eliminatórias para a Copa do Mundo-2018.

Brasil bate a Colômbia e vai à vice-liderança das Eliminatórias

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 1 COLÔMBIA

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)

Data: 6 de setembro de 2016, terça-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)

Assistentes: Ivan Nuñez e Gustavo Rossi (ambos da Argentina)

Público: 36.601 pessoas

Renda: R$ 5.840.500,50

Cartões amarelos: Paulinho, Neymar, Marcelo e Giuliano (Brasil); Medina (Colômbia)

Gols: BRASIL: Miranda, a 1 minuto do primeiro tempo, e Neymar, aos 28 minutos do segundo tempo; COLÔMBIA: Marquinhos (contra), aos 35 minutos do primeiro tempo

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Giuliano), Willian (Philippe Coutinho), Renato Augusto e Neymar; Gabriel Jesus (Taison)

Técnico: Tite

COLÔMBIA: Ospina; Medina, Óscar Murillo, Jeison Murillo e Díaz; Carlos Sánchez, Barrios, Macnelly Torres (Cuadrado) e James Rodríguez; Muriel (Marlos Moreno) e Bacca (Martínez)

Técnico: José Pékerman

Com Jesus nas alturas, Brasil vence Equador

Quito, 1 Set 2016 (AFP) – Ficha técnico do duelo entre Brasil e Equador (3-0), pela 7ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo-2018.

Equador – Brasil 0 – 3 (0-0)

Estádio: Olímpico Atahualpa (Quito)

Público: 33.000 espectadores

Temperatura: 14°C, frio.

Árbitro: Enrique Cáceres. Assistentes: Eduardo Cardozo e Milcíades Salívar (trio paraguaio)

Gols:

Brasil: Neymar (71, penal), Ayoví (86, autogol), Gabriel Jesús (90+2)

Cartões amarelos:

Equador: Bolaños (15), Montero (29), Paredes (61), Domínguez (71)

Brasil: Paulinho (31)

Expulsados:

Equador: Paredes (76)

Escalações:

Equador: Alexander Domínguez – Juan Carlos Paredes, Gabriel Achiller, Arturo Mina, Walter Ayoví – Christian Noboa, Carlos Gruezo (Fernando Gaibor, 82), Jefferson Montero – Enner Valencia, Miller Bolaños e Felipe Caicedo (Renato Ibarra, 66). T: Gustavo Quinteros.

Brasil: Alisson – Daniel Alves, Marquinhos, Miranda, Marcelo – Casemiro, Renato Augusto, Paulinho, Willian (Philippe Coutinho, 59) – Gabriel Jesús e Neymar. T: Tite.