Grupo C

Sonhando com título, Vitória estreia na Libertadores

Por: Assessoria FPF

Pentacampeão pernambucano e duas vezes vice-campeão da Copa do Brasil, o Vitória estreia nesta quinta-feira (6), às 8h (horário do Recife), contra o Rocafuerte (Equador), no Estádio AD Parahyba, em São José dos Campos, pela Copa Libertadores de Futebol Feminino.

O Tricolor das Tabocas se reforçou para a competição e sonham em conquistar o título continental. Em 2012, a competição foi disputada em Pernambuco e o Vitória terminou no quarto lugar.

O time pernambucano está no Grupo C que conta também com o  Formas Íntimas (Colômbia) e Cerro Porteño (Paraguai).

Avançam para a semifinal os melhores de cada grupo e o segundo melhor colocado geral. A final será dia 16, no Estádio Martins Pereira.

Náutico enfrenta Salgueiro no Nordestão; Sport no Grupo B

Autor: Thiago Wagner

O Náutico terá o Salgueiro pela frente na primeira fase da Copa do Nordeste 2015. O Timbu caiu no Grupo C e terá ainda o Moto Club e o Piauí no caminho. O Sport está no Grupo B ao lado de Sampaio Corrêa, Socorrense e Coruripe. O Leão é o atual campeão da competição. O sorteio ocorreu na noite desta quinta-feira, no Recife. O Nordestão começa no dia 4 de fevereiro. O Santa Cruz não disputa o regional porque não conseguiu classificação.

Atual vice-campeão, o Ceará caiu em um chave complicada ao lado de Fortaleza, Botafogo-PB e River no Grupo D.

Os baianos ficaram em grupos considerados fáceis de passar. O Vitória ficou no Grupo A ao lado de Serrano, Confiança e América-RN. Já o Bahia ficou no E com Globo, Campinense e CRB.

Os primeiros colocados de cada grupo classificam para a próxima fase. O mata-mata é complementado com os três melhores segundos colocados. Depois disso, o regional entra na fase do mata-mata.

Além do sorteio dos grupos, houve ainda a apresentação do mascote da competição, o Zeca Brito, da bola Asa Branca II e da taça do Nordestão, que foi alterada para incluir Maranhão e Piauí. A Liga do Nordeste também elegeu a seleção da edição 2014. O Sport dominou a equipe que ficou da seguinte maneira: Magrão (Sport), Patric (Sport), Durval (Sport), Sandro (Ceará) e Renê (Sport), Luciano Sorriso (na época jogava pelo Santa Cruz), Rithely (Sport), Ricardinho (Sport) e Daniel Costa (na época no CSA); Neto Baiano (Sport) e Magno Alves (Ceará). Renê foi eleito a revelação do torneio, enquanto que Neto Baiano o craque. Eduardo Baptista foi o melhor técnico.

Abaixo, os grupos do Nordestão:

Grupo A
Vitória-BA
América-RN
Confiança-SE
Serrano-BA

Grupo B
Sport
Sampaio Corrêa
Coruripe-AL
Socorrense-SE

Grupo C
Náutico
Salgueiro
Moto Club-MA
Piauí

Grupo D
Ceará
Fortaleza
Botafogo-PB
River-PI

Grupo E
Bahia
CRB-AL
Campinense-PB
Globo-RN

Pensando nas oitavas, Japão busca a primeira vitória em jogos com a Colômbia

Em busca de uma vaga para as oitavas de final, o Japão enfrenta a já classificada Colômbia nesta terça-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Para garantir permanência na competição, os Samurais Azuis precisam ganhar dos sul-americanos e ainda torcer para que a Grécia vença a Costa do Marfim, mas termine com o saldo de gols menor que o dos japoneses. Se Grécia e Costa do Marfim empatarem, o Japão terá que vencer por dois gols de diferença para se classificar.

Em dois confrontos com a Colômbia, o Japão nunca venceu os Cafeteiros. Na última vez que se enfrentaram, em um amistoso realizado em 5 de junho de 2007, a partida terminou sem gols. Antes, as duas equipes tinham duelado na Copa das Confederações de 2003, quando os sul-americanos ganharam por 1×0.

Prováveis escalações:

Japão: Kawashima; Uchida, Konno, Yoshida e Nagatomo; Yamaguchi, Hasebe, Honda, Okubo e Okazaki; Osako. Técnico: Alberto Zaccheroni

Colômbia: Ospina; Zuniga, Yepes, Zapata e Armero; Sánchez, Aguilar, Cuadrado e James Rodriguez; Ibarbo e Gutierrez. Técnico: José Pekerman

Fonte: PLACAR

Japão com um a mais não consegue superar a Grécia e partida fica no 0 x 0 em Natal

Por Band Sports

Com um homem a mais durante boa parte do jogo, o Japão pressionou, mas não conseguiu sair do empate por 0 a 0 com a Grécia pela segunda rodada do Grupo C. O resultado complica as duas equipes na briga pela vaga nas oitavas de final e classifica antecipadamente a líder Colômbia.

