Everton Felipe

Com participação de árbitro de vídeo, Sport vence Salgueiro e é campeão pernambucano

Ficha do Jogo

Salgueiro 0

Mondragon; Marcos Tamandaré, Ranieri, Luiz Eduardo e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Toty e Álvaro; Jean Carlos (Dadá) e William Lira. Técnito: Evandro Guimarães.

Sport 1

Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Raul Prata (Evandro); Rodrigo (Thallyson), Rithely, Everton Felipe e Diego Souza; Lenis (Leandro Pereira) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Estádio: Cornélio de Barros, em Salgueiro-PE. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO). Assistentes: Emerson A. de Carvalho (FIFA-SP) e Marcelo Van Gasse (FIFA-SP). Árbitro de vídeo: Péricles Bassols. Gol: Everton Felipe (31’ do 2T) (SPO). Cartões amarelos: Jean Carlos, Rodolfo Potiguar e Daniel (SAL); Durval, Lenis, Fábio e André (SPO). Público e Renda: Não divulgado.

Advogado de suspeito diz que ele confessa crime e que vai ficar preso

Autor: Thiago Wagner

O advogado Adelson José da Silva concedeu entrevista para a imprensa no início da noite desta segunda-feira, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, e confirmou que um dos suspeitos de ter matado Paulo Ricardo Gomes da Silva, na última sexta-feira, no Arruda, depois do jogo entre Santa Cruz e Paraná, confessou o crime diante da Polícia Civil. Everton Felipe, 23 anos, vai ficar preso indo para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, somente nesta terça-feira. Ele vai ser indiciado por homicídio qualificado.

Além disso, o advogado do suspeito adiantou que foi revelada a participação de outras duas pessoas no ocorrido, que ainda não foram detidas até o momento.

Sobre a motivação do crime, Adelson adiantou que o suspeito disse não saber porque jogou a privada para fora do Arruda e que demonstrou arrependimento. “Ele disse que não sabe porque fez isso, mas demonstrou estar arrependido”, afirmou.

O defensor, que não participou de todo o depoimento, disse ainda que não sabe como foi feito o crime ou se houve invasão do Arruda conforme chegou a especular os dirigentes do Santa Cruz.

Everton Felipe foi preso depois de investigações do Disque-Denúncia. Ele foi preso na tarde desta segunda-feira, em uma escola particular, em Ouro Preto, Olinda.

Relembre o caso

O advogado Adelson José da Silva foi contratado pela família para defender o suspeito de ter atirado uma privada de dentro do estádio do Arruda. O objeto atingiu Paulo Ricardo, que morreu na hora.