adversário de igual para igual.E foi aproveitando um erro no ataque do Sport que o Corinthians partiu para o contra-ataque, aos 20. Guerrero ajeitou para Romarinho, que bateu da entrada da área, fazendo 1 a 0. Havia sido a segunda finalização do Timão na partida. Empurrado pela torcida, o Leão não se abalou com o gol sofrido. Manteve a posse de bola e precisou distribuir melhor a bola para chegar ao empate. Até então, os rubro-negros concentravam demais as jogadas pelo lado direito.

Quando inverteu a jogada uma vez, com Renan Oliveira do lado esquerdo, o Sport marcou o seu gol. Aos 27, o meia cruzou para a área, Leonardo escorou de cabeça e Augusto, em mais uma boa aparição no ataque, tocou para o gol. Um outro problema do Leão, no entanto, era a falta de agilidade na criação. Diante de uma marcação eficiente do Corinthians, o Rubro-negro não conseguia construir as jogadas.

Atrás, o Sport continuava sofrendo com a lentidão do sistema defensivo. Foi assim que, aos 38, Romarinho quase passou por Durval. Ele entraria livre na área, mas foi derrubado quase em cima da linha. Na cobrança, porém, Jadson bateu, a bola desviou em Patric e entrou. O Corinthians ficaria novamente em vantagem.

O Corinthians passou a conduzir o jogo com facilidade. Foi com tranquilidade que Guerrero invadiu a área pelo lado direito e cruzou. Romarinho, livre no meio da área, apenas tirou de Magrão. Agora, era goleada, 4 a 1. Ruim? Mas ficou ainda pior quando Neto Baiano também foi expulso. Com nove em campo, a missão rubro-negra era evitar um placar mais elástico. O jeito foi tocar a bola e evitar uma maior exposição até o apito final do juiz.

Ficha do jogo

Sport 1
Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely (Wendel), Augusto e Renan Oliveira (Felipe Azevedo); Neto Baiano e Leonardo (Ewerton Páscoa). Técnico: Eduardo Baptista

Corinthians 4
Cássio (Walter); Fágner, Gil, Cleber e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique (Renato Augusto), Petros e Jadson; Romarinho (Luciano) e Paolo Guerrero. Técnico: Mano Menezes

Estádio: Ilha do Retiro. Árbitro: Pericles Bassols (Fifa-RJ). Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Michael Correia (ambos do RJ). Gols: Romarinho (aos 20 minutos do 1ºT), Augusto (aos 27 minutos do 1ºT, aos 23 do 2ºT), Jadson (aos 38 do 1ºT, aos 9 do 2ºT). Cartões amarelos: Augusto, Patric (S), Bruno Henrique (C). Cartão vermelho: Durval e Neto Baiano (S).

Fim da novela: Sport acerta com Durval e apresentação deve ser em amistoso

Por Daniel Leal – Diário de Pernambuco

Após muito disse-me-disse e uma quase interminável novela, finalmente eis que o zagueiro Durval é mesmo o novo reforço do Sport para a temporada 2014. O atleta de 33 anos retorna ao Leão após quatros, após a fatídica campanha da Série A em 2009, quando o clube foi rebaixado. O contrato com o Rubro-negro será de dois anos.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com toda a cúpula da diretoria de futebol do Leão, porém sem sucesso. Mas a notícia foi publicada no perfil oficial do clube no Twitter. Vale ressaltar que, nessa terça-feira, os gestores já haviam falado em anunciar um reforço de peso.

 Durval volta ao Sport depois de também passar por um período vitorioso no Santos. Ele foi tricampeão paulista, além de campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores. O defensor chegou a ser dado como reforço certo do Leão na metade da última temporada, mas desistiu. A novela ainda seguiu no começo deste ano, mas teve o fim esperado pela torcida rubro-negra.

Até o momento, o Sport conta com sete reforços para a temporada. Além de Durval, o clube também fechou com os zagueiros Ewerton Páscoa, Ferron e Enrique Meza. As outras duas peças foram o volante Rodrigo Mancha e o meia Erick Flores. No fim da tarde desta quarta, os diretores ainda confirmaram a contratação do lateral esquerdo Igor Fernandes, revelado pelo Corinthians.