As duas equipes começaram errando bastante e o nervosismo tinha um motivo claro, já que uma derrota deixaria a situação bastante delicada para qualquer um dos lados.

 As primeiras chances foram apenas com chutes de longa distância. Primeiro com Kone, que exigiu defesa de Kawashima e depois com Osako, com uma bomba que passou perto do ângulo do grego Karnezis.

 O jogo começou a ficar mais aberto, mas sempre com o Japão levando mais perigo. Mas o lance mais importante do primeiro tempo não teve bola na rede. Aos 37, Katsouranis fez falta dura em Hasebe, levou o segundo amarelo e foi expulso de campo.

 Apesar da desvantagem numérica, a Grécia ainda assustou antes do intervalo com chute de Torosidis que Kawashima salvou no cantinho.

 O segundo tempo começou com lance ousado de Samaras. Logo na saída de bola, o atacante grego percebeu o goleiro japonês adiantado e tentou um chute do meio-campo, mas sem sucesso. Os europeus seguiam melhor mesmo com 10 em campo e Kawashima trabalhou mais uma vez aos 15 minutos. Gekas subiu bem e cabeceou no canto, mas o arqueiro estava ligado para defender.

 O Japão só acordou aos 23 minutos. Após cruzamento rasteiro de Uchida, a bola passou pela pequena área e Okubo isolou uma grande chance para abrir o placar. A blitz continuou aos 26. A zaga grega se enrolou na saída de bola e Uchida perdeu mais uma oportunidade.

 Aos 32, Okubo arriscou de fora da área e Karnezis espalmou. Na reta final da partida, os japoneses abusam das bolas altas, mas a baixa estatura dos atacantes facilitou a vida dos zagueiros gregos, que seguraram a igualdade com um a menos durante toda a segunda etapa.

 Na última rodada, os gregos precisam vencer a Costa do Marfim e torcem por um tropeço do Japão, que encara a já classificada Colômbia. Os marfinenses são os únicos que dependem das próprias forças para avançar ao lado dos colombianos.

Com apoio da torcida em Brasília, Colômbia vence a Costa do Marfim por 2 x 1

Na luta para quem fica isolado na Grupo C da Copa do Mundo, Colômbia enfrentou a Costa do Marfim e seu bem. Com gols de James Rodríguez e Quintero, os colombianos ganharam por 2 x 1. Gervinho marcou o de honra para os africanos

Se no primeiro as equipes ficaram no 0 x 0, na segunda etapa, os gols sairam em grande quantidade. Aos 19, após escanteio, James Rodríguez abriu o placar. Sete minutos depois, Quintero aproveitou a bobeira da defesa de Costa do Marfim e aumentou o marcador. Aos 31, Gervinho fez bela jogada individual e descontou.

Na próxima rodada, a Colômbia enfrenta o Japão, enquanto a Costa do Marfim encara a Grécia.

19/6 – MANÉ GARRINCHA – BRASÍLIA (DF)

COLÔMBIA X COSTA DO MARFIM

J: Howard Webb (Inglaterra); P: 68748; CA: Tiote; G: James Rodríguez (13), Quintero (25) e Gervinho (27 do 2º):

COLÔMBIA: Ospina (6); Zuniga (5), Zapata (5,5), Yepes (6,5) e Armero (5) (Arias 26 do 2º); Sanchez (6,5), Aguillar (5,5) (Mejía 32 do 2º) e Rodríguez (7); Cuadrado (6,5), Gutíerrez (6,5) e Ibarbo (6) (Quintero 8 do 2º (6,5)). T:José Pekerman

COSTA DO MARFIM: Barry (5,5); Aurier (6), Zokola (5,5), Bamba (5) e Boka (6,5); Serey (4,5) (Bolly (27 do 2º), Tiote (5) e Yaya Touré (5,5); Gervinho (6,5), Bony (5,5) (Drogba 15 do 2º (6)) e Gradel (4,5) (Kalou (17 do 2º (6)). T:Sabri Lamouchi

Fonte: PLACAR

Veja fotos de Japão x Grécia, na Arena das Dunas-RN

Com um homem a mais durante boa parte do jogo, o Japão pressionou, mas não conseguiu sair do empate por 0 a 0 com a Grécia pela segunda rodada do Grupo C. O resultado complica as duas equipes na briga pela vaga nas oitavas de final e classifica antecipadamente a líder Colômbia.

Em Natal, Japão e Grécia tentam se manter vivos no grupo C

Derrotados na primeira fase por Costa do Marfim e Colômbia, respectivamente, Japão e Grécia tentam uma sobrevida, nesta quinta-feira às 19h, na Arenda das Dunas, em Natal.

