Marquinhos

Brasil derrota Peru, volta a erguer taça em casa e conquista nono título da Copa América

BRASIL 3 X 1 PERU
BRASIL
Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Éder Militão); Gabriel Jesus, Éverton (Allan) e Roberto Firmino (Richarlison). Técnico: Tite.
PERU
Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Yotún (Ruidiaz), Tapia (Gonzales), Carrillo (Polo), Cueva e Flores; Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.
GOLS – Everton, aos 14, Guerrero, aos 43, e Gabriel Jesus, aos 47 minutos do primeiro tempo; Richarlison, aos 45 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Roberto Tobar (Chile).
CARTÕES AMARELOS – Tapia, Thiago Silva, Zambrano, Advíncula e Richarlison.
CARTÃO VERMELHO – Gabriel Jesus.
PÚBLICO – 58.584 pagantes (69.986 no total).
RENDA – R$ 38.769.850,00
LOCAL – Maracanã, no Rio de Janeiro.

Brasil joga bonito, goleia o Peru e se classifica em primeiro na Copa América

FICHA TÉCNICA
PERU 0 X 5 BRASIL 

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 22 de junho de 2019 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Assistentes: Hernan Maidana (Argentina) e Eduardo Cardozo (Paraguai)
Público: 42.317 pagantes
Renda: R$ 10.009.095,00
Cartões amarelos: Yotun, Advincula (Peru); Casemiro, Thiago Silva (Brasil)
Gols: BRASIL: Casemiro, aos 12, Roberto Firmino, aos 19, Everton, aos 32 minutos do primeiro, Daniel Alves, aos oito, e Willian aos 45 minutos do segundo tempo

PERU: Pedro Gallese, Luis Advincula, Luis Abram, Miguel Araujo e Miguel Trauco; Yoshimar Yotún (Edison Flores), Renato Tapia, Andy Polo e Christian Cueva (Josepmir Ballon); Jefferson Farfan e Paolo Guerrero (Christofer Gonzales)
Técnico: Ricardo Gareca

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís (Alex Sandro); Casemiro (Allan), Arthur e Philippe Coutinho (Willian); Gabriel Jesus, Everton e Roberto Firmino
Técnico: Tite

Brasil engrena após VAR, faz três no 2º tempo e vence Bolívia em estreia

FICHA TÉCNICA

BRASIL 3 x 0 BOLÍVIA

Copa América 2019 – 1ª rodada

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)  Auxiliares: Hernán Maidana e Juan Belatti (ambos da Argentina)

VAR: Patricio Loustau, auxiliado por Fernando Rapallini e Ezequiel Brailovsky, e observados por Pablo Silva (todos da Argentina)

Cartões amarelos: Saucedo (Bolívia); Philippe Coutinho (Brasil)

Público e renda: 46.342 pagantes e 47.260 presentes e R$ 22.476.630,00

Gols: Philippe Coutinho aos 5 minutos e aos 7 do 2º tempo; Éverton aos 39 do 2º

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; David Neres (Éverton), Richarlison (Willian) e Roberto Firmino (Gabriel Jesus).  Técnico: Tite.

Bolívia: Lampe, Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo (Wayar), Castro (Ramiro Vaca) e Saavedra (Vaca); Chumacero e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas

Uma defesa totalmente nova para encarar o Equador

Por Terra Esportes

Depois de derrotar a seleção da Colômbia por 1 a 0, no jogo que marcou a volta do técnico Dunga ao comando da Seleção Brasileira, a equipe canarinho enfrenta o Equador nesta terça-feira, às 22 horas (de Brasília), no Estádio Metlife, na cidade norte-americana de Nova Jersey. O Terra acompanha minuto a minuto.

A partida é mais uma oportunidade para o treinador observar novos jogadores e avaliar o rendimento de outros que participaram das últimas competições pelo time brasileiro. Dunga disse que se mostrou agradavelmente surpreendido com a exibição da equipe diante dos colombianos e espera que o rendimento seja ainda melhor no segundo amistoso. Ele pretende fazer o maior número de substituições para observar os convocados, principalmente os que estão recebendo a primeira oportunidade.

Para o confronto com a equipe equatoriana, Dunga não poderá contar com o zagueiro David Luiz que sofreu uma lesão no joelho esquerdo durante a partida contra os colombianos. Marquinhos, que substituiu o titular durante o último jogo, é o mais cotado e treinou entre os titulares nas atividades desta segunda-feira. O zagueiro corintiano Gil fica no banco de reservas, porém com chances de ter sua estreia promovida na Selção no decorrer do embate.

Para o lugar do lateral-direito Maicon, desligado do grupo por problemas disciplinares, a alternativa é Danilo, que pertence ao Porto. Fabinho, convocado no domingo, deve ficar no banco de reservas, já que não realizou nenhum treinamento com os selecionados de Dunga e chega aos Estados Unidos somente na noite desta segunda.

No ataque, existe uma possibilidade de que Robinho comece jogando ao lado de Neymar. Dunga fez elogios ao atacante do Santos que entrou no segundo tempo e aumentou o poderio do ataque, mas pode repetir o que aconteceu em Miami, quando Diego Tardelli começou jogando e Robinho só entrou quando o treinador precisou dar mais força ao ataque brasileiro. A segunda opção é a mais provável, pois foi a utilizada pelo comandante brasileiro no último treino coletivo antes do confronto da próxima terça-feira.

Já o Equador vem de vitória fácil sobre a Bolívia por 4 a 0 em amistoso também disputado na última sexta-feira em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. O técnico Sixto Vizuete está testando novos jogadores e ficou satisfeito com o rendimento do time no primeiro desafio.

Jovens como Renato Ibarra, Fidel Martinez e Juan Cazares começaram como titulares e devem continuar na equipe diante da Seleção Brasileira. O goleiro Banguera, que enfrentou a Colômbia, não deve enfrentar o Brasil. Ele foi liberado para retornar a Guaiaquil e se apresentar ao seu clube. O experiente Dominguez volta a ser titular.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X EQUADOR

Local: MetLite Arena, em Nova Jersey (EUA)
Data: 09/09/2014, terça-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)

BRASIL: Jefferson; Danilo, Miranda, Marquinhos e Filipe Luíz; Luiz Gustavo, Ramires, Willian e Oscar; Neymar e Diego Tardelli Técnico: Dunga

EQUADOR: Dominguez, Paredes, Luis Cangá, Erazo e Wálter Ayoví; Castillo, Cristhian Noboa, Fidel Martínez e Renato Ibarra; Juan Cazares e Énner Valencia Técnico: Sixto Vizuete