Sampaio Correa 0x0 Santa

Santa Cruz desperdiça muitas chances, apenas empata com o Sampaio Corrêa e não entra no G4

 Rafael Brasileiro /Diario de Pernambuco

 

Diante de mais de 13 mil torcedores, Santa Cruz ficou no empate com os maranhenses e adiou entrada no G4

O Santa Cruz teve mais chances. Poderia ter saído vencedor do Castelão. Faltou mais capricho e mais inteligência nos lances cruciais. Por outro lado, provou que pode ser tão perigoso fora de casa como no Arruda. Talvez, se Luisinho soubesse ter um pouco mais de calma, o resultado tivesse sido diferente. No empate em 0 a 0 deste sábado contra o Sampaio Corrêa, o Tricolor do Arruda conquistou apenas um ponto, mas com a sensação que o mais justo era somar os três possíveis e entra no G4 da Série B.

O começo de jogo foi meio confuso. As equipes apostaram na correria e até os dez minutos da primeira etapa era difícil apontar quem estava melhor. O Sampaio Corrêa tentava se impor por ser o mandante e o Tricolor apostava nos contra-ataques. Aos 17 minutos, tudo mudou e teve como ator principal o atacante Luisinho.
Após passe de Grafite, Lusinho driblou o zagueiro, e frente a frente com Rodrigo, chutou para fora. No ataque seguinte, Grafite teve a oportunidade de abrir o placar completar cruzamento, mas, sozinho, cabeceou para fora. As chances desperdiçadas não acabaram por aí e aos 24 minutos, Luisinho recebeu dentro da área, e ao invés de passar a bola para Daniel Costa, que estava livre dentro da área, preferiu tocar para Lelê, que da entrada da área perdeu mais uma grande oportunidade. Ainda vale lembrar que o Tricolor teve um gol de Danny Morais anulado após bola aérea. A reclamação no momento não foi tão forte, mas foi dura ao fim da partida pelo vice-presidente Constantino Junior.
O Sampaio não criou nenhuma chance como as do Santa Cruz. Se limitou a chutes de fora de longe e só teve mais perigo quando Pimentinha entrou e imprimiu um pouco mais de velocidade ofensiva.
Segundo tempo
Na segunda etapa, as equipes seguiram as mesmas na escalação. Já a atitude, foi bem diferente. Os donos da casa procuraram mais o ataque e o Tricolor do Arruda, que no papel tinha uma formação bem ofensiva, esperou para jogar no contra-ataque. Terminou que o segundo tempo que começou tão movimentado, perdeu força após 15 minutos. O cansaço bateu em ambas as equipes e Marlon e Bruninho entraram no lugar de Allan Teixeira e Vitor, respectivamente.
A grande chance da segunda etapa foi coral. Mais uma vez nos pés de Luisinho. O atacante completou cruzamento de Marlon no meio da área, mas não era seu dia e a bola foi para longe do gol de Rodrigo. O Sampaio ainda teve uma grande chance, mas Danny morais desviou chute de Valber para escanteio e evitou o que seria o gol da vitória dos mandantes.
O ponto conquistado manteve o Tricolor do Arruda bem próximo do G4 e agora é momento de se preparar para receber o Bragantino na próxima terça-feira, às 21h no Arruda.
Ficha do jogo
Sampaio Corrêa
Rodrigo; Daniel Damião (Leo Rodrigues, aos 35’ do 2ºT), Edimar, Plínio, Wiliam Simões; Léo Salino, Nádson (Pimentinha, aos 41’ do 1ºT) (Vanger, aos 21’ do 2ºT), Diones, Válber; Jheimy, Edgar. Técnico: Léo Condé.
Santa Cruz
Tiago Cardoso; Vítor (Bruninho, aos 14’ do 2ºT), Alemão, Danny Morais, Allan Vieira (Marlon, aos 10’ do 2ºT); Wellington Cézar, João Paulo, Daniel Costa (Renatinho, aos 30’ do 2ºT); Luisinho, Lelê e Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte
Estádio: Castelão, no Maranhão
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo (AL) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Cartões amarelos: Daniel Damião e Edimar(SAM); Wellington Cézar (SAN)
Público: 13.562