Vitória de qualquer uma das seleções deve promover um confronto direto na última rodada, enquanto derrota ou empate signifca o adeus à Copa do Mundo.

Após a derrota por 2 x 1, de virada,  para a Costa do Marfim, o técnico Alberto Zacheroni cobrou postura dos jogadores e teve o coro endossado pelos ‘astros’ Keisuke Honda e Shinji Kagawa. Honda , inclusive, marcou um belo gol e espera repetir a atuação que teve diante dos Elefantes. Já o capitão Makoto Hasebe sente fortes dores no joelho e é dúvida.

Pelo lado da Grécia, não a outra alternativa a não ser atacar. Após serem ‘engolidos’ pela Colômbia, 3 x 0, os gregos precisam vencer e reduzir o déficit de gols. Para isso contam com o artilheiro Mitroglu, que desta vez está entre os titulares após ter iniciado a última partida no banco.

As seleções se enfrentaram apenas uma vez em toda a história, com vitória japonesa na Copa dos Confederações 2005.

Confira as prováveis escalações de Japão x Grécia:

Japão: Kawashima; Uchida, Yoshida, Morishige e Nagatomo; Yamaguchi e Hasebe; Okazaki, Honda e Kagawa; Osako. T: Alberto Zaccheroni

Grécia: Karnezis; Maniatis, Manolas, Kone e Torosidis; Katsouranis, Papastathopoulos, Cholevas e Salpingidis; Mitroglou e Samaras. T:Fernando Santos

Fonte: PLACAR

Colômbia e Costa do Marfim disputam liderança do Grupo C nesta quinta

A Colômbia chegou como uma das favoritas dos grupo na Copa do Mundo de 2014. E mesmo sem Falcao García, o time mostrou sua qualidade com a vitória de 3 x 0 sobre a Grécia. A Costa do Marfim sofreu, mas deu um passo importante na classificação com a vitória de 2 x 1 sobre o Japão de virada, também na primeira rodada.

Agora, as equipes enfrentam-se, podendo o vencedor garantir vaga já na próxima fase da competição. Tudo depende, é claro, do resultado de Grécia x Japão, mas o vencedor dá um passo muito grande.

Colômbia e Costa do Marfim nunca se enfrentaram na história, e este primeiro confronto já pode ser decisivo para a história dos países na Copa.

A Costa do Marfim disputa seu terceiro mundial, e o terceiro seguido. No entanto, o País busca sua primeira classificação para a segunda fase, e vê, neste Mundial, grandes chances disso. Já a Colômbia volta a disputar a Copa após 16 anos. No entanto, dos quatro mundiais anteriores que a Colômbia participou, apenas em 1990 o time conseguiu vaga para as oitavas de final, sendo eliminado justamente para uma equipe africana: Camarões.

Veja as possíveis escalações de Colômbia x Costa do Marfim:

COLÔMBIA: Ospina, Zúñiga, Zapata, Yepes e Armero; Sánchez, Aguilar, Cuadrado e Ibargo; Rodríguez e Gutiérrez. T: José Pérkerman

COSTA DO MARFIM: Barry, Aurier, Zokora, Bamba e Boka; Kalou, Tioté e Yaya Touré; Gervinho, Bony e Drogba. T: Sabri Lamouchi

Fonte: PLACAR

Japão e Costa do Marfim se enfrentam pela primeira vez em uma competição

 

Japão e Costa do Marfim realizam neste sábado, na Arena Pernambuco, em Recife, o seu primeiro confronto em uma competição. Antes, as duas equipes tinham se enfrentado em amistosos. 494016099

Japoneses tem uma leve vantagem sobre a Costa do Marfim: 2 vitórias contra 1 | Crédito: Mark Kolbe/Getty Images

No total, foram três jogos realizados, sendo duas vitórias dos asiáticos (por 1×0, em 24 de maio de 2008 e também pelo mesmo placar em 4 de outubro de 1993) e uma do lado dos dos Elefantes, que ganharam por 2×0, no dia 4 de junho de 2010.

Essa é a quinta participação do Japão na Copa, tendo disputado as últimas quatro edições do torneio. Os asiáticos nunca avançaram além das oitavas de final (2002 e 2010). Já a Costa do Marfim vem para o seu terceiro Mundial seguido, nunca tendo avançado da fase de grupos.

Prováveis escalações:

Costa do Marfim: Barry; Diomande, Eboué, Kolo Touré e Djakpa; Zokora, Romaric (Yaya Touré) e Gervinho; Traoré (Bony), Drogba e Kalou. Técnico: Sabri Lamouchi.

Japão: Kawashima; Uchida, Konno, Yoshida e Nagatomo; Hasebe e Endo; Honda, Okazaki e Kagawa; Okubo. Técnico: Alberto Zacheroni.

Fonte: PLACAR